Homem é preso por tentativa de estelionato em Pinheiral, no Sul do Rio

Sem Comentários

05/12/2017

Na segunda-feira (04) em Pinheiral, no Sul do Rio, um homem de 48 anos foi preso por tentativa de estelionato e apresentação de documento falso. De acordo com a Polícia Civil, ele foi até uma agência bancária, no Centro, e solicitou a abertura de uma conta para receber um empréstimo no valor de R$ 40 mil. O homem foi abordado pela polícia e apresentou uma identidade com o nome de outra pessoa. Ele foi detido e levado para 101ª Delegacia de Polícia (Pinheiral), onde foi confirmado que o suspeito é de Nilópolis, na baixada fluminense, e já havia sido preso pelo mesmo crime. Segundo os agentes, no celular do suspeito havia mensagens indicando um possível golpe em Mendes (RJ), programado para este ano.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia prende estelionatário que fez empréstimo de R$ 8 mil com documento falso

Sem Comentários

04/12/2017

Nesta segunda-feira (04), uma guarnição da Polícia Militar realizou a prisão de F.J.G.Q., de 49 anos, sendo ele suspeito de ter aplicado golpe em uma empresa de empréstimo pessoal. A prisão do indivíduo aconteceu em frente a própria empresa, localizada na Avenida Alexandre Guimarães, Bairro Tancredo Neves, área leste da cidade. Há algum tempo, o homem foi até a empresa e realizou empréstimo no valor de R$ 8 mil reais, apresentando as devidas documentações. Já nesta segunda, ele foi visto em frente à empresa, em uma lotérica, sendo então acionada a Polícia Militar. Os policiais realizaram revista pessoal e encontraram um documento em nome de R.M.C. em posse do suspeito. Aos militares, o suspeito afirmou que um homem chamado “Rafael” é o responsável por emitir os documentos falsos, mas não revelou mais detalhes. O sujeito foi levado para a central de polícia e ficou a disposição da justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: News Rondônia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeito de aplicar golpes em redes de hotéis é preso na Zona Sul

Sem Comentários

04/12/2017

No domingo (03), policiais da 13ª DP prenderam P.A.O.B., de 37 anos, suspeito de praticar golpes em hotéis na Zona Sul do Rio. Ele já havia sido preso em 2015, em São Paulo, pelo crime de estelionato. Ele usava documentos falsos para efetuar empréstimos e desvio de milhas de cartões de crédito nos estados de São Paulo e Sergipe. Os policiais descobriram que o acusado estava indo para o Rio de Janeiro e que se hospedaria em um hotel em Copacabana. Após monitoramento, os agentes conseguiram  capturar o suspeito em flagrante com diversos documentos falsificados, além de grande quantidade de dinheiro. O sujeito foi preso em flagrante pelo crime de uso de documento falso e estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Midia News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Casal suspeito de integrar grupo criminoso é preso em Criciúma

Sem Comentários

30/11/2017

Foi preso no início da tarde desta quinta-feira (30) em Criciúma, no Sul de Santa Catarina, um casal suspeito de integrar um grupo criminoso. Segundo a Polícia Civil, eles estavam foragidos desde a Operação Independência, em setembro. Eles também são suspeitos de liderar o tráfico de drogas em uma região do bairro Monte Cristo, em Florianópolis. O casal foi encontrado em uma casa no bairro União Mineira. Na residência, foram apreendidos anotações do tráfico de drogas, um celular, um documento de identidade falso, entre outros. Além disso, o homem era foragido da Colônia Penal Agrícola de Palhoça, na Grande Florianópolis. Após a prisão, o casal foi levado à Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), na capital.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher é detida ao tentar transferir moto com documento falso

Sem Comentários

29/11/2017

Uma mulher, de 30 anos, foi detida no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e conduzida a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (DERRFVA), da Polícia Civil, ao tentar transferir uma motocicleta com selo de reconhecimento de firma falsificado no documento. O Certificado de Registro de Veículo (CRV) estava devidamente preenchido pelo comprador, que no caso era a suspeita C.P.R.P., 30, mas o selo de reconhecimento de firma da vendedora era falso, conforme informado pelo cartório. Diante da fraude, a mulher foi levada até a Delegacia que apresentou a motocicleta, motivo da transferência. Na Especializada, ela disse que estava “comprando” a moto para seu marido, que está preso e se comunicam via celular. Com ela também foi encontrado o CRV de um Gol, com aspecto de lavagem química. A suspeita, que já tem passagem por crimes de extorsão e furto, foi autuada por uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Midia News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Estelionatário é flagrado tentando fazer empréstimo de R$ 13 mil

Sem Comentários

29/11/2017

No centro de Curitiba, em uma agência bancária na rua Marechal Deodoro, um homem, de 42 anos, foi preso em flagrante. O caso ocorreu nesta quarta-feira (29). De acordo com informações da Polícia Civil, ele é suspeito de tentar aplicar um golpe. O homem foi flagrado no momento em que tentava fazer um empréstimo no valor de R$ 13 mil. Para isto, ele apresentou um documento falso com o nome de uma terceira pessoa. Os funcionários do banco desconfiaram dele e acionaram a polícia. O suspeito de estelionato foi preso na área dos guichês de atendimento e encaminhado para a delegacia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Massa News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Grupo que realizava fraudes contra aposentados é alvo de operação da PF no RS

Sem Comentários

29/11/2017

Na manhã desta quarta-feira (29), um grupo especializado em crimes de estelionato contra aposentados foi alvo da segunda fase da Operação Multifaces, da Polícia Federal (PF), em quatro municípios da Região Metropolitana do Estado. Os crimes foram praticados em ao menos 11 cidades gaúchas e em uma catarinense. O prejuízo estimado até o momento é de aproximadamente R$ 200 mil. Cerca de 40 policiais federais cumprem oito mandados de busca e apreensão, três de prisão e oito de condução coercitiva nos municípios de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas e Sapucaia do Sul. As investigações, conduzidas desde março pela Polícia Federal em Passo Fundo, identificaram que o grupo utilizava acessos indevidos a sistemas oficiais para  obter informações pessoais e financeiras das vítimas. Depois, com esses dados, falsificava documentos e abria contas em instituições bancárias. A partir desse ponto, os estelionatários contratavam empréstimos, planos de telefonia, sacavam valores de benefícios previdenciários, faziam compras no comércio, entre outras fraudes. Além de utilizar os dados pessoais dos aposentados em benefício próprio, os criminosos também forneciam documentos falsos, como carteiras Nacional de Habilitação (CNH) e de Identidade (RG) para outras quadrilhas e para foragidos da Justiça. Para completar a lista de fraudes, o grupo também falsificava e vendia certificados escolares e atestados médicos. A PF também apura a atuação de dois advogados da organização criminosa que teriam apresentado comprovante de residência falso à Justiça Federal com o objetivo de amparar o pedido de liberdade provisória de um preso. Os investigados responderão pelos crimes de de organização criminosa, invasão de dispositivo de informática, falsidade de documentos públicos e privados e estelionatos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Gaúcha ZH

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo