Dois suspeitos de estelionato são presos com produtos e R$ 1.850 em dinheiro em Suzano

Sem Comentários

29/07/2019

Neste sábado (27), o 32° Batalhão da Polícia Militar (PMSP) prenderam dois suspeitos de estelionato, um de 44 e o outro de 35 anos, em Suzano (SP). Os homens foram flagrados em uma blitz com diversos produtos embalados e com notas fiscais em nome de outras pessoas, além de R$ 1.850 em dinheiro espalhados em vários compartimentos do painel do veículo.

De acordo com os policiais, ao serem questionados a respeito da situação, os suspeitos – que já possuíam antecedentes criminais por estelionato – apresentaram respostas controversas e inverossímeis. Ao perceberem que não convenceriam com a história, teriam confessado o crime, explicando que compraram as mercadorias em Cruzeiro (SP) utilizando cartões clonados. Eles teriam contado, ainda, que o dinheiro espalhado no painel foi sacado em caixas eletrônicos pelo caminho.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Notícias de Mogi

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Suspeito de estelionato é preso pela Polícia Civil em Lagoa da Confusão

Sem Comentários

29/07/2019

Nesta sexta-feira (26), a Polícia Civil de Tocantins (PCT) deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva de um indivíduo de 34 anos, pela suposta prática do crime de estelionato contra três vítimas, em Caseara (TO), no ano de 2014, pelo qual é réu em processo criminal na Comarca de Araguacema (TJTO). A ação foi deflagradas pelas unidades da Polícia Civil de Caseara e Lagoa da Confusão, ambas cidades do estado de Tocantins.

Depois de ser preso, o indivíduo foi conduzido à sede da Delegacia de Lagoa da Confusão, e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, recolhido à Cadeia Publica de Cristalândia, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário de Araguacema (TO).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Surgiu

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia Rodoviária Federal prende homem por estelionato após abordagem em Canindé, no Ceará

Sem Comentários

28/07/2019

Neste domingo (28), um homem de 40 anos foi preso por crime de estelionato após uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Canindé (CE). O homem conduzia o veículo em direção à Fortaleza (CE). De acordo com a PRF, policiais fizeram uma abordagem ao motorista e detectaram, em consulta aos sistemas, que existia um mandado de prisão em aberto contra o homem por crime de estelionato, desde janeiro deste ano. O condutor foi encaminhado pela PRF para a Delegacia de Polícia Civil de Canindé, onde está preso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Acusado de estelionato no RS é preso ao se passar por advogado e dar golpe em idosos no interior do AC

Sem Comentários

26/07/2019

Nesta quinta-feira (25), um homem de 44 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil em Brasileia (AC), suspeito de se passar por advogado e dar golpe em idosos. O suspeito é natural do Rio Grande do Sul (RS) e está no Acre (AC) há mais de um ano. Segundo a polícia, o homem se apresentava como advogado para os idosos, mas não apresentava nenhum documento que comprovasse a profissão. A polícia chegou até o suspeito depois que uma vítima achou estranha a forma como o suposto advogado trabalhava, que não mandava nenhum número de requerimento do processo, e acionou a polícia.

Na casa do suspeito, a polícia disse que encontrou diversos documentos e comprovantes de pagamentos falsos que ele enviava para os clientes. O delegado responsável pelas investigações explicou que o suspeito fez vítimas nas cidades de Brasileia, Assis Brasil e Epitaciolândia, todas no estado do Acre. O delegado acrescentou que o criminoso conseguiu tomar mais de R$ 30 mil, entre os meses de junho e julho, de quatro vítimas. Além disso, o delegado disse que o suspeito procurava sempre idosos em busca da aposentadoria. O homem responde ainda há um processo por estelionato no Rio Grande do Sul (RS).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia Civil prende homem investigado por estelionato no Amazonas e em Roraima

Sem Comentários

26/07/2019

Nesta quarta-feira (24), foi preso um homem de 42 anos suspeito de praticar o crime de estelionato nos estados do Amazonas e de Roraima. Segundo o delegado responsável, foi expedido o cumprimento de dois mandados de prisão preventiva por estelionato do indivíduo. De acordo com informações, o homem fez mais de dez vítimas nos dois estados.

Ainda segundo a polícia, o homem “[…] não praticava estelionato de forma bruta. Sempre se aproximava da vítima e ganhava a confiança dela. Depois que ele conseguia estabelecer uma amizade, aplicava o golpe. Para conseguir a empatia das pessoas, sempre criava personagens. Ele se passava por enfermeiro, chefe de cozinha e, para algumas pessoas, chegou a dizer que tinha sido seminarista e que havia estudado para ser padre.”

O 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP) informou que o homem percebia a necessidade das vítimas, geralmente mulheres, para assim, oferecer produtos eletrônicos. Ele utilizava o argumento de que elas teriam facilidades para adquirir os produtos, pois pagariam um preço abaixo do valor de mercado. Como as vítimas já tinham um vínculo de confiança com ele, entregavam a quantia solicitada e, após receber parte do dinheiro, como entrada, o estelionatário sumia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Fato Amazônico

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Lins: colombiano é roubado e acaba detido por estelionato

Sem Comentários

25/07/2019

Um homem de nacionalidade colombiana de 36 anos foi detido por crime contra a economia popular em Lins (SP) após ser vítima de roubo.  É que, ao chegar na delegacia para comunicar o crime, que ocorreu na frente de sua residência, ele contou que teve R$ 2 mil levados. Os policiais suspeitaram da quantia e foram até a casa da vítima. Lá, um caderno com várias anotações que indicariam agiotagem, além R$ 717,00 em dinheiro e 3 mil cartões de publicidade que seria utilizados na atividade ilegal, foram apreendidos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: JCNET

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Advogada investigada por estelionato, comunicação falsa de crime e uso de documento falso é presa em Divinópolis

Sem Comentários

26/07/2019

Foi presa nesta sexta-feira (26) em Divinópolis (MG), uma advogada de 27 anos pelos crimes de estelionato, patrocínio infiel, comunicação falsa de crime e uso de documento falso perante a Justiça do Trabalho e Polícia Federal (PF).A advogada teria fraudado um documento para o pagamento de uma consignação a um funcionário de uma empresa que havia falecido. O documento afirmava que um cliente dela e responsável pela empresa informava que a advogada tinha feito um depósito no valor de R$ 3.677,69 dentro da ação e que, por isso, precisava de um reembolso por parte do cliente. Ela também teria enviado um comprovante de pagamento. Porém, segundo a ata, a advogada depositou R$ 677,69 e teria alterado dados na guia que consta no processo. Após o cliente questioná-la, a advogada teria afirmado que o juiz da 2ª Vara do Trabalho de Divinópolis teria imposto uma multa à ação. A ata afirmava ainda que o cliente desconfiou da atitude dele, chamou outro advogado e fez registros em cartórios de conversas por aplicativo com a suspeita. Durante a audiência, ela foi destituída do caso e conduzida para a Delegacia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo