Três homens são presos com caminhonete roubada na BR-116, em Teófilo Otoni

Sem Comentários

24/01/2019

Na noite dessa quarta-feira (23), três homens foram presos com uma caminhonete roubada na BR-116, em Teófilo Otoni (MG). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, eles foram abordados durante uma fiscalização e os policiais identificaram que o veículo foi roubado no Rio de Janeiro em junho de 2017. Ainda segundo a PRF, o motorista, de 43 anos, chegou a apresentar a documentação do veículo, mas os policiais identificaram indícios de falsificação. Os passageiros, de 49 e 45 anos, afirmaram que pertencem a uma igreja evangélica de Diadema (SP) e que viajavam para a Bahia para realizarem doações de donativos. Os homens disseram ainda que a caminhonete pertence a outro membro da igreja. Os três indivíduos foram encaminhados para a Delegacia Civil e devem respondem pelos crimes de uso de documento falso, receptação e adulteração de sinais identificadores de veículo automotor.

PRF de Uberlândia apreende veículo clonado e documentos falsos

Sem Comentários

21/01/2019

Na madrugada da sexta-feira (19), no km 634 da BR 365, a equipe da PRF em frente à UOP PRF Uberlândia (MG), deu ordem de parada ao veículo Toyota Hilux SW conduzido por um homem de 45 anos. Ao ser solicitada a documentação do veículo e do condutor, este apresentou CRLV com indícios de falsidade. Diante do fato foi realizada uma fiscalização minuciosa no veículo sendo constatados indícios de adulteração nos sinais identificadores (Chassi, vidros, etiquetas). Após análise foi identificado que o veículo original trata-se da Toyota Hilux SW4, furtada a pouco mais de um mês na cidade de Tupaciguara (MG). Foi dada voz de prisão ao condutor por suspeita de uso documento falso e receptação. O detido declarou que teria pago 232 mil reais pelo veículo, mas não soube indicar os dados do suposto vendedor. O utilitário foi apreendido e encaminhado com o detido para o plantão da Polícia Federal de Uberlândia, para a lavratura do flagrante.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Tudo em Dia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso em flagrante por aplicar golpes na região de Petrolina, PE

Sem Comentários

26/12/2018

Nesta quarta-feira (26), um homem foi preso suspeito de aplicar golpes pela internet na região de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar (PM), W.F.S.N. anunciava carros roubados a preços atrativos. Ele foi preso em flagrante na Avenida Nilo Coelho em um carro que foi roubado em novembro, no estacionamento de uma loja da cidade.”Ele postava na internet a foto do veículo. A vítima entrava em contato com o mesmo, ele até mostrava o veículo. Não sei como ele conseguia, mas conseguia manipular essa vítima. A vítima conseguia depositar o dinheiro na conta dele e no dia de entregar o veículo ele não comparecia”, explicou um Sargento da PM. Segundo a polícia, o homem aplicava golpes pela internet desde 2008. Ele também se apresentava como servidor público do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e oferecia vantagens para tirar a Carteira Nacional de Habilitação, sem que a pessoa passasse pelo processo legal. Pelo menos 100 pessoas pagaram pelo suposto serviço e não receberam o documento. O sujeito deve responder pelos crimes de receptação, roubo e estelionato. Ele foi encaminhado para o presídio Dr. Edivaldo Gomes.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia indicia 50 pessoas por esquema de fraudes em empréstimos na cidade de Iguatu, no Ceará

Sem Comentários

12/12/2018

Nesta terça-feira (11), a Polícia Civil do Ceará indiciou 50 pessoas por um esquema fraudulento de empréstimos, por meio da internet, que utilizava contas bancárias do município de Iguatu, na Região Centro-Sul do Estado. Segundo a polícia, o inquérito sobre o caso foi concluído na terça pelo delegado, responsável pelas investigações e titular da delegacia do município. O prejuízo das vítimas pode chegar a R$ 500 mil. As investigações tiveram início há um ano, quando a delegacia recebeu dezenas de ofícios de vários estados brasileiros, informando que contas de agências bancárias da cidade cearense estavam recebendo depósitos fraudulentos de vítimas de estelionato. O inquérito policial foi encaminhado para o Ministério Público para oferecimento de denúncia.

Indiciados por recepção

Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 48 suspeitos foram indiciados por receptação, pelo empréstimo das contas para o recebimento do dinheiro, e dois foram indiciados como chefes do esquema criminoso. A dupla líder da quadrilha mantinha na internet 12 sites falsos que ofereciam empréstimos a pessoas de todo o país. “Quando as vítimas acessavam a página, eram direcionadas para realizar o preenchimento de formulários que geravam falsos empréstimos. Com isso, as vítimas eram induzidas a depositar taxas administrativas que seriam a comprovação para a liberação dos empréstimos”, explica o delegado. Em depoimentos, os suspeitos do estelionato contaram ao delegado que recebiam o pagamento de 10% dos valores que caiam em suas contas. A polícia apurou ainda que os valores arrecadados estavam relacionados a quantias recolhidas para pagamentos em sites de apostas esportivas online.

Homem é detido pela PRF por uso de documento falso em Guaraí

Sem Comentários

06/12/2018

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na manhã desta quinta-feira (06), no km 332 da BR-153, em Guaraí (TO), um homem por uso de documento falso. Durante fiscalização de rotina, os agentes da PRF abordaram o veículo conduzido por S.C.F, de 56 anos, que apresentou o certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV) com fortes indícios de adulteração. Após consulta aos sistemas da PRF, foi constatado a ocorrência de furto. Questionado sobre a origem do veículo, o condutor relatou que teria comprado na cidade de Curitiba/PR no mês de julho do corrente ano e negociado uma camionete F-1000 ano 1998, no valor de R$ 45.000,00. O motorista relatou ainda que adquiriu o veículo de uma pessoa física e teria lavrado um contrato de locação em vez de um contrato de compra e venda devido o veículo estar com restrição judicial. Diante das informações obtidas foram constatados, a princípio, os seguintes delitos: Receptação Culposa e Uso de documento falso. O documento CRLV apresentado na fiscalização foi enviado via correio por um despachante e o condutor encaminhado para a polícia civil de Guaraí.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Surgiu

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quatro homens são presos por uso de documentos falsos e receptação

Sem Comentários

17/11/2018

Neste sábado (17), quatro homens foram presos por uso de documentos falsos e receptação de produtos roubados. Eles estavam em um bar no Setor Aeroviário. O dono do estabelecimento portava os documentos falsos, que seriam usados para aplicar golpes em Goiânia. A prisão foi feita pela equipe de motociclistas da Polícia Militar. Eles chegaram até o bar por meio de uma denúncia, feita por um comerciante da região, cujo estabelecimento teria sido arrombado. Ele mesmo é quem teria apontado aos policiais o local onde estariam os equipamentos que foram roubados: três motores elétricos, um aparelho de solda e um compressor. No bar, os policiais fizeram buscas e encontraram os objetos roubados do comerciante. Inicialmente, o proprietário do estabelecimento havia se identificado como R.H.S. Além dele, outros três homens que também estavam no bar foram levados para a Central de Flagrantes e autuados por crimes de receptação e uso de documento falso. O dono do comércio recebeu de volta os objetos que lhe foram roubados.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Mais Goiás

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Bando fraudava cartões e lavava dinheiro na Feira dos Importados

Sem Comentários

20/09/2018

Após investigações, policiais civis desmontaram uma organização criminosa envolvida em receptação, uso de documento falso e lavagem de dinheiro. O bando realizava a compra de aparelhos celulares, enviava os produtos para Brasília e lá os aparelhos eram vendidos numa banca na Feira dos Importados. As prisões do dono da banca da Feira e de uma suspeita em São Paulo (SP) aconteceram na manhã desta quinta-feira (20), durante a Operação Hermes. Os criminosos atuavam principalmente fora do Distrito Federal. Agentes cumpriram cinco mandados de apreensão. Além de dezenas de aparelhos celulares, policiais enviaram para a perícia computadores, máquinas de cartão e vários documentos de identificação falsos. Conforme o delegado da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Propriedade Imaterial e a Fraudes (Corf), a investigação começou no fim de abril, quando uma carga com 12 aparelhos celulares foi apreendida no Aeroporto JK. No momento da apreensão, fiscais verificaram que a nota fiscal do produto estava em nome de uma pessoa, os dados da compra em nome de outra e que um terceiro indivíduo iria receber a encomenda, o que gerou suspeita sobre um possível crime de receptação. A partir daí, em parceria com a Polícia Civil de São Paulo, a Corf apurou que os envolvidos roubavam dados pessoais de consumidores, fraudavam cartões de crédito e, com a ajuda de porteiros de condomínios, obtinham os cartões. Com identidades falsas, eles realizavam a compra de celulares e os enviavam por meio de empresa aérea para serem vendidos no DF. A Polícia Civil informou que, em 30 dias, uma das empresas de transporte aéreo fez 20 encomendas de celulares à Brasília, sendo que em cada encomenda havia cerca de 10 celulares, o que totaliza quase R$ 1 milhão em mercadoria fraudada. Segundo o delegado, não está descartada a atuação da organização criminosa em outros estados. Ele não informou quantas pessoas estão envolvidas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Correio Braziliense

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior