PRF detém motorista em carro adulterado e com documentos falsos na BR-101

Sem Comentários

29/05/2019

Um homem foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) ao ser flagrado com um carro adulterado e com um documento do veículo furtado no Espírito Santo nesta quarta-feira (29) na BR-101, em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense. Segundo a PRF, o homem foi indiciado por uso de documento falso, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. Equipes do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da 8ª Delegacia faziam uma ronda na rodovia quando foram ultrapassadas por um carro em alta velocidade. O homem foi abordado e disse que não possuía habilitação. Ele apresentou um certificado de licenciamento do veículo de 2014 que era de um lote furtado no Espírito Santo. O condutor ainda entregou outro certificado, de 2015, com a numeração inválida. A PRF informou ainda que durante a fiscalização, os policiais também constataram que o número do motor estava suprimido e o chassi adulterado. O homem foi encaminhado para a sede da Polícia Federal em Campos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia indicia 15 suspeitos de causar prejuízo de R$ 50 milhões na receptação e adulteração de carros em Goiás

Sem Comentários

27/05/2019

Em Goiânia, a Polícia Civil indiciou 15 pessoas suspeitas de integrar um grupo especializado na receptação e adulteração de veículos. Segundo as investigações da operação Sétimo Selo, iniciada há um ano meio, a organização causou um prejuízo estimado de R$ 50 milhões. No decorrer da apuração, 17 pessoas foram presas e uma segue foragida. A polícia também apreendeu 30 carros de luxo e conseguiu junto à Justiça o sequestro de 51 imóveis – incluindo lojas e uma fazenda – e depósitos no valor de r$ 40 milhões. A Polícia Civil informou que os indiciados, dentro de suas responsabilidades, responderão pelos crimes de receptação, organização criminosa, estelionato, lavagem de dinheiro e crimes contra a ordem tributária. O delegado responsável pelo caso, disse que o grupo vivia uma vida de luxo. “Viviam como empresários, em condomínios de luxo. Eles se valiam desse aparato para dar legitimidade as suas ações. Nos estimamos (que o prejuízo) seja mais de R$ 50 milhões”, afirma.

Grupos

Os suspeitos atuavam em dois grupos distintos, mas com o mesmo fim, que era de receptar e adulterar veículos. Eles também tinham como atividade o tráfico de drogas e agiam de forma bastante organizada. Os grupos eram chefiados por donos de lojas de carros. Um dos carros vinculados ao grupo era uma caminhonete, que foi apreendida com um arsenal de armas de grosso calibre, em agosto do ano passado, no Distrito Federal. Com o grupo, havia materiais explosivos, dez fuzis, dez pistolas, carregadores e munição. A polícia suspeita que a Hilux, que era blindada, seria usada na tentativa de de resgate de detentos do sistema prisional.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Três pessoas são presas suspeitas de clonar cartões de juízes e promotores

Sem Comentários

08/05/2019

Nesta quarta-feira (08), dois homens e uma mulher foram presos em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, suspeitos de clonar cartões de juízes e promotores. Eles devem responder pelos crimes de estelionato, receptação e associação criminosa. A fraude foi descoberta depois de uma denúncia feita por um juiz de Cornélio Procópio, no norte do estado. À polícia, o magistrado disse que recebeu uma ligação sobre uma compra feita em Londrina, também no norte, e cujo endereço de entrega era de Foz do Iguaçu. Nesta manhã, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em uma casa no Bairro Portes, próximo à fronteira com o Paraguai, os policias encontraram vários cartões e máquinas de crédito e débito e documentos com dados pessoais das vítimas. Segundo o delegado que coordena as investigações em conjunto com a polícia de Cornélio Procópio, a quadrilha conseguiu dados dos juízes e promotores de várias regiões do país por meio de um site da Justiça. O delegado disse que ainda não é possível avaliar a dimensão do golpe e quantas pessoas foram vítimas da quadrilha. Um dos suspeitos deve responder também por falsidade ideológica. O advogado que representa os três presos disse que está se informando sobre as acusações e que um deles confessou o crime e que os outros dois não estão envolvidos na situação.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulheres são presas por aplicar golpes em Praia Grande, SP

Sem Comentários

03/04/2019

Nesta quarta-feira (03), duas mulheres foram presas em flagrante em Praia Grande, no litoral de São Paulo, por estelionato, receptação e falsidade ideológica. Elas são apontadas como integrantes uma quadrilha especializada em aplicar golpes em servidores públicos, pensionistas e militares de todo o Brasil. O flagrante ocorreu em uma casa na aviação, depois que a Polícia Civil recebeu uma denúncia a respeito da possível atuação da dupla na cidade. A justiça autorizou ordem de busca e apreensão em um imóvel de alto padrão, onde foi localizado também uma central telefônica utilizada para os crimes. Segundo o delegado responsável pelo caso, as informações recebidas pela polícia indicavam que as mulheres permaneciam na atividade ilícita, mesmo após a deflagração da operação Pecus, em 2015, com o objetivo de desarticular a quadrilha especializada. As suspeitas se confirmaram. As investigações vão determinar quais são as vítimas e quem são as outras pessoas que ainda integravam a quadrilha. Na ocasião da operação, que ocorreu em parceria com a Polícia Federal, 38 pessoas suspeitas de aplicar golpes foram presas nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Falsificação de CNH: Polícia Civil prende quatro em gráfica de Ceilândia

Sem Comentários

04/04/2019

Policiais civis prenderam em flagrante quatro homens por produzirem documentos falsos em uma gráfica na QNM 4, em Ceilândia. Durante a prisão, os agentes confirmaram que os acusados faziam Carteira Nacional de Habilitação, Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) e carteiras de identidade. A ação, que ocorreu na tarde desta quarta-feira (03), foi chefiada pela Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (Corf), mas só foi divulgada na manhã desta quinta (04). A Polícia Civil detalhou que, no interior da gráfica, os policiais apreenderam, além dos documentos falsos, cerca de R$ 2 mil em espécie e selos falsificados de Detrans dos estados de Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Paraná, Paraíba, Tocantins e do Distrito Federal. Além disso, os criminosos também tinham cártulas de cheque e certidões de cartórios em branco e diversos apetrechos destinados à produção de documentos falsos. O quarteto preso em flagrante irá responder pelos crimes de associação criminosa, falsificação de documento público e receptação. Como um deles, inclusive, apresentou documento falso ao ser detido, ele também será indiciado por isso.

Dupla é presa e confessa estelionato e falsificação de documentos em Barbacena

Sem Comentários

29/03/2019

Duas pessoas do sexo masculino, que não tiveram idade divulgadas, foram detidas na sexta-feira (29) por suspeita de estelionato, falsificação de documentos, receptação, uso de documento falsos e formação de quadrilha em Barbacena. Segundo a Polícia Militar (PM), a rede de bancos acionou os militares e informou que os indivíduos estavam tentando obter empréstimos utilizando documentos falsos. Após a denúncia, a equipe realizou rastreamento e abordou um veículo com dois ocupantes. Durante as diligências, foram encontrados no carro cerca de R$ 13 mil em dinheiro, diversos documentos falsos, cédulas em branco para a impressão, um notebook com programação para falsificação, quatro celulares, uma canteadeira conjugada, uma plastificadora, uma impressora e contratos celebrados com uso de documentos falsos. Os abordados confessaram aos policiais que estavam tentando obter empréstimos e que compraram dois celulares com os documentos falsos. Também durante a abordagem, foi identificado que os autores praticaram estes golpes em diversas localidades, conforme contratos encontrados no veículo. Os suspeitos foram presos e encaminhados para o Departamento de Polícia para demais providências. A dupla foi reconhecida por várias vítimas na delegacia.

Mulher é detida com carro clonado e documento falso após denúncias do proprietário em Uberlândia

Sem Comentários

22/03/2019

Uma mulher de 32 anos foi presa na quinta-feira (21) por receptação. Ela foi encontrada com veículo clonado e portando documento falso em Uberlândia. Segundo a Polícia Militar (PM), eles chegaram até a criminosa através de registros feitos por uma vítima. Os militares informaram que o condutor de um veículo registrou três ocorrências denunciando o recebimento de autuações que ele não havia cometido. Após o fato, a placa do mesmo foi divulgada para as guarnições policias e um veículo foi encontrado na posse da mulher, estacionado na porta do prédio onde ela reside, na Avenida Divino Lucas Martins, no Bairro Saraiva. Durante abordagem a condutora apresentou Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) em nome do solicitante e com números falsos, pois não consta no banco de dados. Diante do fato foi feita uma vistoria minuciosa no veículo, que é da mesma marca e modelo. A PM disse que foi constatado que o carro tem as mesmas placas, números de vidros, número de chassi e número de motor do carro clonado. Ao verificar o módulo eletrônico do veículo abordado foi encontrado outro chassi que consta queixa de roubo conforme Sistema Integrado de Defesa Social (ISP). Já o número do lacre da placa também acusou pertencer a outro veículo, também produto de crime. A mulher recebeu voz de prisão e foi encaminha para a delegacia de plantão de Uberlândia para prestar esclarecimentos, juntamente com o documento falso aprendido. Os policias disseram que ela se reservou do direito de permanecer em silêncio. O veículo foi levado para o pátio credenciado.

Anterior