PRF prende dois por uso de documento falso e receptação

Sem Comentários

06/07/2019

Na noite desta sexta-feira (5), a Polícia Rodoviária Federal (PRF), por meio do Grupo de Operações com cães, prendeu dois homens durante fiscalização de rotina por uso de documento falso e receptação. A abordagem, no km 387 da BR-364, foi feita a dois veículos diferentes, mas em ambos os agentes detectaram registro de roubo/furto seja do documento CRLV seja do veículo.  O primeiro a receber ordem de parada foi o veículo HB20 branco. O motorista apresentou um documento Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) de origem ilícita (roubado ou furtado) e após feita identificação veicular pelos PRFs foi constatado que o automóvel foi roubado no estado de São Paulo em março deste ano.

Dando prosseguimento às fiscalizações no mesmo local, os agentes abordaram um veículo Ford KA, quando foi solicitado ao condutor sua documentação e do veículo. Após análise minuciosa do documento, ficou também constatado também que o carro tem origem criminosa. O documento apresentado havia sido roubado este ano no Ciretran de Rosário Oeste (MT). Não se sabe se a dupla seguia viagem junta ou se fazem parte de alguma quadrilha de fraude veicular, o que vai ser investigado pela Polícia.

Os suspeitos foram encaminhados para delegacia de Polícia Federal em Cuiabá (MT).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: MidiaNews

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Casal é preso em Guarujá suspeito de estelionato e receptação

Sem Comentários

02/07/2019

Na noite de segunda-feira (1º), um casal foi preso em Guarujá, no litoral de São Paulo, suspeito de estelionato e receptação de produtos roubados. Eles estavam em um imóvel onde foram encontradas máquinas caça-níqueis e objetos que caracterizam tráfico de entorpecentes. A equipe de Batalhão de Ações Especiais da Polícia (Baep) chegou ao imóvel, no bairro Jardim Virgínia, após denúncia de tráfico de drogas. Diversas máquinas de caça-níqueis foram encontradas no local. Além disso, aparelhos celulares, cartões de crédito e duas balanças de precisão também foram apreendidos. Na casa, um casal, um homem de 29 anos e uma mulher de 18, foram presos. Os dois foram encaminhados para a Delegacia Sede de Guarujá. Conforme a polícia, eles não tinham antecedentes criminais. Agora, devem ser indiciados por receptação e estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Jovem é detido dirigindo carro de luxo roubado e com placas clonadas na MG-353 em Coronel Pacheco

Sem Comentários

24/06/2019

Neste domingo (23), um rapaz de 22 anos foi detido dirigindo um carro de luxo roubado e com placas clonadas na MG-353 no trevo com AMG-3085, em Coronel Pacheco. Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMR), ele foi abordado durante patrulhamento no Km 66, perto do trevo, durante operação Corpus Christi, dirigindo um veículo avaliado em mais de R$ 150 mil com placas de São Paulo. O motorista apresentou o documento. Os policiais militares rodoviários especializados em trânsito desconfiaram de que era falsificado. E constataram que o carro foi roubado em Niterói (RJ) e foi adulterado e recebido placas clonadas. O rapaz foi detido por uso de documento falso, receptação e adulteração veicular; foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil. O carro foi apreendido e removido para pátio credenciado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Procurado por estelionato, homem com mais de 50 anotações criminais é preso pela PM em São Fidélis

Sem Comentários

23/06/2019

Na noite do sábado (22), um homem que era procurado pela Justiça foi preso por policiais do Grupamento de Ações Táticas (GAT) da 4ª Companhia em um hotel no Centro de São Fidélis. Conforme informações da PM, para o acusado havia dois mandados de prisão em aberto pelo crime de estelionato. Os mandados foram expedidos pela Comarca do Rio de Janeiro. O sujeito foi encontrado após os militares terem recebido informações de que o mesmo estaria na cidade, e que poderia estar em um hotel. Ele já possui 57 anotações criminais por estelionato, roubo, furto, receptação, entre outros crimes. O homem foi encaminhado para a 141ª Delegacia Legal de São Fidélis, mas transferido para a 146ª Delegacia Legal de Guarus, em Campos, onde permaneceu preso aguardando transferência para uma unidade prisional do estado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: SFN Notícias

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PRF detém motorista em carro adulterado e com documentos falsos na BR-101

Sem Comentários

29/05/2019

Um homem foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao ser flagrado com um carro adulterado e com um documento do veículo furtado no Espírito Santo nesta quarta-feira (29) na BR-101, em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense. Segundo a PRF, o homem foi indiciado por uso de documento falso, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Equipes do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da 8ª Delegacia faziam uma ronda na rodovia quando foram ultrapassadas por um carro em alta velocidade. O homem foi abordado e disse que não possuía habilitação. Ele apresentou um certificado de licenciamento do veículo de 2014 que era de um lote furtado no Espírito Santo. O condutor ainda entregou outro certificado, de 2015, com a numeração inválida. A PRF informou ainda que durante a fiscalização, os policiais também constataram que o número do motor estava suprimido e o chassi adulterado. O homem foi encaminhado para a sede da Polícia Federal em Campos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia indicia 15 suspeitos de causar prejuízo de R$ 50 milhões na receptação e adulteração de carros em Goiás

Sem Comentários

27/05/2019

Em Goiânia, a Polícia Civil indiciou 15 pessoas suspeitas de integrar um grupo especializado na receptação e adulteração de veículos. Segundo as investigações da operação Sétimo Selo, iniciada há um ano meio, a organização causou um prejuízo estimado de R$ 50 milhões. No decorrer da apuração, 17 pessoas foram presas e uma segue foragida. A polícia também apreendeu 30 carros de luxo e conseguiu junto à Justiça o sequestro de 51 imóveis – incluindo lojas e uma fazenda – e depósitos no valor de r$ 40 milhões. A Polícia Civil informou que os indiciados, dentro de suas responsabilidades, responderão pelos crimes de receptação, organização criminosa, estelionato, lavagem de dinheiro e crimes contra a ordem tributária. O delegado responsável pelo caso, disse que o grupo vivia uma vida de luxo. “Viviam como empresários, em condomínios de luxo. Eles se valiam desse aparato para dar legitimidade as suas ações. Nos estimamos (que o prejuízo) seja mais de R$ 50 milhões”, afirma.

Grupos

Os suspeitos atuavam em dois grupos distintos, mas com o mesmo fim, que era de receptar e adulterar veículos. Eles também tinham como atividade o tráfico de drogas e agiam de forma bastante organizada. Os grupos eram chefiados por donos de lojas de carros. Um dos carros vinculados ao grupo era uma caminhonete, que foi apreendida com um arsenal de armas de grosso calibre, em agosto do ano passado, no Distrito Federal. Com o grupo, havia materiais explosivos, dez fuzis, dez pistolas, carregadores e munição. A polícia suspeita que a Hilux, que era blindada, seria usada na tentativa de de resgate de detentos do sistema prisional.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Três pessoas são presas suspeitas de clonar cartões de juízes e promotores

Sem Comentários

08/05/2019

Nesta quarta-feira (08), dois homens e uma mulher foram presos em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, suspeitos de clonar cartões de juízes e promotores. Eles devem responder pelos crimes de estelionato, receptação e associação criminosa. A fraude foi descoberta depois de uma denúncia feita por um juiz de Cornélio Procópio, no norte do estado. À polícia, o magistrado disse que recebeu uma ligação sobre uma compra feita em Londrina, também no norte, e cujo endereço de entrega era de Foz do Iguaçu. Nesta manhã, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em uma casa no Bairro Portes, próximo à fronteira com o Paraguai, os policias encontraram vários cartões e máquinas de crédito e débito e documentos com dados pessoais das vítimas. Segundo o delegado que coordena as investigações em conjunto com a polícia de Cornélio Procópio, a quadrilha conseguiu dados dos juízes e promotores de várias regiões do país por meio de um site da Justiça. O delegado disse que ainda não é possível avaliar a dimensão do golpe e quantas pessoas foram vítimas da quadrilha. Um dos suspeitos deve responder também por falsidade ideológica. O advogado que representa os três presos disse que está se informando sobre as acusações e que um deles confessou o crime e que os outros dois não estão envolvidos na situação.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo