Vendedor que se passava por policial civil é preso no Maranhão

Sem Comentários

31/07/2018

Um vendedor de veículos foi preso no município de Imperatriz, a 626 km de São Luís, após se passar por um policial civil. Com ele, os policiais apreenderam uma arma de fogo e munições. O homem já era alvo de investigações porque, segundo a polícia, ele se passava por policial civil usando documentos e distintivo falso. O sujeito estava armado com uma pistola calibre 380 quando foi autuado pelos policiais militares. Conforme informações do delegado Regional, o vendedor pode pegar até 16 anos de prisão por três tipos de crimes. “O falso dado de documento público, uso de documento falso e porte ilegal de arma podendo as penas para esses crimes chegar a 16 anos de reclusão”, revelou. Na delegacia o acusado negou que se passava por policial.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*