Presa quadrilha que falsificava documentos e adulterava veículos no ES

Sem Comentários

28/09/2017

Oito pessoas acusadas de participar de uma organização criminosa especializada em falsificar documentos, vender veículos roubados e de fraudar débitos junto ao Detran foram presas durante a “Operação Tsunami”, realizada pela Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV). Apontada como a chefe do esquema, uma mulher, de 44 anos, que atuava de forma clandestina como despachante, está foragida. Além dela, a polícia procura um homem, de 45, que participava na adulteração dos veículos roubados. As investigações da delegacia duraram 9 meses e um total de 18 pessoas foram indiciadas pelos crimes. A quadrilha atuava em três frentes. Falsificava documentos como carteiras de identidade e habilitação, documentos de veículos e notas fiscais. O grupo também quitava, irregularmente, débitos de licenciamentos e multas junto ao Detran hackeando contas bancárias de terceiros por meio da internet. Para completar a “trilogia” do crime, eles adulteravam e vendiam veículos fruto de furtos ou roubos. Segundo a polícia, as investigações resultaram em um inquérito policial com 389 páginas, finalizado por meio de um relatório conclusivo de 39 páginas enviado à Justiça nessa segunda-feira (25). O relatório aponta que a mulher era a responsável por receber do homem os nomes e contatos de possíveis interessados em quitar débitos com o Detran de forma fraudulenta. De posse dos nomes, ela intermediava as negociações entre os interessados e o “hacker” (que ainda não identificado), recebendo valores em sua conta – em geral, aproximadamente 60% do valor da dívida. Já um aposentado, de 62 anos, além de encaminhar os nomes e contatos para a mulher, também participava da falsificação de documentos e da adulteração de veículos, uma vez que, durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão em sua residência, foram encontrados diversos documentos falsificados ou em branco, bem como placas e documentos de veículos clonados. Outro preso pelo esquema, um empresário, de 54 anos, está, segundo a polícia, diretamente relacionado à falsificação de documentos e da clonagem e receptação de veículos, sendo que sua participação foi comprovada tanto por meio do cumprimento de mandados de busca e apreensão como pelo depoimento de outros envolvidos. Os investigados responderão por diversos crimes, como furto qualificado mediante fraude, apropriação indébita, receptação, receptação qualificada, falsificação de documento público, uso de documento falso, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e organização criminosa.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Gazeta Online

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Trio é preso suspeito de integrar quadrilha ‘profissional’ de clonagem de carros na PB

Sem Comentários

03/08/2017

Três homens foram presos na quarta-feira (02) suspeitos de integrarem uma quadrilha de clonagem de veículos. Eles foram presos em João Pessoa. Com os suspeitos a polícia encontrou seis veículos, impressoras 3D, ferramentas, documentos em branco. Os suspeitos foram levados para Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa. Segundo o delegado de roubos e furtos de veículos, o trabalho de roubo e clonagem feito pela quadrilha é praticamente imperceptível. “Nunca tinha visto um profissionalismo como o apresentado pela quadrilha para adulteração dos veículos. A olho nu não existe alguém que diga que o veículo foi adulterado”, comentou. Os suspeitos alteravam não só o chassi, mas também o número serial das peças do carro, como caixa de marcha, motor, vidro, etc. O delegado contou que foi preciso uma análise minuciosa, usando equipamentos eletrônicos, para confirmar a clonagem. “Inclusive, carros clonados por eles foram apreendidos e liberados em seguida, como se fossem originais porque passavam em algumas perícias. Dos três, dois eram responsáveis por roubar os carros em estados vizinhos à Paraíba. O terceiro era o responsável pela adulteração dos veículos. Ele apresentou um documento falso e a polícia conseguiu identificar que na verdade se tratava de um dos fugitivos da penitenciária de Parnamirim, no Rio Grande do Norte. A Polícia Civil da Paraíba segue investigando o envolvimento de outros suspeitos na organização criminosa.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso com carro clonado e produtos furtados na BR-101 em Itajaí

Sem Comentários

17/04/2017

Um veículo roubado, que estava circulando clonado, foi recuperado por policiais rodoviários no final da manhã desta segunda (17), na BR-101 em Itajaí (SC). Durante a abordagem, o condutor de 49 anos demonstrou nervosismo e apresentou um documento do carro com sinais de adulteração. Enquanto os policiais faziam as consultas ao sistema, o homem tentou fugir a pé por uma área alagada, mas foi alcançado e algemado. Durante vistoria, os policiais constataram que o veículo foi roubado no mês de março em Belo Horizonte (MG), e estava circulando com placas de outro carro de mesmas características emplacado em Curitiba (PR), configurando clonagem. Além disso, no carro foram encontrados um alicate e pé de cabra, ferramentas geralmente usadas para arrombar residências. No porta-malas, havia ainda materiais odontológicos, pneus novos e diversas roupas, que segundo o motorista foram compradas de terceiros sabendo que se tratava de produto de furto. O homem detido foi encaminhado à Polícia Federal de Itajaí onde vai responder por uso de documento falso, receptação e adulteração de sinal de veículo automotor.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Notícias do Dia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher é presa em Manaus por receptação e uso de documento falso

Sem Comentários

08/07/2016

Foi detida em flagrante, na quinta-feira (07), uma mulher de 42 anos, suspeita de receptação e uso de documento falso. Segundo a autoridade policial, a equipe do 4º DIP estava em diligência pelas ruas, na zona Leste, quando avistou uma motocicleta modelo Honda Bros 160, de cor vermelha, guardada na garagem da mulher. Quando questionada sobre a procedência da motocicleta, ela declarou aos policiais civis que o veículo pertencia a uma conhecida da cunhada dela. Eles suspeitaram da veracidade da informação fornecida e apreenderam o veículo após a infratora apresentar documentação falsa da moto. “Na delegacia, após ser submetida a perícia, constatamos que se tratava de um veículo clonado e que, na verdade, a moto pertencia a outra pessoa, que teve a motocicleta roubada no dia 24 de junho deste ano, na capital”, explicou o delegado. O verdadeiro dono da moto foi chamado para comparecer à delegacia e, após os procedimentos cabíveis, teve o veículo devolvido. A mulher foi autuada por receptação e uso de documento falso.

Suspeitos de integrarem quadrilha de estelionato são detidos em Taubaté

Sem Comentários

03/06/2016

No final da tarde desta quinta-feira (02), em Taubaté, nove pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha de estelionato foram detidas. Além delas, outras seis pessoas conseguiram fugir. O grupo foi detido por policiais do Batalhão de Ações Especiais da Polícia. As viaturas faziam patrulhamento pelo bairro do Belém quando suspeitaram de um veículo. Durante a revista, a polícia percebeu que o carro era clonado e foram encontradas oito identidades falsas com os três ocupantes do veículo. Questionado, o trio contou que estava na cidade com cerca de 15 pessoas e que moravam em duas casas no bairro Parque Aeroporto. Ao chegar no local, mais seis pessoas foram detidas com três carros, documentos falsos, uma máquina de cartão de crédito, uma máquina de plastificar e cerca de R$ 500. Os objetos foram apreendidos e os veículos vão passar por perícia para confirmar a clonagem. Os seis detidos na casa, sendo quatro mulheres e dois homens, vão responder em liberdade. No outro imóvel ninguém foi encontrado. Cinco homens e uma mulher que ficavam no local conseguiram fugir. Em depoimento à polícia, os três pegos em flagrante com o carro clonado contaram que a quadrilha era de Belo Horizonte e pratica crimes de estelionato. O grupo já praticou crimes em São José dos Campos e Lorena.

Ler a notícia na íntegra

PRF do MA apreende carro clonado e prende duas pessoas na BR-135

Sem Comentários

25/04/2016

Na tarde deste domingo (24), no Km 14 da BR-135, um carro clonado foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e duas pessoas foram presas. Durante a operação, policiais rodoviários federais do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) abordaram o veículo, que chegava de Rosário (MA). Na oportunidade, o condutor, de 24 anos, buscaria o proprietário do carro, de 31 anos, no aeroporto de São Luís. Durante fiscalização minuciosa, os agentes descobriram que tratava-se de um ‘clone’, e que o veículo havia sido roubado em São Paulo, no ano de 2015. Automóvel, proprietário, condutor e documentos falsos foram encaminhados para a sede da Superintendência Regional de Polícia Federal, em São Luís. O proprietário do veículo vai responder por uso de documento falso e receptação de carro roubado.

Ler a notícia na íntegra

Motorista é preso com veículo clonado e com pistola na BR-429 em Rondônia

Sem Comentários

14/04/2016

Durante uma operação de rotina realizada pela Polícia Federal na quarta-feira (13), na BR-429, entre os municípios de Seringueiras e São Miguel do Guaporé, cidades a aproximadamente 500 quilômetros da capital Porto Velho, uma picape modelo Hilux foi abordada. Na ação, os policiais constataram que o veículo era ‘clonado’ e a documentação apresentava indícios de falsificação. Após uma revista no veículo, foi encontrada uma pistola de munição ponto 380, escondida no painel do carro. O condutor do veículo já possuía antecedentes criminais por homicídio e foi preso em flagrante e irá responder pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, uso de documento falso e receptação. O condutor foi levado à Delegacia da Polícia Federal em Ji-Paraná, na região central do estado, para ser lavrado o flagrante, e em seguida foi encaminhado ao Presídio Central de Ji-Paraná para ficar à disposição da Justiça Federal.

Anterior