Jovem preso com R$ 450 em notas falsas também é suspeito de aplicar golpes no comércio em MT

Sem Comentários

14/01/2019

Nesta segunda-feira (14), um jovem, de 25 anos, foi detido em Rondonópolis, portando R$ 450 em notas falsas. Segundo o boletim de ocorrência, comerciantes da região central reconheceram o suspeito e afirmaram que L.N.M. havia comprado objetos e pago com o dinheiro falso. A polícia chegou ao suspeito por meio de uma denúncia anônima e, ao revistá-lo, encontrou as notas falsas no bolso dele. A funcionária de uma loja o reconheceu e contou aos policiais que, na semana passada, ele comprou um chinelo na loja em que ela trabalha e pagou o valor de R$ 100 com dinheiro falso. Outro comerciante também disse ter sido vítima do golpe. No entanto, disse que, por medo, não registrou a ocorrência. O jovem foi encaminhado para a delegacia e deve ser indiciado por estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Criminosos são presos por aplicar golpe com dinheiro falso

Sem Comentários

20/12/2018

Na última terça-feira (18) nos municípios de  Afrânio e Cabrobó, no Sertão de Pernambuco, três criminosos foram presos. Os homens aplicavam golpes usando cédulas falsas de dinheiro.  As vítimas eram comerciantes locais, que após perceberem o golpe, procuraram a polícia e denunciaram o crime.

Apreensão

No momento da prisão, os golpistas seguiam rumo ao município de Dormentes para comprar uma motocicleta. Com eles a polícia apreendeu  R$2.400 (divididos em 42 cédulas de R$ 50 e 2 cédulas de R$ 100) e de R$ 1.490 em notas falsas. Quatro ‘petecas’ de cocaína foram encontradas próximo ao carro dos suspeitos. A dupla já tem passagem pela polícia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Rádio Jornal

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PM registra ocorrência de estelionato e cédulas falsas são apreendidas

Sem Comentários

22/10/2018

Na sexta-feira (19), a Polícia Militar recebeu denúncias de comerciantes de Ouro Preto alegando terem recebido cédulas falsas em seus estabelecimentos. Eles afirmaram que os autores estavam na cidade usando um veículo Chevette de cor prata. A partir das informações coletadas, foi realizado um rastreamento e o automóvel foi localizado e abordado na Rua Dr. João Veloso, no bairro Antônio Dias. Com eles foram apreendidos R$1.214,20, dois celulares e um vidro de carro. Foi também constatado que os cidadãos infratores também passaram notas falsificadas em comércios na cidade de Mariana. Os autores presos, de 46 e 55 anos, que vieram da cidade Ponte Nova, assumiram que adquiriram as cédulas falsificadas através da internet e foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil em Ouro Preto, junto aos materiais apreendidos e o veículo GM Chevette foi removido ao pátio credenciado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Portal da Cidade

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso por fabricar diplomas e notas falsas de dinheiro em Manaus

Sem Comentários

16/05/2018

Um homem, de 28 anos, foi preso por fabricar diplomas e dinheiro falsos. A prisão ocorreu na tarde dessa terça-feira (15). Segundo o delegado titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), a equipe chegou até o infrator após receber denúncia anônima, informando que um indivíduo com as características do sujeito estaria falsificando documentos em um local na rua Ibicaré, bairro Novo Aleixo, Zona Norte da capital, lugar onde aconteceu a prisão do elemento. “Nos deslocamos até o endereço indicado e encontramos o suspeito. Achávamos que ele estaria realizando a falsificação de documentos de carros, mas durante revista no local, encontramos diplomas de universidade, de conclusão de Ensino Médio e também dinheiro, tudo falso. Em posse dele apreendemos, ainda, uma arma de fogo calibre 32, com a numeração suprimida”, explicou o delegado. O titular da Derfv ressaltou que os policiais civis encontraram no local uma impressora, carimbos e papel específico para a produção de tais documentos. Durante consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) foi verificado que o suspeito já tinha passagem pela polícia por porte de arma de fogo de uso permitido, ameaça e falsificação de documento público. Em depoimento na unidade policial, o homem confessou a posse da arma, mas negou a fabricação dos documentos e do dinheiro. O homem foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, falsificação de documento e fabricação de moeda falsa.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: A Crítica

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Alfândega apreende 1 bilhão de dinares iraquianos falsos no Aeroporto de Brasília

Sem Comentários

02/05/2018

Nesta quarta-feira (02), no Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek, foi interceptada pela Receita Federal uma carga de 1 bilhão de dinares iraquianos, em cédulas falsas. Conforme e alfândega, o dinheiro seguiria para os Estados Unidos em um voo particular, fretado especificamente para esse transporte. Se as notas fossem verdadeiras, o valor corresponderia a pouco menos de R$ 3 milhões. Pela cotação desta quarta, R$ 1 corresponde a cerca de 334 dinares iraquianos. Até a publicação desta reportagem, a origem de “fabricação” das notas falsas ainda era desconhecida. À Receita Federal, a exportadora responsável pelo frete disse ter recebido a caixa lacrada, como pagamento por um serviço prestado em 2016. Com o dinheiro, veio uma orientação de “não abrir a caixa”, para que as cédulas não perdessem o “valor de coleção”. A exportadora também mostrou à Receita um laudo pericial atestando a legitimidade das notas. O documento – assim como as cédulas – era falso, segundo os responsáveis pela alfândega.

Valor declarado

O carregamento chamou a atenção dos fiscais aduaneiros do Aeroporto JK porque, segundo eles, o valor declarado da carga era “irrisório”. Em procedimento de análise de riscos, a fiscalização decidiu inspecionar a caixa, verificar os dados e a história contada pelo grupo. No contêiner, havia cerca de 40 mil cédulas, cada uma no valor de 25 mil dinares. A carga foi apreendida, e os responsáveis pelo frete, detidos e encaminhados à Polícia Federal.

Casal suspeito de falsificação de documentos é preso em Matinhos

Sem Comentários

15/02/2018

Um casal, de 20 e 34 anos, suspeito de falsificação de documentos, foi preso pela Polícia Civil, através da equipe de investigação da Operação Verão 2017/2018, na manhã desta quarta-feira (14). A dupla foi flagrada em uma residência situada no Centro do município de Matinhos (PR), Litoral do Estado. No local, a polícia apreendeu diversas cédulas de identidade, CNHs em branco, a quantia de R$ 500 em notas falsas de R$ 50, selos de cartórios para a autenticação de documentos e cheques em branco em nome de terceiros. Foram localizados também identidades, CNHs, e documentos de veículos de possíveis vítimas de furto ou roubo, além de um veículo Ford/Fusion preto, utilizado para a prática dos crimes. Um pendrive com modelos de documentos a serem falsificados, entre outros pertences como joias, relógios e mega hair, todos produtos de origem duvidosa, também foram apreendidos na residência. A polícia chegou até os suspeitos depois que recebeu denúncias anônimas relacionadas ao tráfico de drogas. “A equipe policial conseguiu levantar algumas informações sobre uma residência situada no Centro de Matinhos, aonde possivelmente seria o local de reuniões de algumas pessoas envolvidas com roubo e tráfico de drogas”, conta o delegado-titular do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope). Em posse dessas informações, a Polícia Civil solicitou à Justiça um mandado de busca e apreensão domiciliar, expedido pela Vara Criminal de Matinhos.

Mandado de Prisão

Na residência, a moça de 20 anos chegou a se identificar para os policiais com um nome falso, entretanto o seu documento verdadeiro foi encontrado na casa. A suspeita possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime de roubo agravado. As investigações apuraram ainda que a dupla é suspeita de um cometer um roubo ocorrido em 21 de janeiro deste ano, onde cerca de R$ 100 mil em mega hair foram levados durante em um assalto contra argentinos, em Matinhos. A dupla responderá pelos crimes de falsificação de documentos e moeda falsa. Ambos permanecem presos à disposição do Poder Judiciário.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Agora Litoral

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é detido com cerca de R$ 1 milhão em notas sem procedência em Corumbaíba

Sem Comentários

16/11/2017

Na tarde desta quarta-feira (15), um homem foi preso com aproximadamente R$ 1 milhão em notas verdadeiras, mas sem procedência, em um hotel de Corumbaíba, a cerca de 221 quilômetros de Goiânia. Conforme o delegado à frente do caso, informações levantadas pela Polícia Civil levaram aos agentes até o hotel que o suspeito estava hospedado. No local, estavam mais quatro pessoas, mas E.P.Silva, de 48 anos, confessou ser o único dono das cédulas que estavam dentro de uma mala. “Até o momento contamos cerca de R$ 800 mil, mas ainda há muitas notas para serem conferidas”, destaca o delegado. Além do dinheiro, três veículo de luxo, uma máquina de contar dinheiro e celulares também foram apreendidos. Ainda não se sabe dizer a real procedência dos valores, mas a PC investiga a suspeita de estelionato. A polícia também investiga a participação dos outros que estavam no hotel. Todo material apreendido foi encaminhado para a sede da Polícia Federal em Goiânia, juntamente com os suspeitos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Mais Goiás

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior