Homem é preso com carro clonado na BR-393, em Barra do Piraí

Sem Comentários

27/07/2017

Na noite de quarta-feira (26), um homem, de 29 anos, foi preso na BR-393 (Rodovia Lúcio Meira), em Barra do Piraí, no Sul do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a prisão aconteceu durante uma operação de combate a criminalidade na altura do km 265. A PRF informou que durante a fiscalização, foi constatado que o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) pertencia a outro carro — com placa de Guarapari, ES, e com registro de roubo em março deste ano, no Rio de Janeiro. O homem confessou que comprou o carro em Angra dos Reis, na Costa Verde. Ele foi encaminhado à 88ª Delegacia de Polícia (Barra do Piraí) e autuado por receptação e uso de documentação falsa. Este foi o sexto caso neste ano de prisão de motoristas que conduzem veículos clonados, com documentação falsa e registro de roubo na Rodovia Lúcio Meira.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Acusados de estelionato são presos no município de Itaporanga

Sem Comentários

14/07/2017

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de uma ação realizada pelo Grupo Tático Especial (GTE) da 17ª Delegacia Seccional, prendeu em flagrante R.S.L., E.A. e E.G.M. Eles são suspeitos de envolvimento em crimes de estelionato, associação criminosa e receptação. Conforme o delegado responsável, a Polícia recebeu informações sobre compras fraudulentas feitas pela Internet. “As investigações iniciaram há menos de um mês, quando vítimas da cidade de Sousa registraram boletins de ocorrência narrando a compra fraudulenta de produtos em seus cartões de crédito em lojas conhecidas na Internet, tendo como endereços de entrega a cidade de Itaporanga. O esquema foi monitorado pelos investigadores que identificaram os jovens envolvidos no golpe”, disse a autoridade policial. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão e apreendidos celulares e maquinetas de cartões de crédito. E.G.M. foi preso em flagrante quando estava recebendo uma encomenda via Correios. “Conforme apurado nas investigações, E. seria o mentor das compras realizadas na Internet, adquirindo os produtos, principalmente celulares, os quais eram recebidos nos endereços de R.S.L. e de E.A. para posterior revenda e partilha dos lucros”, disse o delegado. E.A. e R.S. foram soltos mediante o pagamento de fiança.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Paraíba Online

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Jovem é preso por receptação com veículo clonado e documento falso no Terra Nova

Sem Comentários

26/06/2017

Na tarde de sábado (24), no bairro Terra Nova, em Cuiabá (MT), um carro clonado foi apreendido pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva). Na ação, R.S.F., de 26 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação, adulteração de sinal de veículo automotor e uso de documento falso. A equipe de investigadores recebeu denúncia sobre um veículo Volkswagen Voyage, estacionado em frente a um edifício, no bairro Terra Nova, com indícios de adulteração. Imediatamente, os policiais se deslocaram até o endereço, onde identificaram o carro e realizaram trabalho de monitoramento à espera do dono do veículo. Abordado pela equipe, o suspeito apresentou o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV), sendo constatado que o documento era produto de furto da agência do Ciretran de Jangada, bem como foram observados visíveis sinais de adulteração. Diante da situação, o veículo foi apreendido e o proprietário encaminhado à Derrfva, onde foi lavrado o flagrante. Na delegacia, os policiais identificaram o dono do veículo, o qual o carro apreendido estava com características idênticas. Após todas as providências, o preso foi encaminhado para audiência de custódia na Capital.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: RD News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher é presa após ser flagrada dirigindo carro roubado com número de chassi e motor adulterados

Sem Comentários

22/06/2017

Uma mulher, de 40 anos, foi presa em Mogi das Cruzes depois de ter sido flagrada dirigindo um carro roubado com a numeração do chassi e motor adulterados. Segundo a polícia, o documento do carro foi feito com um lote de espelhos roubados. O caso foi registrado no 2º Distrito Policial como receptação de veículo, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. A suspeita foi abordada por policiais militares na Avenida Japão, no Alto do Ipiranga, por volta das 17h30, de quarta-feira (21). Na delegacia, os policiais contaram que decidiram parar o carro que tinha placa do município de Várzea Paulista por causa da película escura dos vidros que impossibilitava enxergar o interior do carro. Eles solicitaram a parada e a motorista atendeu. Além dela tinha outra mulher e um rapaz no carro. A motorista apresentou os documentos do carro e a sua CNH. Ao verificar o documento do carro, os policiais notaram que a numeração estava adulterada. O número 3 do código foi mudado a caneta e virou o número 8. Além disso, outros dados não correspondiam. Os policiais descobriram ainda que o espelho do documento corresponde a um lote roubado com um boletim registrado em 24 de fevereiro na Delegacia de Investigações Gerais de Itanhaém. Nessa ocorrência foram roubados 3.216 espelhos. O carro foi vistoriado e os policiais constataram que a numeração do chassi e do motor apresentavam sinais de adulteração. As placas do carro divergiam dos padrões das placas fabricadas pelo Detran-SP, apresentando código de barras com numeração totalmente aleatória. Apesar disso os lacres das placas eram verdadeiros, mas correspondiam a um carro de mesmo modelo de Várzea Paulista. Eles entraram em contato com a dona do carro que informou que seu veículo estava estacionado em sua garagem em Várzea Paulista. Já a motorista do carro encontrado em Mogi informou aos policiais que comprou o carro em 19 de abril de um conhecido. Ela pagou R$ 32 mil e assumiu 36 parcelas de R$ 1.462. Ela informou que não fez boleto ou carnê das parcelas, nem contrato de compra e venda e não tem recibo do valor dado na entrada. A mulher completou que sabia que o carro estava registrado em nome de uma pessoa diferente da que lhe vendeu o veículo. Os policiais relataram que o registro do roubo do carro data de 18 de abril. No entanto, a polícia ainda não encontrou o proprietário do veículo. Na delegacia, a motorista explicou que quem lhe vendeu o carro alegou que não conseguia pagar as prestações, por isso estava passando o carro para frente. A mulher disse ainda que o vendedor lhe mostrou um comprovante de que o veículo não tinha restrição. Ela contou ainda que não sabe o nome completo do vendedor e que tem conhecimento apenas que ele mora em um condomínio no bairro do Rodeio. Depois do registro do boletim de ocorrência, ela ficou presa na delegacia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Jovem é preso com carro importado clonado em Piraí, RJ

Sem Comentários

04/06/2017

No sábado (03), na Serra das Araras, em Piraí, no Sul do Rio de Janeiro, um jovem, de 23 anos, foi preso ao ser flagrado com um carro importado clonado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo chamou a atenção dos agentes, pois estava sendo transportado em um caminhão guincho e, nas placas do automóvel, não haviam as tarjas informando a origem do município. Segundo a PRF, ao fazer a abordagem no caminhão, os agentes verificaram que ele tinha dois ocupantes, o condutor de 48 anos e o passageiro, que se identificou como dono do automóvel transportado. Os policiais informaram ainda que ao solicitarem a documentação do carro, eles observaram que o mesmo possuía indícios de ser falsificado, já que o chassi e outros pontos de identificação estavam adulterados, sendo de outro veículo da mesma marca e modelo, com registro de roubo em abril de 2015, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. O jovem foi levado para 94ª Delegacia de Polícia de Piraí, onde ficou preso por receptação e uso de documento falso. Já o motorista do guincho, foi ouvido e liberado, porque foi constatado que ele não sabia que o carro tinha problema na documentação e foi contratado apenas para realizar o serviço.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Carro roubado é recuperado e motorista é detido com documento falso na BR-101, em Campos, RJ

Sem Comentários

30/05/2017

Na segunda-feira (29), em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, um carro roubado foi recuperado e um homem foi detido por suspeita de receptação e uso de documento falso em uma abordagem na BR-101. O automóvel havia sido roubado há cinco anos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o homem já tinha sido preso por suspeita de chefiar uma quadrilha que roubava cargas de cigarro. Em fiscalização de rotina no Km 81 da BR-101, policiais rodoviários federais desconfiaram do condutor de um Cruze azul, que seguia sentido Rio de Janeiro, e decidiram abordá-lo. O motorista, acompanhado de uma passageira, não possuía carteira de habilitação e apresentou o documento do carro com indícios de falsidade. Durante a vistoria, segundo a PRF, os agentes verificaram que o carro possuía vários sinais de adulteração. Foi constatado que o veículo era clonado e havia sido de roubado em 2012. A ocorrência foi encaminhada à delegacia da Polícia Federal em Campos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Trio suspeito de falsificar documentos é detido com carros clonados em Caruaru

Sem Comentários

26/05/2017

Na quinta-feira (25), três jovens, de 20, 23 e 24 anos, foram detidos  com dois carros clonados em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar, ainda foram apreendidos com os suspeitos um revólver, cinco munições e três celulares. O jovem de 24 anos confessou que os veículos eram clonados. O trio foi autuado em flagrante por receptação, falsificação de documento e porte ilegal de arma de fogo.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo