Com tornozeleira, estelionatário é preso tentando comprar com documento falso

Sem Comentários

11/02/2019

Um homem, de 41 anos, que estava sendo monitorado por tornozeleira eletrônica, foi preso em flagrante por estelionato. Ele tentou comprar um carro usando documento falso. O caso aconteceu na última sexta-feira (08), mas foi divulgado nesta manhã (11) pela Polícia Civil. Policiais da Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (Defurv), foram acionados pelo proprietário de uma garagem de veículo, localizada na Avenida Manoel da Costa Lima. Um cliente havia tentando financiar veículo com documento falso. Ao analisar a documentação, o banco financiador constatou que os dados não coincidiam. Os investigadores, então, orientaram o garagista a combinar a entrega do veículo ao cliente no dia 08 de fevereiro, ocasião em que os policiais, disfarçados de clientes da garagem, aguardaram o momento em que o suspeito apresentou a RG com outro nome, porém com sua fotografia, além de uma conta de água que também era falsificada. O sujeito foi autuado em flagrante por estelionato na forma tentada, uso de documento falso e associação criminosa. Outros integrantes da associação, como a mulher que intermediou a negociação entre a garagem e o suspeito, e o homem que repassou os documentos falsificados para ele, já foram identificados e estão sendo procurados.

Idoso é preso tentando sacar benefício do PIS com documento falso

Sem Comentários

05/02/2019

Na tarde desta terça-feira (05), um idoso de 65 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar, após tentar sacar o benefício do Programa de Integração Social (PIS) com documento de identidade falsa. O fato aconteceu na agência bancária localizada na rua Barroso, Centro de Manaus. Segundo informou um gerente de atendimento, M.A.S. chegou à agência e tentou sacar um valor aproximado de R$ 5 mil. De acordo com ele, as informações do documento eram falsas. Conforme o gerente, o documento apresentava fonte de texto fora do padrão e dados que não eram compatíveis com o portador. “Comecei a fazer perguntas simples e ele não sabia responder nada, são questionamentos de segurança porque vi que o RG era estranho”, explicou o gerente. Uma guarnição da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foi à agência e conduziu o idoso até o 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP). Segundo a Polícia Civil, o homem deve ser autuado por uso de documento falso e também por tentativa de estelionato. Na quarta-feira, ele deve passar por uma audiência de custódia.

Casal é preso tentando transferir R$ 1 milhão usando documentos falsos

Sem Comentários

18/01/2019

A Polícia Civil prendeu em flagrante um casal dentro de uma agência bancária no município de Cabedelo, Região Metropolitana de João Pessoa, tentando transferir uma quantia de R$ 1 milhão usando documentos falsos. A dupla foi identificada como S.G.S. e T.S.S. Além da documentação falsa, foram apreendidos cheques que somavam mais de R$ 60 milhões e mais três carteiras de identidades falsas. O delegado responsável pela prisão informou que para conseguir a transferência, o casal tentou usar até uma procuração pública, com o nome do titular da conta de onde sairia o valor milionário. A dupla foi encaminhada à 7ª delegacia de Cabedelo e serão autuados pelos crimes de tentativa de estelionato, falsificação de documento público e uso de documento público.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: OP9

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem suspeito de estelionato é preso em loja do Centro de Maceió

Sem Comentários

18/01/2019

Na sexta-feira (18), um homem suspeito de estelionato foi preso em flagrante em uma loja do centro de Maceió. Ele foi denunciado por funcionários de uma loja após tentar fazer um empréstimo com uma identidade falsa. Conforme informações do Programa Ronda no Bairro, ele portava uma identidade falsa, onde apenas a foto seria verdadeira, todos os dados seriam de uma terceira pessoa. Os atendentes da loja suspeitaram da atitude do homem e acionaram os agentes de proximidade. Durante a abordagem, os policiais constataram que além da identidade falsa, o homem portava também um contracheque também falsificado. O intuito do estelionatário era fazer um empréstimo numa grande loja do Centro. Os policiais encaminharam o homem para a Central de Flagrantes I, no Farol, onde o delegado lavrou o flagrante. Este é o segundo caso em duas semanas de estelionato pego pelos agentes do Ronda no Bairro no Centro da cidade.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Gazeta Web

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso por uso de documento falso ao tentar abrir conta

Sem Comentários

17/12/2018

Na sexta-feira (14), um homem, de 53 anos, foi preso por uso de documento falso pela Polícia Civil de Bragança Paulista. O sujeito foi até uma agência bancária da Praça Raul Leme e tentou abrir um conta. O gerente  desconfiou da autenticidade dos documentos por ele apresentados e acionou a polícia. Os policiais foram para o local e viram o suspeito caminhando pela praça.  O homem entrou no banco, saindo logo em seguida. Na sequência ele foi até uma camionete GM/S-10, azul, que estava estacionada defronte a instituição. Foi nesta hora que os policiais o abordaram. O homem deu outro nome para a polícia e passou a responder de forma evasiva e desencontrada às perguntas feitas pelos policiais. Foi então que confessou sua real identidade e disse que os documentos exibidos eram realmente falsos e que os tinha usado para abrir a conta. Os policiais revistaram a camionete e nela encontraram outros documentos, em nomes de pessoas distintas. Diante dos fatos o homem foi levado para a delegacia. Ele foi autuado em flagrante por uso de documento falso e falsidade ideológica. Posteriormente, ele foi apresentado em audiência de custódia. A camionete, por sua vez, foi recolhida ao guincho. Cheques e documentos foram apreendidos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Bragança em Pauta

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia prende estelionatário que tentava sacar R$ 14 mil em banco

Sem Comentários

21/11/2018

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu um homem no momento em que ele tentava sacar valores referentes a precatório judicial em uma agência bancária. R.S. usou um documento falso e foi flagrado quando tentava embolsar R$ 14 mil. A prisão foi efetuada por uma equipe da Coordenação de Repressão ao Crime Contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (Corf). As investigações apontam que o homem integrava um esquema criminoso de desvio de valores de ações previdenciárias, lesando vítimas – a maioria idosos – que aguardam anos na esfera judicial para receber os benefícios. O acusado disse ter sido procurado em Ceilândia por um conhecido. Ele teria passado os detalhes do esquema e fabricou um documento falso para R.S. Aos policiais, ele relatou ainda que receberia R$ 1 mil pelo golpe e deveria repassar o restante para os chefes da quadrilha. O homem responderá por tentativa de estelionato e uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Metrópoles

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla é acusada de tentativa de estelionato

Sem Comentários

25/11/2018

Uma professora, de 51 anos, registrou um boletim de ocorrência na Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Jaú na manhã do sábado (24) após notar que sua mãe, de 78 anos, havia sido vítima de tentativa de estelionato. A mulher informou que duas desconhecidas se identificaram como funcionárias da Prefeitura na manhã da última quarta-feira e pediram para usar o banheiro da residência, situada à Rua Quinze de Novembro, no Jardim Santa Terezinha, em Jaú. A dupla entrou e logo depois partiu levando documentos e cartão bancário da aposentada. A vítima entrou em contato com o banco para solicitar o bloqueio do cartão e foi informada que o mesmo já estava bloqueado devido a muitas tentativas de compra e saques indevidos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Comércio do Jahu

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior