Operação Iceberg: Prejuízos chegam a R$ 600 mil em empresas de Chapecó

Sem Comentários

29/07/2019

A Polícia Civil de Chapecó investiga a ação de um casal suspeito de estelionato e que deixou um prejuízo de mais de R$ 600 mil somente em Chapecó (SC). Essa operação policial foi realizada no dia 8 de julho deste mesmo ano, quando o casal foi preso juntamente com outras duas pessoas.

Segundo o delegado responsável, o crime se deu quando o casal fez compras de itens variados usando o nome de uma empresa. Entre os objetos comprados estão produtos eletrônicos, perecíveis, agropecuários, joias, itens escolares, de bazar, colchões, dentre outros produtos de maior valor agregado. Em algumas compras, o pagamento era realizado em forma de cheques, mas acabavam voltando e ainda em outros casos, eram emitidos boletos que não foram quitados. O delegado ainda informa que em um dos Boletins de Ocorrência (B.O.), a vítima relata que mantivera um relacionamento comercial com a suposta empresa por aproximadamente 2 anos e que não havia, sequer, atrasos nos pagamentos.

De acordo com a polícia, a investigação está em fase final e nos próximos dias deve ouvir os dois suspeitos. Depois, o inquérito deve ser concluído e os dois podem ser indiciados pelo crime de estelionato, com pena de 1 a 5 anos de prisão.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: DI Online

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Comentários

*