Suspeitos de abrirem empresas falsas são identificados em Franca

Sem Comentários

02/10/2013

A equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Franca identificou três suspeitos de integrarem uma quadrilha que aplicava golpes no setor comercial da cidade. O trio é acusado de abrir três empresas de fachada em nome de pessoas que já morreram e usar CNPJs para fazer compras e não pagar. Pelo menos oito vítimas dos estelionatários já foram localizadas. Segundo a polícia, o golpe pode chegar a R$ 200 mil. A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar as empresas. Segundo os documentos, elas ficam nos bairros Brasilândia e Riviera, mas só existiriam no papel, de acordo com as investigações. Os golpes foram aplicados em lojas de material de construção, de móveis, de pneus e de produtos para festas. Os três suspeitos responderão ao processo em liberdade. Parte do material comprado por meio de estelionato foi encontrado na casa de um dos suspeitos, no bairro Jardim Panorama. Um segundo integrante do bando já foi indiciado e um terceiro ainda é procurado. Os produtos teriam sido utilizados na reforma de uma chácara, já identificada pela polícia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: A cidade

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Motorista falso é preso com mais de 40 kg de maconha dentro de ônibus

Sem Comentários

30/09/2013

Um homem de 43 anos foi preso neste domingo (29), no posto da Polícia Rodoviária Federal de Guaraí (PRF), a 178 km de Palmas, com 40,250kg de maconha. De acordo com a PRF, o suspeito estava disfarçado com roupa de motorista, dentro do ônibus que fazia a linha São Paulo a São Luís (MA). Ainda segundo a PRF, o suspeito usava também um crachá falsificado de uma empresa de ônibus de São Paulo, o que o isentou de pagar passagem. A PRF informou que, na verdade, o homem trabalha em uma construtora em São Paulo. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Guaraí.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem usa nome do cunhado para falsificar documento em BH

Sem Comentários

27/09/2013

Um homem de 30 anos foi preso nesta sexta-feira (27) após ter sido flagrado com uma carteira de habilitação falsificada em Belo Horizonte. Para tentar enganar os policiais, ele usou o nome do cunhado. Segundo a polícia, ele acabou confessando que o documento era falsificado, depois de muito trabalho para forjar a CNH. A foto que ele colocou perfeitamente em cima da outra dá para confundir qualquer autoridade. Com o nome verdadeiro os policiais foram ao apartamento do cunhado, onde encontraram uma pistola 9mm com 21 cartuchos do mesmo calibre. O suspeito ainda é procurado e pode ser o autor de vários homicídios.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: R7

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia descobre fraude e recolhe 490 cartões do ‘Todos com a Nota’ em PE

Sem Comentários

27/09/2013

A partir da prisão de uma mulher de 66 anos com 490 cartões do programa “Todos com a Nota”, a polícia desarticulou um esquema fraudulento, que envolvia até funcionários de postos de troca da campanha. A investigação aponta que a idosa usava o neto de 13 anos para criar identidades falsas e, com esses documentos, carregar os cartões após a troca de notas fiscais. O flagrante foi realizado na quinta passada (26) e as informações foram repassadas à imprensa nesta sexta (27). O caso foi divulgado pela Delegacia de Polícia e Repressão à Intolerância Esportiva. De acordo com o delegado, para solicitar um cartão no site do programa, a suspeita usava RG e CPF de uma pessoa aleatória. Ela inseria o endereço dela no cadastro e o cartão era entregue na casa onde mora, na comunidade do Coque, Ilha Joana Bezerra, área central do Recife. “O neto, que tem habilidade em informática, escaneava a identidade dela e fazia uma montagem com as informações do cartão e finalizava com uma foto da internet”, explicou. Pelas regras do “Todos com a Nota”, o cidadão troca notas fiscais por pontos no cartão. Segundo Onofre, a idosa contratava atravessadores para ir aos postos com o cartão e o RG falso, além da senha disponibilizada pelo site. “Na primeira troca, o atravessador já ‘comprava’ o funcionário, que acabava virando aliado do esquema e facilitava as próximas recargas. Ela pegava notas fiscais no comércio ou comprava de outros criminosos”, afirmou. A cada R$ 100 em notas fiscais, o cidadão ganha um ponto no cartão, até acumular a quantidade necessária para comprar o ingresso de um evento cadastrado no programa. “A mulher ganhava dinheiro alugando o cartão a terceiros por R$ 10. Nós chegamos até ela após denúncia de um dos atravessadores”, revelou o delegado. O delegado disse ainda que apenas a idosa foi presa em flagrante por ter sido encontrada com cartões e o computador usado na falsificação de documento, mas pelo menos outras seis pessoas foram identificadas como participantes da quadrilha. “Não podemos dizer nomes nem postos onde trabalham para não atrapalhar as investigações”, complementou. A suspeita foi autuada por falsificação de documentos públicos, uso de documento falso e corrupção de menores. Ela foi levada para a Colônia Penal Feminina, no Recife. As outras seis pessoas ainda serão indiciadas pela fraude. Já o neto da investigada vai responder a um ato infracional, que ainda será feito pelo Departamento de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

TOR prende acusado de estelionato em Pardinho

Sem Comentários

30/09/2013

Policiais do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) de Pardinho (124 quilômetros de Bauru) prenderam um homem de 40 anos por estelionato. O flagrante ocorreu na rodovia Castelo Branco (SP-280), por volta das 15h desta quinta-feira (26). C.V.M. (somente as iniciais foram divulgadas) trafegava com um veículo adquirido de forma fraudulenta e com mais de R$ 15 mil oriundos de contrabando de cigarros. A equipe observou que o radar de monitoramento eletrônico com Reconhecimento de Caracteres Ótico (OCR), conhecido também como “Radar Inteligente”, detectou uma GM/Meriva, com placas de São Paulo, como sendo produto de estelionato. O condutor foi abordado e, após vistoria no automóvel, os policiais constataram que a Meriva era usada para o transporte de produtos contrabandeados, pois não havia o banco traseiro e alguns outros equipamentos, que foram retirados para expandir o espaço interno do veículo. Em seguida, foi localizada uma sacola plástica sob o banco traseiro, oculta por roupas, com R$ 15.905,00. O acusado confessou que o dinheiro seria referente ao contrabando de cigarros oriundos do Paraguai. Questionado novamente, ele confessou que adquiriu o veículo na “Feira do Rolo”, em São Paulo, por R$ 10 mil, de um desconhecido. A Equipe do TOR fez contato por telefone com a vítima do crime de estelionato, quel só soube que o carro estava em seu nome quando começaram a chegar diversas multas em sua residência. Os policiais constataram, também, que a Meriva havia sido financiada de forma fraudulenta, com os dados pessoais da vítima, por meio de documentos falsificados. Diante das provas, C. V. M. foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pardinho, onde foi elaborado o flagrante. Ele recebeu voz de prisão e foi recolhido à Cadeia Pública de Itatinga, onde permanece à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Jcnet

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Adolescente é flagrada com documento falso tentando entrar em presídio

Sem Comentários

27/09/2013

Uma adolescente foi flagrada com um documento falso em Formosa, nesta quinta-feira (26/9). De acordo com a Polícia Militar do Estado de Goiás, a jovem de 17 anos tentou entrar na Cadeia Pública de Formosa apresentando uma carteira de identidade de uma pessoa de 20 anos. Segundo a PM, a moça tinha a intenção de visitar o marido, que cumpre pena na cadeia. Os dados do documento apresentado eram de uma mulher de Manaus. A adolescente foi encaminhada para Delegacia de Polícia de Formosa e, por ser menor de idade, foi liberada após assinar o Boletim de Ocorrência Circunstancial.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Correio Braziliense

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PM prende quadrilha do CE que aplicava golpes com empréstimos na PB

Sem Comentários

25/09/2013

A Policia Militar da Paraíba prendeu nesta quarta-feira (25) três pessoas suspeitas de participarem de uma quadrilha do Estado do Ceará que aplicava golpes por meio de empréstimos consignados. Os homens – um metalúrgico, um comerciante e um taxista – foram presos no bairro de Manaíra, em João Pessoa, depois de terem aplicado dois golpes em menos de uma semana. Ao todo, eles roubaram R$ 32 mil nas duas ações criminosas. Os suspeitos usavam documentos de identidade falsos. Eles também utilizavam um carro com placas do Rio Grande do Norte e uma motocicleta registrada no Ceará, que foram apreendidos. Os policiais recolheram celulares, comprovantes de residência e cópias dos contratos de empréstimos. A polícia prende um homem, ele confessou o crime e entregou a localização dos outros dois. A PM fez uma armadilha e prendeu os suspeitos quando eles se encontraram próximo a um shopping, onde os três haviam combinado de se reunir para planejar um novo golpe. Eles foram levados ao 1º Distrito Integrado de Segurança Pública (Disp).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Terra

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo