PCGO investiga fraude em venda de carros no DF e em 7 cidades

Sem Comentários

29/01/2020

A Polícia Civil de Goiás cumpre um mandado de prisão em Brasília, na manhã desta quarta-feira (29/01/2020), durante a Operação Fraudare. A investigação apura locações fraudulentas de veículos de alto valor. Segundo a polícia, os carros eram levados para Goiás, onde eram realizadas as falsificações de documentos. Após a fraude, os veículos eram colocados à venda em curto espaço de tempo. De acordo com a 8ª Delegacia Distrital de Polícia Civil de Goiânia, unidade responsável pelas investigações, as vítimas pagavam o valor de mercado e só depois descobriam que se tratava de veículo produto de crime. Além de Brasília, Goiânia e São Paulo, os suspeitos de envolvimento no esquema são procurados em Abadiânia (GO), Anápolis (GO), Rio Verde (GO), Uruaçu (GO) e Osasco (SP). A Justiça também determinou o bloqueio de bens e valores na ordem de R$ 1 milhão. 

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Metrópoles

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeitos de estelionato são presos ao tentar comprar carro com documento falso

Sem Comentários

29/01/2020

Duas pessoas foram presas em flagrante, nessa terça-feira (28), suspeitas de estelionato, quando tentavam comprar um veículo em uma loja em Maceió, utilizando documentos falsos. Segundo a polícia, a dupla já havia comprado outros três veículos no mesmo local. De acordo com o delegado, os suspeitos usavam o mesmo modus operandi na aplicação do golpe. Conforme a polícia, um deles conseguia um suposto comprador, que participava efetivamente do crime e falsificava documentos em nome de outra pessoa. Até o momento, apenas um veículo foi recuperado. Esse suspeito, de posse dos documentos falsos, conseguia financiar qualquer veículo na loja. O suposto cliente conseguia o veículo e revendia para outra pessoa a baixo custo, sem formalização da transferência na documentação. 

 

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Gazeta Web

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Carnaval de SP vai ter sistema de reconhecimento facial para identificar criminosos e desaparecidos

Sem Comentários

29/01/2020

Pela primeira vez, o carnaval de São Paulo terá um computador de reconhecimento facial para tentar ajudar a polícia a identificar rostos de criminosos e de suspeitos de crimes, além de ajudar a localizar pessoas desaparecidas. O pré-carnaval de São Paulo começa, oficialmente, em 15 de fevereiro. A informação sobre a nova tecnologia foi divulgada nesta terça-feira (28) pelo governador na inauguração do Laboratório de Identificação Biométrica – Facial e Digital, na sede do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD), no Centro da capital paulista. Inicialmente, no entanto, o sistema não prevê a instalação de câmeras de reconhecimento facial em tempo real. A análise dos rostos depende da existência de câmeras comuns de segurança. Se elas gravarem uma ação criminosa ou alguma pessoa desaparecida, a polícia busca essas imagens e as leva para o IIRGD.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha especializada em falsificação de documentos é presa em Teresina

Sem Comentários

27/01/2020

O Grupo de Repressão ao Crime Organizado ( GRECO), através da Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil do Piauí, prendeu quatro homens na tarde de quarta-feira ( 20) pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento público e uso de documento público. De acordo com a polícia, durante as investigações os funcionários do Instituto de Identificação do Piauí constataram a tentativa de emissão de cédula de identidade a partir de certidões de nascimento falsas.  As prisões foram realizadas em Teresina. Os suspeitos estavam desde semana passada no Piauí a fim de conseguirem cédulas de identidade que seriam usadas em seus estados para efetuarem empréstimos bancários fraudulentos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Fala Nordeste

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Estelionatária usava perfil falso para vender imóveis em uma rede social

Sem Comentários

24/01/2020

Uma jovem de 27 anos está sendo acusada de estelionato pela Polícia Civil de Mato Grosso do Sul. Ela é suspeita de usar perfis falsos em rede sociais para anunciar imóveis com valores abaixo do mercado e solicitar pagamentos de entrada ou adiantamento para fechar negócio. Porém, as vítimas depositavam o dinheiro em contas bancárias de laranjas, abertas com documentos de terceiros que foram clonados. Em uma das postagens, a mulher anunciou uma casa no Residencial Veneza, no Bairro Jardim Tijuca, por R$ 15 mil, sem parcelas. No fim do anúncio, a mulher escreveu: “ OBS: Estou vendendo porque mudei de cidade, qualquer informação mande mensagem no Direct!”. Em outro anúncio, a vendedora ofereceu um apartamento no mesmo bairro da casa. O imóvel, com dois quartos, um banheiro, sala, cozinha e lavandeira é anunciado por R$12 mil.  Novamente, para evitar que as vítimas desconfiassem do preço abaixo do mercado, a estelionatária afirmou: “Motivo do valor é para venda rápida, apartamento quitado, dispenso curiosos”.  A identidade da suspeita também não foi informada.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diario Digital

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem que ostentava vida de luxo é preso por clonagem de cartões

Sem Comentários

24/01/2020

Um homem de 31 anos foi preso, na última quarta-feira (22/01/2020), suspeito de clonar diversos cartões de crédito e débito, na região central de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito ostentava nas redes sociais um vida de luxo, com diversas viagens. Uma delas, inclusive, foi para Dubai, nos Emirados Árabes. Segundo o delegado à frente da investigação, o suspeito já era investigado a cerca de oito meses. “Diversas denúncias chegaram na delegacia que o padrão de vida de ostentação que ele postava era fora das condições que ele tinha. Ele postava diversas viagens internacionais, se hospedava em vários hotéis de luxo. Com isso, conseguimos chegar a esse esquema de clonagem de cartões”, finaliza.  Além disso, com o suspeito, foram encontrados outros dois documentos de identificação. Segundo o delegado, esses nomes estavam ligados diversas a empresas ativas, contas bancárias e alguns veículos. Com isso, ele também foi autuado por falsidade ideológica.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Mais Goiás

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Motorista é preso na BR-116 por apresentar documentação falsa de carro roubado

Sem Comentários

22/01/2020

Um homem de 29 anos foi preso por crimes de receptação, adulteração de veículo e uso de documento falso nesta terça-feira (21) na BR-116. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o carro que ele conduzia foi abordado durante fiscalização e foi constatado que se tratava de um automóvel roubado no RJ em março de 2018. Ainda de acordo com a PRF, o carro estava com diversos elementos identificadores adulterados e o motorista apresentou documentação falsificada. O homem afirmou que comprou o veículo em uma revendedora, mas que não havia realizado a transferência porque não havia terminado de quitar o automóvel. O veículo foi encaminhado para pátio credenciado do Detran e o condutor foi encaminhado para a Delegacia Civil da cidade.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1 MG

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior