Criminosos tentam resgatar preso em São Roque

Sem Comentários

12/01/2015

Na noite de sábado (10), três criminosos armados tentaram resgatar um preso enquanto era conduzido para a Unidade Transitória de São Roque, que fica junto ao prédio da delegacia da cidade. Segundo informações, a tentativa de resgate ocorreu na Rodovia Quintino de Lima, na região do bairro Campininha. O homem é de Ibiúna e estava sendo procurado pela Justiça, e tem uma condenação de 28 anos de prisão. O acusado foi preso na tarde de sábado, e de acordo com o registro policial, além de estar sendo procurado, no momento da prisão apresentou documento falso. Levado à Delegacia de Ibiúna foi dada a voz de prisão pelo delegado de plantão que também acrescentou o crime de falsidade ideológica ao acusado. Após todos os registros legais, como não há celas provisórias em Ibiúna, o preso foi encaminhado para São Roque. Um policial civil saiu com o preso da delegacia com destino a cidade vizinha. Após alguns quilômetros, ao deixar o perímetro urbano de Ibiúna, já na Rodovia Quintino de Lima, o policial pediu apoio ao perceber que um veículo estaria seguindo a viatura. O investigador que levava o preso foi avisado via celular sobre a tentativa de resgate e notou um carro seguindo a viatura. Ao chegar no bairro Campininha, os criminosos emparelharam o veículo com a viatura, e dois deles armados com pistolas obrigaram o policial a encostar. Para evitar um acidente que poderia envolver outros carros, o investigador parou a viatura e sob ordens desceu desarmado. Os criminosos pediram para que ele retirasse o preso. O policial obedeceu às ordens e no instante em que era obrigado a abrir as algemas, um dos criminosos viu as luzes e sirene da Polícia Militar. Imediatamente, os suspeitos entraram no carro e fugiram. O preso, aproveitando a oportunidade, saiu correndo em direção à mata. O policial correu atrás do fugitivo e quando conseguiu agarrá-lo, ambos caíram em uma ribanceira de aproximadamente 20 metros parando ao lado de uma linha de trem. Quando os policiais militares chegaram ao local, se depararam com a viatura estacionada na beira da estrada e com as portas abertas. Logo em seguida, escutaram o policial civil dizendo onde estava. No escuro os policiais foram até o barranco com ajuda de lanternas e ajudaram a trazer o preso de volta à viatura. Após a ocorrência seguiram para a Santa Casa de São Roque, policial e fugitivo, que estavam machucados devido à queda no barranco. Mais tarde, o preso foi apresentado na Delegacia de São Roque onde um novo boletim de ocorrência foi registrado, desta vez, por tentativa de resgate e suborno. Conforme o policial, quando estavam na linha do trem, o fugitivo disse a ele que tinha uma casa em Ibiúna e passaria a escritura no nome dele se o deixasse fugir. A Polícia Civil não informou por qual crime o homem era procurado no qual ele corresponde a 28 anos de prisão.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: JE Online

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PF prende suspeitos de fraudar mais de R$ 1 mi em empréstimos em SC

Sem Comentários

13/01/2015

Nesta terça-feira (13), dois mineiros foram presos por uso de documento falso, estelionato, obtenção de financiamento mediante fraude e lavagem de dinheiro em Florianópolis. Os dois foram denunciados à Polícia Federal (PF),  por obter financiamento com nomes falsos em banco. De acordo com o delegado responsável pelo caso, eles cometeram crimes contra o sistema financeiro com valor superior a R$ 1 milhão na cidade. Ambos moram há cerca de um ano na capital catarinense. De acordo com a Polícia Federal (PF), a denúncia foi feita no dia 22 de dezembro. Na manhã desta terça, a polícia realizou o mandado de busca e apreensão em apartamento onde os suspeitos moram juntos em Jurerê Internacional. No local, foram encontradas diversas identidades com os primeiros nomes de A. e D., contendo sobrenomes diferentes. Havia pelo menos cinco documentos de cada homem. Os dois foram presos, um em flagrante e outro por mandado de prisão preventiva. A PF justificou as prisões, pois ambos tentavam realizar novos financiamentos. Os suspeitos abriam contas em diversos bancos, solicitavam cheque especial e  empréstimos em nomes falsos. As autoridades também identificaram transações financeiras com empresas, com indícios de lavagem de dinheiro.

Compra de estabelecimentos comerciais
Um dos suspeitos utilizou uma das identidades para tornar-se proprietário de uma casa noturna na Lagoa da Conceição. Ainda não é possível afirmar se o homem foi utilizado como laranja para adquirir o local, que foi recém-vendido, ou aplicou o golpe sozinho. Quatro carros e uma moto foram apreendidos com eles, com valor de cerca de R$ 600 mil.  A intenção da Polícia Federal é empenhar os bens para ressarcir as instituições financeiras. A investigação continua no intuito de rastrear outros crimes cometidos em outros estados do país. Os suspeitos foram encaminhados na tarde desta terça-feira (13) ao Complexo Penitenciário da Agronômica, em Florianópolis.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Enfermeiro se passa por médico e foge da Polícia em Quixadá

Sem Comentários

12/01/2015

A Polícia está procurando um homem que fingia ser um médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas de Quixadá, 158 km de Fortaleza. Atendendo no local, o suspeito usava um carimbo falso com um número do Conselho Regional de Medicina (CREMEC). Segundo a delegada titular da Delegacia Regional de Quixadá,o sujeito fugiu da UPA após ser reconhecido por uma paciente, que gritou revelando a verdadeira identidade dele. “Depois de ser atendida, a mulher informou que gostaria de falar com o médico de plantão. Ela reconheceu o suspeito como sendo um enfermeiro de outra cidade, Horizonte, e ele saiu correndo do local”, detalha. A paciente registrou um Boletim de Ocorrência (B.O.) com a denúncia contra o “doutor” e a Polícia realiza buscas na região, desde às 15 horas de domingo, 12. “Outras pessoas fizeram denúncias sobre medicações erradas prescritas por ele. Já temos o seu endereço e algumas pessoas serão ouvidas nesta segunda para recolhermos informações”. Informa a delegada. Um dos pacientes atendidos pelo falso médico contou que estava com uma dor de garganta, mas quando chegou à farmácia para comprar a medicação recomendada descobriu que era colírio. “Ele chegou a receitar natação para uma pessoa com uma dor de coluna. O que investigamos é como ele foi contratado e conseguiu atuar na UPA, além de procurar saber se esse doutor realmente existe e fazia parte da fraude”, pontua a delegada. O suspeito pode ficar de 6 meses a dois anos preso pro exercício ilegal da medicina, conforme o artigo 282 do Código Civil. Além disso, a delegada de Quixadá explica que ele deve ser autuado por falsificação de documentos e falsidade ideológica. “Temos as provas necessárias para ele ser detido, também sabemos que várias pessoas foram atendidas por ele. Buscas tanto em Quixadá como em Horizonte estão sendo realizadas”, completa.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O Povo

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Grupo é detido suspeito de roubar e clonar placas de carros em Manaus

Sem Comentários

09/01/2015

Na tarde desta quinta-feira (08), em Manaus, um grupo suspeito de realizar roubos e clonar placas de veículos foi preso. De acordo com a Polícia Civil, dois homens, de 25 e 29 anos, foram localizados quando se preparavam para realizar um assalto a um supermercado situado na Zona Norte da capital. O suspeito mais velho foi preso por porte ilegal de arma de fogo. Outros dois homens, de 33 e 36 anos, foram detidos suspeitos de auxiliarem a dupla durante as ações criminosas. Os homens foram encontrados em zonas diferentes da cidade. O grupo estava sendo procurado há três meses, suspeitos de terem cometido diversos assaltos na capital. Por volta das 10h30, dois deles foram abordados na Avenida Vidal Mendonça, no bairro Flores, na Zona Oeste. Durante a revista, um revólver calibre 38 com cinco munições intactas foi localizado com um dos suspeitos. No momento da abordagem, um dos homens chegou a apresentar documentos falsos. Além disso, policiais detectaram que o veículo conduzido pela dupla, um carro modelo Classic, de cor preta, possuía placas clonadas. Segundo a polícia, os dois suspeitos informaram a existência de outro veículo com placas clonadas, na bairro Grande Vitória, na Zona Leste de Manaus. No endereço indicado pela dupla, outros dois homens foram localizados. No local, um veículo modelo Strada, de cor verde, foi apreendido. O carro foi roubado do proprietário na tarde do dia 30 de dezembro de 2014. Além de praticar roubos, os homens também clonavam as placas dos veículos roubados e vendiam por preços abaixo do mercado. Com o grupo, foram encontrados um revólver, munições, documentação falsa e placas clonadas de carros. Na unidade de polícia, o proprietário do modelo Strada reconheceu dois, de 25 e 33 anos, como autores do roubo do veículo. Os homens foram encaminhados à sede da Delegacia Especializada em Roubos Furtos e Defraudações (DEHS) para prestar esclarecimentos sobre o crime. O homem de 29 anos foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo e será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa. O jovem de 25 anos foi autuado por uso de documento falso. Ele deve permanecer detido na delegacia até o pagamento de fiança. Segundo a polícia, os outros dois suspeitos foram liberados.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulheres de Penedo são presas em Arapiraca com documentos falsos

Sem Comentários

08/01/2015

Nesta quarta-feira (07), duas mulheres de Penedo foram presas no comércio de Arapiraca, município localizado na região do Agreste alagoano. R.A., 23 anos, e N.A., 52, foram detidas na Rua Antônio Muniz, usando documentos falsos e vendendo celulares a preço muito abaixo do mercado. Segundo as informações colhidas junto ao 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), com as mulheres, que são ciganas, a polícia encontrou 10 celulares Samsung Galaxy S4 que estavam sendo vendidos por R$ 200,00 no Centro da cidade. Ao se aproximar das suspeitas os militares perguntaram pela nota fiscal dos aparelhos, mas as mesmas informaram que não possuíam no momento, pois tinham recebidos os celulares para vender de uma terceira pessoa, que não foi localizada. Ambas foram detidas e encaminhadas à Central da Polícia. Na delegacia, a polícia solicitou a documentação das mulheres e recebeu de N.A. um documento de identidade falso. Ambas ficaram detidas para averiguação. R.A. reside no Loteamento Santa Luzia e a outra na Vila Matias, bairros situados em Penedo.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Aqui Acontece

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso em Carlos Chagas por participação em cinco homicídios

Sem Comentários

06/01/2015

Foi preso na madrugada desta terça-feira (06), um homem de 26 anos, em Carlos Chagas, no Vale do Mucuri, em Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar, havia um mandado de prisão contra ele por cinco homicídios registrados em Betim e no Espírito Santo. Durante a abordagem, o suspeito apresentou documentos falsos, mas depois foi confirmada a identidade. Os militares afirmam que o homem possui passagens por tentativa de homicídio e tráfico de drogas. Ao ser preso, ele ainda confessou ter matado 30 pessoas até hoje. O sujeito foi encaminhado a delegacia de Polícia Civil de Nanuque.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Garota é detida ao tentar entrar em presídio de RR com identidade falsa

Sem Comentários

03/01/2015

Foi apreendida neste sábado (03) na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, uma adolescente de 17 anos, quando tentava entrar com a Carteira de Identidade da própria irmã, de 19 anos, na unidade prisional para visitar o namorado, que cumpre pena. A equipe da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap) da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) recebeu a denúncia e se deslocou para o presídio, onde flagrou a garota com o documento falso. Ela foi detida e conduzida ao Plantão Policial Especializado (PPE). Segundo os agentes da Dicap, a adolescente vem usando a identidade da irmã, desde agosto de 2014, para visitar o namorado, que cumpre pena na unidade prisional por tráfico de drogas. Ele foi preso em 12 de fevereiro do ano passado com seis quilos de drogas, duas armas de fogo e dinheiro. “Essa garota já vinha sendo monitorada pela nossa equipe. Estávamos esperando a oportunidade para detê-la com o documento da irmã. Sabemos ainda que ela faz apologia ao crime”, revelou um policial em anonimato. Conforme os policiais, a irmã da garota também já foi presa por tráfico de drogas e está em liberdade condicional após ter permanecido por um tempo na Cadeia Pública Feminina. De acordo com a polícia, mensagens no celular da adolescente relatam que a irmã reclamava do uso constante da identidade por parte da garota para entrar no presídio. A adolescente foi levada para a delegacia junto com a responsável para prestar esclarecimentos. Em seguida, assinou um Boletim Circunstanciado de Ocorrência (BOC) e responderá sobre o caso no Juizado da Infância e Juventude do estado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo