Suspeitos de falsificação são presos em Mogi das Cruzes

Sem Comentários

15/08/2013

Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) de Mogi das Cruzes prenderam três homens com vários documentos falsificados na noite de quarta-feira (14). Com os suspeitos, os policiais apreenderam holerites, carteiras de habilitação e de identidade de várias regiões do País. Todos os papéis eram falsificados, segundo a polícia. O material estava na casa de um dos suspeitos, de 28 anos, que tinha pelo menos três documentos com nomes diferentes. No local também havia espelhos de CNH e RG. De acordo com a polícia, os homens presos vendiam os kits com RG, habilitação e holerite por cerca de R$ 400 e também aproveitavam a documentação para aplicar golpes no comércio. Os golpes foram aplicados em várias cidades do Estado de São Paulo como mostraram notas fiscais encontradas no imóvel. Os três suspeitos já tinham passagem pela polícia e vão responder por vários crimes, entre eles formação de quadrilha, falsificação de documentos públicos e estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba como evitar perdas com fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Funcionário público preso aplicando golpe na praça

Sem Comentários

07/03/2013

Um dentista que trabalha para a prefeitura de Curitiba, foi preso na quarta-feira (07), um dia depois de completar 50 anos. As investigações da Delegacia de Estelionato e Desvio de Cargas (DEDC) apontam que ele falsificava documentos, como RGs e até holerites, para conseguir empréstimos em bancos. Mesmo com dois empregos, ele alegou ter contraído dívidas desde 2006 e, por isso, passou a falsificar documentos públicos, crime pelo qual foi autuado. O dentista foi preso em flagrante a caminho de um banco para tentar obter um empréstimo. Com ele, foram apreendidos documentos como folhas de cheque clonados e conta de água, RGs, holerite em nome do dentista, porém sem o seu sobrenome. “Ele utilizava esses documentos para realizar empréstimos financeiros e comprar produtos diversos com cheques de terceiros. Ele falsificou os próprios documentos. Usava o mesmo RG, mas mudava o nome e a filiação, por exemplo”, explicou o delegado. No holerite falso apreendido com ele, consta que, em janeiro, seu vencimento foi de R$ 4.638 para trabalhar 20 horas semanais. “Acredito que ele vinha dando golpe há uns quatro meses”, disse o delegado. O dentista, que é casado e é pai de um menino de 1 ano, vai responder por falsificação e uso de documento público falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Paraná Online

Saiba como evitar perdas com fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Estelionatária é detida ao tentar aplicar golpe em loja no centro de Campo Grande

Sem Comentários

04/10/2012

Uma mulher, 37 anos, foi flagrada nesta quarta-feira (3) no momento em que estava tentando aplicar golpe de estelionato, numa loja localizada na rua Quatorze de Julho, em Campo Grande (MS). O agravante neste caso é que ela levou ao conhecimento de uma quadrilha que vem aplicando diversos golpes na praça. Na ocasião o gerente da loja desconfiou da mulher ao verificar que o nome usado por ela era o mesmo que teria sido aplicado em golpes em outras duas lojas na região central da cidade. Ele contou que a autora apareceu no local para comprar uma televisão de Led 42”, com carteira de identidade (RG) e holerites frios. Ele compareceu na 1ª DP e comunicou o fato. O gerente foi orientado a autorizar a venda e contribuir com as investigações. Como a mulher disse que iria buscar o aparelho depois, ela foi surpreendida pela polícia civil, quando voltou para receber o produto.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Midia Max

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeitos de golpes no comércio são presos em Campo Grande

Sem Comentários

05/09/2012

Dois homens foram presos em Campo Grande (MS), suspeitos de aplicar golpes no comércio da cidade. De acordo com o delegado, um deles falsificava documentos e o outro aplicava golpes abrindo crediários e obtendo crédito ou financiamentos com nomes falsos. Desta vez, eles foram flagrados quando tentavam enganar um comerciante, pela terceira vez, proprietário de uma revendedora de cestas básicas. Ainda de acordo com o delegado, os dois foram pegos pois já aplicaram vários golpes pela cidade e acabaram esquecendo que o comerciante já tinha sido vítima deles outras vezes. O comerciante fez a denúncia e a polícia aguardou para fazer o flagrante na entrega, na casa de um dos homens de 39 anos, residente na Vila Carvalho. Mais tarde, o outro suspeito, o técnico de informática de 44 anos, também foi detido em casa, na Vila Sobrinho. Na casa do técnico de informática, foram apreendidos computadores e programas usados para a falsificação de documentos de identidade, holerites e o antigo Cadastro de Identificação de Contribuinte (CIC). O material era utilizado para abrir crediários e obter crédito. Os dados eram obtidos com documentos verdadeiros, roubados de passageiros de ônibus de viagens. De acordo com a polícia, outras pessoas também se beneficiaram do esquema e estão sendo procuradas. Neste tipo de golpe, os homens conseguiram comprar roupas, eletrodomésticos, produtos de limpeza, celulares, cestas básicas e produtos de cama, mesa e banho. Um dos presos tinha conseguido obter o financiamento de uma moto, mas não chegou a receber o veículo. Os dois homens vão responder por tentativa de estelionato, por conta do flagrante da compra de cesta básica, estelionato e falsificação de documentos públicos e particulares.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça.

Trio é preso por estelionato pela Polícia Rodoviária

Sem Comentários

05/06/2012

Três homens foram presos em flagrante por estelionato e uso de documentos falsos nesta segunda-feira (4), em Ribeirão Preto, São Paulo. De acordo com a Polícia Rodoviária, responsável pela prisão, o trio foi abordado durante patrulhamento em um veículo. Foram localizados diversos documentos de identidade, carteiras de trabalho, holerites, cem folhas de cheques em branco e 22 cartões de crédito. No veículo também foram encontradas sete folhas com nomes para falsificação. Eles afirmaram à polícia que pegaram a relação de nomes na rodoviária de Ribeirão Preto e compraram os talões de cheque em São Paulo. Os três foram levados à delegacia e em seguida encaminhados para o  CDP de Ribeirão Preto.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Jornal a Cidade

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Preso suspeito de financiar carros com documentos falsos em Ribeirão

Sem Comentários

21/03/2012

A Polícia Civil prendeu um homem de 41 anos por falsificação de documento público nesta quarta-feira (21), em Ribeirão Preto, São Paulo. Ele utilizava documentos falsos para financiar veículos em revendas e, em seguida, revendê-los. Na residência do suspeito foram apreendidos holerites e documentos de identidade falsos. Nenhum veículo foi apreendido no local. O homem foi conduzido à delegacia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba como evitar fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Falsificador de RG com foto de Jack Nicholson simulou rendimentos de R$ 2 milhões

1 Comentário

29/02/2012

Um falso demonstrativo de rendimentos no valor de R$ 2 milhões foi apreendido com Ricardo Sérgio Freire de Barros, de 41 anos, acusado de falsificar documentos de identidade para abrir empresas e contas bancárias em Pernambuco. Uma das quatro carteiras de identidade falsas encontradas com o suspeito trazia a foto do ator norte-americano Jack Nicholson. Segundo a polícia, além dos documentos e holerite falsos também foram apreendidos quatro cartões de crédito e 36 folhas de cheque. A polícia já o investigava há três meses, mas foi durante uma tentativa de golpe em uma agência bancária em Boa Viagem (PE), no qual os funcionários do estabelecimento suspeitaram da documentação, que ele foi preso. Os RGs falsos apreendidos eram utilizados para a abertura de empresas. Em seguida, ele abria contas bancárias em nome dessas empresas, e dessa forma, conseguia empréstimos, cheques e cartões de banco e de crédito. O caso ganhou repercussão internacional e em redes sociais. Barros foi preso e será indiciado pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: UOL

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça.

Notícias relacionadas:

Mídia internacional repercute RG falso com foto de Jack Nicholson em Recife

Homem é preso no Recife portando RG com foto do ator Jack Nicholson

Anterior