Polícia prende falsa advogada que recebeu quase R$ 60 mil de idoso para acelerar aposentadoria em Maceió

Sem Comentários

17/01/2020

Policiais civis da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC), prenderam uma falsa advogada que teria recebido quase R$ 60 mil para acelerar o processo de aposentadoria de um idoso. Segundo o delegado, a mulher tem 35 anos, é natural de Pernambuco, suspeita de estelionato e uso de documento falso. Ela usava o nome falso e se apresentava como advogada previdenciária com influência de juízes, promotores e assessores. Com isso, causou grande prejuízo patrimonial a uma idosa, prometendo-lhe a aposentadoria”, disse o delegado. Ele afirma que só com uma vítima ela faturou R$ 58 mil, sob o argumento que esse seria o valor necessário para a ação judicial, ele alerta que casos como esses estão sendo comuns e orienta os idosos a procurarem escritórios de advocacia referenciados, para não correrem o risco de cair em armadilhas e ficar no prejuízo.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1 AL

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*