Polícia Civil prende estelionatário que atuava na região

Sem Comentários

07/05/2016

O maior estelionatário da região de Bastos (SP), foi preso pela Polícia Civil, durante uma operação na noite da última quinta-feira (05). A prisão ocorreu na cidade de Rinópolis. O homem, de 51 anos, separado, que declarou-se corretor de imóveis, ele estava com Prisão Preventiva decretada pelo Foro Distrital de Bastos. Conhecido dos meios policiais, o sujeito registra trinta e oito antecedentes criminais por estelionato, receptação, formação de quadrilha, falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso, exercício arbitrário das próprias razões e denunciação caluniosa. Os crimes foram praticados em várias cidades, sempre envolvendo clonagem de cheques e falsificação de Carteiras de Habilitação. Após o preenchimento das formalidades legais ele foi submetido a exame de corpo de delito cautelar e em seguida recolhido ao Centro de Detenção Provisória da cidade de Caiuá, onde permanecerá à disposição da Justiça Pública.

Homem é preso por estelionato em Friburgo, RJ, após não pagar pedágio

Sem Comentários

08/05/2016

Após não pagar pedágio, um homem de 34 anos foi preso por estelionato na RJ-116, na altura de Nova Friburgo, Região Serrana do Rio. De acordo com o Batalhão de Polícia Rodoviária, depois de ser abordado por ter fugido do pedágio, foi constatado que o caminhão em que pilotava estava com placa dianteira com sinais de adulteração. Após uma verificação na documentação, os agentes notaram que a placa não era a mesma do veículo. O suspeito confessou ter sido o autor da adulteração. Ele foi encaminhado para a 151ªDP de Nova Friburgo, onde foi autuado. O caminhão foi liberado para um condutor devidamente habilitado.

Estudante é preso por estelionato pela segunda vez em dois meses em MG

Sem Comentários

05/05/2016

Nessa quinta-feira (05), em Governador Valadares, duas pessoas foram presas por estelionato e levadas à Polícia Federal. As prisões são fruto de um trabalho conjunto da PF e Polícia Civil, que investigavam fraudes em instituições bancárias. Durante a ação, os policiais presenciaram uma senhora de 56 anos sacando cerca de R$ 20 mil em espécie, na boca do caixa, mas foi verificado que o documento de identidade apresentado por ela era falso. Diante disso, ela foi abordada e presa em flagrante. Um jovem de 30 anos havia chegado com ela, mas ambos tentaram disfarçar que se conheciam. O jovem teria alegado que estava no banco para sacar dinheiro, pois iria viajar para o Espírito Santo. “Perguntado sobre a conta bancária, ele forneceu cartão e o gerente informou que o cartão estava cancelado há três anos; foi quando a suspeita aumentou. Dentre os documentos dele, encontramos fotografias, inclusive da autora que foi presa. Aí mostrou o liame subjetivo e ele foi preso em flagrante”, informou o delegado da PC.

Investigações

As investigações da PC apontavam que pessoas de outras comarcas estariam se deslocando até a comarca de Conselheiro Pena e solicitando benefício do INSS no teto máximo, em torno de R$ 20 mil. Analisando a documentação apresentada, verificou-se que eram falsos os documentos com os quais havia sido sacado o benefício anteriormente. O mentor do golpe é o jovem de 30 anos, que teria aliciado a senhora de 56, além de outros idosos que, utilizando documentos falsos, sacavam benefício do INSS. O mesmo jovem, que é estudante de direito, foi preso há cerca de dois meses também por estelionato.

Médico é preso por estelionato e falsidade ideológica em João Pessoa

Sem Comentários

05/05/2016

Usando documentos falsos para abrir contas bancárias, um médico chegou a movimentar milhões de reais. Ele foi preso na tarde desta quinta-feira (05) em João Pessoa, suspeito de estelionato e falsidade ideológica. As investigações da Delegacia de Defraudações começaram há dois meses, depois da indicação do Instituto de Polícia Científica, que informou à delegacia que havia constatado uma tentativa de fraude na emissão de cédulas de identidade. O suspeito atua como oftalmologia em Patos, no Sertão da Paraíba, e tem registro nos Conselhos Regionais de Medicina (CRM) de vários estados. Ele foi preso nesta quinta-feira, quando foi ao IPC tirar uma segunda via de identidade para mãe. Nesse documento, não havia fraude. “Ele foi preso em razão das contas abertas e das duas identidades falsas. Inclusive, em uma dessas identidades, ele se apresenta como sendo analfabeto, mesmo sendo médico”, comentou o delegado responsável. O suspeito responde a processos criminais de falsidade ideológica e estelionato em Patos, Natal, Goiânia e Brasília. Todos os crimes são relacionados a aberturas de empresas e clínicas médicas. A Polícia Civil também vai investigar se há alguma irregularidade com o registro no CRM do sujeito.

Jovem pernambucana é presa por falsificação de documentos em Alagoas

Sem Comentários

04/05/2016

Na terça-feira (03), em Alagoas, uma jovem pernambucana foi presa por falsificação de documentos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazia uma blitz, na altura da BR 423, quando um veículo com placas de Garanhuns foi abordado. Três mulheres estavam no carro, mas uma delas aparentou bastante nervosismo. Após policiais solicitarem a documentação e vistoriar o veículo, eles encontraram cinco espelhos originais de RG e 12 certidões de nascimento de várias pessoas, além de R$ 700 em espécie. A jovem, de 23 anos, confessou que conseguiu os documentos em Petrolândia, em Pernambuco, e iria repassá-los a uma pessoa em Alagoas. O objetivo era aplicar golpe da aposentadoria do INSS. Ela é natural de Águas Belas, também no estado pernambucano, mas estudava nutrição em Maceió. As outras duas mulheres – irmã e amiga da jovem – aparentavam não saber do envolvimento dela. As três foram encaminhadas à Delegacia de Polícia Civil.

Suspeito de estelionato é preso com cartões e documentos falsos em MG

Sem Comentários

06/05/2016

Nesta quinta-feira (05), em Pirapora (MG), um homem de 36 anos foi detido com vários documentos e cartões de crédito falsos. De acordo com a Polícia Civil, ele é investigado por estelionato e causou prejuízos em pelo menos dois comércios da cidade. Todo o material foi encontrado durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão e a ação contou com o apoio da Polícia Militar. “Sabemos que ele lesou um supermercado e uma garagem de veículos, estamos levantando quais os outros estabelecimentos que foram vítimas. Estávamos investigando o indivíduo há seis meses e ele responde atualmente a três inquéritos, apesar de já ter sido preso antes por estelionato e uso de documento falso”, explica o delegado responsável pelo caso. O homem fez um cartão em supermercado usando documentos falsos e conseguiu fazer compras no local. Já na garagem, ele também usou os documentos falsos e financiou um carro. O valor dos prejuízos ainda está sendo levantado pela PC. Durante as buscas, a polícia apreendeu vários documentos em branco em um computador, o que leva a crer que ele fazia as falsificações. Comprovantes de residência adulterados também foram localizados no imóvel. “Ao ser detido ele assumiu ser dono do material e disse que iria ser preso, mas já seria solto em breve”, diz o delegado. O homem foi preso em flagrante por uso de documento falso e está no presídio de Pirapora.

PRF-AC prende haitiano com documentação falsa no interior do AC

Sem Comentários

30/04/2016

Durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal no Acre (PRF-AC), na tarde da sexta-feira (29), um homem de nacionalidade haitiana foi detido após apresentar uma Carteira Nacional de Habilitação falsa. O homem estava em um táxi lotação que seguia do município de Brasileia para Rio Branco quando foi abordado no trevo a cidade de Xapuri, localizada a 188 quilômetros da capital. A polícia constatou que o documento era falso, após buscarem pelo nome do haitiano no sistema. Policiais que estavam no momento da ação perguntaram se o haitiano não possuía outro documento, mas ele informou que a CNH era sua única identificação. Questionado sobre onde e como teria conseguido a CNH, o estrangeiro se negou a responder e recebeu voz de prisão pelo crime de uso de documento falso. Ele foi conduzido, sem o uso de algemas, para a delegacia de Xapuri onde foram realizados os procedimentos cabíveis.

Anterior Próximo