Homem tenta fazer cartão de crédito com documentos falsos mas fraude é descoberta

Sem Comentários

31/05/2018

Na tarde desta quarta-feira (30), uma guarnição da Polícia Militar estava em rondas na avenida do Estado, próximo da praça das Bandeiras, quando avistou um homem em atitude suspeita correndo pelo estacionamento de um fast food, vindo da rua Acre, no bairro dos Estados, em Balneário Camboriú (SC). Após a abordagem foi constatado que o homem, identificado como J.A.F.S., 30 anos, havia tentado fazer um cartão de crédito com documentos falsos em um supermercado e fugiu quando foi descoberta sua fraude. O homem foi preso em flagrante. Ele não possui outros registros policiais.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Click Camboriú

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia Civil investiga novo golpe do cartão de crédito em Fortaleza

Sem Comentários

08/09/2016

Em um balanço dos meses de junho e julho deste ano, a Polícia Civil registrou 18 boletins de ocorrência em casos de clonagem de cartões de crédito na Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) em Fortaleza (CE). Além da clonagem, um outro método do golpe está sendo investigado desde o ano passado: criminosos estão pedindo, por telefone, cartões de crédito no nome das vítimas. Conforme o delegado responsável, esse tipo de golpe no Ceará cresceu 40% em relação ao ano passado. “Tivemos aqui, em determinado momento, que somente em uma instituição financeira foram solicitados mais 1.800 cartões de forma fraudulenta, usando o nome dos correntistas ou nome de terceiros”, explica. Uma esteticista, que já foi vítima desse tipo de crime, conta que devido à clonagem teve um prejuízo de R$ 7 mil. “É um susto grande porque temos um dinheiro na conta e depois vai efetuar um pagamento, ou fazer uma compra, e você não consegue”, diz. Uma estudante que está na Austrália há mais de um ano e, mesmo garantido ter tomado cuidados, também teve cartões de crédito clonados. Ela descobriu que tem gente comprando no nome dela em uma loja no Brasil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Fique ligado. Dicas do BrSafe para evitar essa modalidade de fraude.

Polícia de MG prende 15 suspeitos de aplicar golpes em bancos

Sem Comentários

25/02/2016

A Polícia Civil prendeu 15 pessoas suspeitas de participar de um grupo que aplicava golpes em bancos por meio de cartões clonados. Os 15 integrantes são do estado do Rio de Janeiro e foram detidos em Belo Horizonte; Juiz de Fora, na Zona da Mata; no Aeroporto de Confins, na Região Metropolitana, e em Três Rios (RJ). Foi apreendida grande quantidade de dinheiro, celulares, um notebook e uma máquina usada para clonagem de cartões, centenas de cartões virgens e clonados, três veículos e celulares. Segundo o delegado responsável, a ação da quadrilha em Belo Horizonte foi desarticulada nesta quarta-feira (25). Três dos integrantes foram presos em flagrante realizando saques, quatro no aeroporto, seis em Juiz de Fora e dois em Três Rios. Antes de serem desmascarados, os suspeitos chegaram a roubar cerca de R$ 240 mil de um só banco, conforme o delegado. Após clonar os cartões, eles faziam empréstimos e saques. “O golpe funcionava da seguinte forma. Eles clonavam um cartão de um cliente desta instituição financeira. Faziam empréstimos em nome destes clientes, iam até o caixa eletrônico e faziam o saque em dinheiro”, explicou. Nesta quarta-feira, ocorreram golpes semelhantes em outros quatro estados, e o rombo chegou a R$ 2 milhões. A polícia não divulgou os estados. No ano, o golpe pode ter arrecadado cerca de R$ 6 milhões. O delegado afirmou que a forma que os suspeitos conseguiam os dados bancários, inclusive senhas, para a clonagem dos cartões ainda é investigada, assim como a participação de mais pessoas. “Esta organização criminosa ela tinha divisão de tarefas. Alguns membros da quadrilha iam até o banco tinham a função de tirar o dinheiro. Outros recebiam o dinheiro, juntavam. Outra parte fazia o transporte daqui para o Rio de Janeiro”, disse. Os presos vão responder por furto qualificado, organizações criminosas e um deles, que apresentou documento falso, por falsificação de documentos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla investigada por estelionatos com clonagem de cartões é presa em Valadares

Sem Comentários

21/01/2016

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de estelionato que aplicavam golpes com cartões clonados em um shopping de Governador Valadares, na Região do Vale do Rio Doce. As investigações indicaram que os golpistas utilizavam dados de cartões bloqueados para crédito por inadimplência para realizar compras. T.M.L., de 29 anos, e J.B.S., de 39, imprimiam os cartões com seus nomes e realizavam as compras de materiais diversos, em especial eletrônicos. No momento da prisão, os suspeitos haviam comprado um montante de mais de R$ 7 mil em produtos. Segundo a Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações, a suspeita é de que os produtos comprados eram revendidos a um preço menor. Conforme a delegada da Delegacia Regional de Governador Valadares, T.M.L. tem uma loja de celulares na cidade e uma página na internet onde os produtos eram revendidos. Uma carteira de habilitação nacional (CNH), que se suspeita ter sido adquirida de forma fraudulenta no Pará foi apreendida com J.B.S. Os suspeitos foram presos em flagrante por estelionato e uso de documento falso e encaminhados para a Penitenciária Francisco Floriano de Paula, em Valadares. As investigações ainda pretendem verificar se os suspeitos aplicaram outros golpes no comércio da cidade e se existem outros envolvidos na ação de estelionato. Ainda de acordo com a Polícia Civil, a delegacia especializada tem realizado diversas operações para identificação e prisão de suspeitos da ação criminosa na região.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: EM

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha é presa com cartões clonados em SP

Sem Comentários

29/12/2015

Nessa segunda-feira, uma quadrilha foi presa tentando fazer compras com cartões e documentos clonados em um hipermercado atacadista, em Santo André, na Grande São Paulo. O gerente do estabelecimento estranhou o nervosismo do grupo e suspeitou do valor da compra – cerca de R$ 23 mil -, além das mercadorias selecionadas. Os clientes, até então suspeitos, haviam separado 40 pacotes de cigarros, 18 caixas de uísque – com 12 garrafas cada – e 40 fardos de energético, contendo 24 latinhas cada um. A Polícia Militar foi acionada e chegou a tempo de prender o grupo ainda no estacionamento. O mais velho dos criminosos, de 75 anos, chegou a correr para o banheiro e, lá, tentou se livrar dos cartões e documentos. Em uma última tentativa de se livrar do flagrante, o bando prometeu entregar R$ 15 mil aos policiais, que recusaram a tentativa de suborno e deram voz de prisão. Na delegacia, os quatro presos no hipermercado foram autuados por estelionato, formação de quadrilha, uso de documento falso e corrupção ativa.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: CenárioMT

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Estelionatário que vivia no luxo é preso com cartões falsos na Savassi

Sem Comentários

10/01/2014

Um estelionatário que ostentava vida de luxo foi preso em área nobre de Belo Horizonte. Com ele foram encontrados mais de duzentos cartões de crédito e débito clonados, além de várias máquinas de impressão dos mesmos, mais cartões com o nome do suspeito e de outras pessoas. Também foram achados no apartamento roupas de marca, televisores, bebidas importadas e relógios, e mais um cheque no valor de R$ 8.800 reais. A polícia chegou ao local após uma denúncia anônima. Ao notar a presença dos militares, o estelionatário se trancou na sala e disse que só abriria na presença do seu advogado e de familiares. Enquanto a polícia tentava entrar, ele jogava vários cartões pela janela, na tentativa de se livrar deles. A namorada do suspeito também estava com ele no momento da abordagem policial. O homem disse aos militares que não tinha conhecimento sobre a origem de todo aquele material, e que seria propriedade de um amigo com quem divide o aluguel. O suposto dono dos cartões e mercadoria, no entanto, não foi encontrado pela polícia. Na garagem do prédio, foi apreendido um Camaro amarelo, sim, um Camaro amarelo! Que já estava com a documentação vencida. 

O sujeito ainda falou que era dono de uma fábrica de empadas e que teria adquirido o carro com o fruto de seu trabalho somados aos rendimentos de uma poupança que ele mantém desde os dezesseis anos e a revenda de produtos importados. É muita cara de pau. Segundo a polícia militar, o suspeito, de vinte e seis anos acabou de voltar do exterior, onde estava desde outubro. Dados da conta bancária dele comprovam que ele gastou mais de R$ 13 mil reais em compras fora do país. O advogado do estelionatário está acompanhando o caso. Ele nega que seu cliente seja o autor e disse que ele apenas estava no lugar errado, na hora errada. A Polícia investigará para descobrir se há mais pessoas envolvidas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O tempo

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla presa com cartão clonado em SP comprou jaqueta de R$ 4,6 mil

Sem Comentários

13/08/2013

Os dois homens presos usando cartões clonados num shopping, na Zona Oeste de São Paulo, conseguiram comprar uma jaqueta de couro de R$ 4,6 mil na noite desta segunda-feira (12). Ao todo, eles gastaram pelo menos R$ 7 mil em tênis, camisas e calças de grifes famosas, segundo informações que constam no boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil. O comerciante de 53 anos detido em flagrante tem 45 passagens por estelionato e responde a 20 inquéritos por esse crime. Já o garçom, de 29 anos, conseguia clonar os cartões de clientes dos restaurantes em que trabalhou na capital paulista. “Um dos homens confessou tudo, que os cartões eram clonados, que o nome dele era outro”, disse o soldado da Polícia Militar. Com a dupla, a polícia apreendeu 11 cartões de crédito clonados de diferentes bancos, tênis, três calças jeans, três camisas, a jaqueta de couro, três celulares, uma CNH, uma folha de cheque e R$ 210 em espécie, além de documentos. Os representantes das lojas do shopping, reconheceram os suspeitos e confirmaram as compras realizadas com os cartões falsos. Os dois suspeitos de estelionato foram encaminhados para o 91º DP.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Notícias relacionadas:

Dupla é presa ao fazer compras com cartões clonados em shopping de SP

Anterior