Com documento falso, adolescente é apreendido com quase 30 kg de maconha

Sem Comentários

16/11/2015

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam neste domingo (15), um adolescente com 27 quilos de maconha, durante bloqueio policial na MS-289 na região do município de Amambai (MS). O fato ocorreu em abordagem a um ônibus que fazia o itinerário Coronel Sapucaia a Amambai, sendo que em vistoria na bagagem do menor, foram encontrados 32 tabletes de maconha que totalizaram 27 quilos da droga. O adolescente possuía ainda uma identidade pertencente ao seu primo e deve responder além do tráfico de drogas, pelo crime de falsidade ideológica. O caso foi encaminhado para a delegacia de Amambai.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Correio do Estado

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Grávida de oito meses e comparsa são presos por estelionato em Jundiaí

Sem Comentários

15/11/2015

Na noite do sábado (14), um casal que ocupava um veículo foi detido por guardas municipais, depois de aplicarem golpes em lojas de um shopping de Jundiaí (SP). Segundo a Guarda Municipal, durante a abordagem de um veículo que forçava ultrapassagens na Avenida Antônio Frederico Ozanam, os guardas encontraram documentos falsos com a mulher de 34 anos, que confessou que ela e seu comparsa, de 23 usavam documentos falsos para solicitar cartões bancários e fazer compras em shoppings da cidade. A suspeita está grávida de oito meses e tem várias passagens por estelionato. O homem apresentava passagens por furto. Com eles foi encontrado ainda um aparelho celular com diversas mensagens sobre golpes aplicados; dois “kits” de documentos falsos com CNH, fatura de cartão de crédito e holerites; além de produtos comprados em lojas. Os dois foram encaminhados até o Plantão Policial e presos em flagrante pela autoridade policial por estelionato. O veículo, que não apresentava queixa, foi recolhido até o pátio.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Falsificador de documentos e cartões é preso em flagrante após aplicar golpes em Taboão

Sem Comentários

13/11/2015

Um falsificador de documentos e cartões de créditos foi preso em seu apartamento na região da Rodovia Raposo Tavares, na tarde da quinta-feira (12). A polícia informou que o homem é um dos chefes de uma quadrilha de falsificação de documentos e foi à Taboão da Serra (SP) com o objetivo de aplicar golpes. Segundo o chefe de investigação da DISE (Delegacia de Investigação), o homem é oriundo da cidade do Paraná e provavelmente atuava não só em Taboão, mas em Embu e São Paulo. Eles creem nessa afirmativa em função da grande quantidade de mercadorias que havia em seu apartamento. O investigador explicou que a prisão do indivíduo aconteceu após eles receberem a informação de que o homem estaria localizado em um hipermercado. A polícia o seguiu silenciosamente até o seu apartamento na Rodovia Tavares sob a altura do número 3175 e lá, atribuíram voz de prisão. A reação do acusado foi confessar o crime calmamente e levar os policiais até a documentação falsa. O investigador comentou que muitos cartões em branco e espelhos de documentos foram encontrados e apreendidos. Dentre a documentação estavam carteiras de identidade, carteiras de identificação funcional, carteiras de trabalho, carteiras de habilitação, folhas de cheque, CPF’s, máquinas ‘chupa-cabra’, máquinas plastificadoras, impressoras de cartões, carteiras da OAB, selos de autenticação de cartório, cartões de crédito, carimbos, cartões em branco e telefones celular. Conforme o boletim de ocorrência, o falsificador estaria no hipermercado para dar continuidade aos crimes de clonagem de cartões. Ao total, aproximadamente 900 documentos foram encontrados, sendo 3 carteiras de identidade e mais 3 carteiras da OAB em nome do acusado. O criminoso está na Delegacia Central de Itapecerica da Serra e aguarda a audiência de custódia para definir o local de sua prisão definitiva.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Jornal na Net

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha é presa suspeita de roubar e adulterar motocicletas em Manaus

Sem Comentários

13/11/2015

Cinco pessoas foram presas em flagrante pela Polícia Civil suspeitas de integrar uma quadrilha de roubo e adulteração de motocicletas em Manaus. Mais duas pessoas também foram presas. Os integrantes da quadrilha são P.S.S.P., 19, J.P.A., 23, F.A.S., 22, sua namorada K.F.A., 19, e N.S.B., 23. O quinteto foi apresentado nesta manhã na sede da Delegacia Geral, no Dom Pedro, Zona Centro-Oeste. As prisões ocorreram na tarde da quinta-feira (12), em uma quitinete, que era usada para adulterar os veículos. Eles foram presos por policiais da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv) no momento em que adulteravam três motos. Uma denúncia anônima ajudou a Polícia. Foram apreendidas cinco motocicletas e um kit de adulteração. As informações foram repassadas pelo titular da Derfv. Segundo ele, a partir da denúncia, a equipe da especializada montou um esquema para investigar a quadrilha. “Levamos uma semana para investigar”, destacou. Outras duas pessoas também foram presas, D.S., 33, e H.A.P.S., 26, suspeitos de comprarem as motos adulteradas. Segundo o delegado, H.A.P.S. comprava as motos adulteradas da quadrilha e vendia pelo OLX. D.S. foi preso também ao comprar moto da organização criminosa. K.F.A. era a mulher que atraia as vítimas. Ela pedia carona e os comparsas davam o bote. O bando irá responder pelos crimes de adulteração de sinal identificador de veículo automotor, uso de documento falso, associação criminosa e receptação qualificada.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: A Crítica

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Em MG, casal saca R$ 23 mil usando documentos falsos em quatro bancos

Sem Comentários

13/11/2015

A polícia procura por um homem e uma mulher que fizeram saques em bancos de Montes Claros (MG), nesta quinta-feira (12), utilizando documentos e cartões falsos. Eles conseguiram retirar mais de R$ 23 mil e ainda transferiram R$ 19 mil para um conta em uma agência em São Paulo. Funcionários de um banco na Avenida Cula Mangabeira, no Bairro Santo Expedito chamaram a Polícia Militar depois que eles perceberam que a mulher usava documentos e cartões falsos para tentar fazer um saque. O homem conseguiu retirar R$ 5 mil e os dois fugiram depois que perceberam que haviam sido descobertos. Em seguida, a PM foi até outro banco na Rua Camilo Prates, onde funcionários também informaram que os dois estiveram no local e conseguiram fazer duas retiradas, de R$ 9 mil e R$ 4.900. A PM esteve em uma terceira agência, na Rua Gonçalves Figueira, onde a mulher não conseguiu sacar dinheiro, já que os atendentes suspeitaram que a identidade dela era falsa. O comparsa dela conseguiu retirar R$ 4.682 e fez uma transferência de R$ 19 mil para uma conta em um banco, em São Paulo.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça.

Polícia prende 4 pessoas no RN por fraude em empréstimos consignados

Sem Comentários

10/11/2015

Quatro pessoas foram presas na manhã desta terça-feira (10) em uma operação da Polícia Civil desencadeada nas cidades de Natal Parnamirim,  Tangará e São Paulo do Potengi. Segundo a Polícia Civil, os presos estão envolvidos em um esquema de fraude em empréstimos consignados. A operação, denominada ’171′, também cumpriu mandados de busca domiciliar. Ainda conforme informações da polícia, a fraude comprovada gira em torno de R$ 500 mil, movimentados nos últimos quatro anos. De acordo com o diretor adjunto de Polícia Civil do interior, a denúncia chegou à delegacia de São Paulo do Potengi. “O delegado foi procurado por pessoas humildes que estavam sendo cobradas por valores que não foram buscados por eles, a partir daí foi instaurado o inquérito policial que resultou na operação deflagrada nesta terça”, explicou. As prisões aconteceram em Parnamirim, onde uma mulher e o filho foram presos em uma casa com identidades falsificadas e máquinas utilizadas para falsificar documentos, e em Tangará, onde duas irmãs foram presas, suspeitas de participar do esquema. Todos foram levados para a delegacia de São Paulo do Potengi. Segundo o diretor adjunto, para aplicar os golpes, os suspeitos se aproximavam de pessoas simples e colhiam dados pessoais das vítimas. Em posse dos dados, os suspeitos falsificavam os documentos e faziam os empréstimos em nome das pessoas. Os suspeitos responderão por uso de documento falso, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Em Gravatá, suspeito de estelionato é preso e documentos são apreendidos

Sem Comentários

12/11/2015

Na quarta-feira (11), em Gravatá, Agreste de Pernambuco, um homem de 58 anos foi preso suspeito de estelionato. Conforme a Polícia Civil, há cerca de seis meses, o homem vinha sendo alvo de investigações, devido à suspeita de diversas fraudes atribuídas a ele, todas ocorridas no município. Após uma das vítimas registrar um Boletim de Ocorrência contra o investigado, policiais foram à casa do suspeito, onde constataram que ele possuía três documentos de identidade, além de cheques em nomes de diversas pessoas. O material foi apreendido. O suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de uso de documento falso. Conforme a polícia, após a prisão, vítimas reconheceram o homem. Ele foi encaminhado ao presídio de Vitória de Santo Antão e está à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo