Estelionatário de MT usa internet para aplicar golpes

Sem Comentários

20/06/2019

Nesta quarta-feira (19), um homem acusado de aplicar golpes via internet  na região Araguaia foi preso pela Polícia Judiciária Civil, no município de Nova Xavantina. A ação resultou na recuperação de mais de R$ 800, em dinheiro, e uma bicicleta, provenientes de crimes. Agindo sempre com mesmo “modus operandi” e com diversas passagens pela polícia por estelionato praticados nas cidades de Primavera do Leste e Barra do Garças, o jovem J.M.S. de 27 anos, foi novamente autuado em flagrante delito. O suspeito anunciava na internet, por meio de redes sociais, aluguel de casa alheia para pessoas interessadas, causando prejuízos financeiros às mesmas. Uma das vítimas informou a Polícia Civil, que estava procurando local para morar na cidade de Nova Xavantina. Pela internet, a vítima viu o anúncio de aluguel e fechou contrato por dois meses da casa que era anunciada pelo suspeito, no centro da cidade. Ela pagou antecipado o valor de R$ 1,1 mil, mas quando chegou na cidade descobriu que tinha sido enganada, após conhecer a verdadeira proprietária do imóvel, que não estava para alugar. Com base nos fatos narrados, os policiais civis iniciaram diligências para identificar o suspeito, que acabou descoberto. J.M.S. é natural de Primavera do Leste e estava  residindo em Nova Xavantina há cerca de quatro meses. Na residência do jovem foi apreendido o valor de R$ 840 provenientes dos golpes, além de duas máquinas de cartão. Ainda segundo levantamento, as máquinas também eram produtos de estelionato, que o suspeito havia adquirido pela internet de uma pessoa de Barra do Garças, efetuando o pagamento com envelope vazio. Diante do flagrante. J.M.S. foi interrogado pelo crime de estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Mato Grosso Mais

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Publicitário cai em golpe de empréstimo pela internet

Sem Comentários

20/06/2019

Um publicitário de 24 anos perdeu cerca de R$ 1 mil em um golpe de empréstimo pela internet. O homem precisava de R$ 5 mil para mobiliar seu apartamento e recorreu ao serviço prestado por empresas virtuais. Ele chegou a fazer dois depósitos para liberação do valor solicitado antes de descobrir que se tratava de um golpe. Ele registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil. “Eu não tive malícia e confiei. Agora aprendi que devemos desconfiar de tudo”, disse o jovem. Ele é do estado do Piauí e veio para São Paulo em busca de emprego. Chegou a Paulínia há dois meses, após passar um ano na Capital. Como decidiu morar sozinho, resolveu recorrer a um empréstimo para mobiliar o apartamento que alugou. “Entrei na internet e busquei por empréstimos. Apareceu uma empresa e forneci o número do meu celular e o e-mail. Uma atendente entrou em contato e me enviaram uma planilha, com juros e formas de pagamento. Eles me passaram confiança. Sem contar que os juros estavam baixos”, contou. Após assinar contrato, foi informado que precisaria depositar uma taxa de R$ 398 para ter o montante solicitado, liberado. “Me falaram que meu nível de confiabilidade era baixo e me pediram outro depósito de R$ 524,30. Fiz novamente o depósito sem desconfiar de nada”, relatou. Como o empréstimo não foi depositado como o programado, a vítima fez novo contato com a empresa, e foi informada que precisaria fazer um terceiro depósito, desta vez de R$ 750. “Foi aí que minha ficha caiu. Liguei para o número que me forneceram e um homem passou a me ameaçar. Bloqueei o número”, disse.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Correio

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Acre é o quinto estado com maior número de golpes em compras online, aponta estudo

Sem Comentários

10/06/2019

As fraudes contra consumidores do Acre que utilizam a internet para fazer compras, cresceram. Segundo o Mapa da Fraude, realizado por uma empresa especializada em segurança de e-commerce, no ano de 2018, a cada R$ 100 gastos em compras online, R$ 5,68 foi por algum tipo de tentativa de fraude, o que coloca o estado como o quinto mais atacado por fraudadores. O levantamento aponta ainda que os segmentos que mais sofreram tentativas de fraudes no ano passado foram compras de celulares, games, bebidas, eletrônico e informática. Em comparação a 2017, os produtos são os mesmos, a diferença é que no ano anterior as tentativas de fraudes cresceram. No setor de celulares, 4,66 % e no setor de eletrônicos, 4,29 %.

Dados nacionais

A média do Brasil é de R$ 3,53 a cada R$ 100 em compras, o que representa um aumento de quase 9% em relação ao ano anterior. De acordo com o estudo, não só o Acre teve esse aumento, mas a região Norte foi a mais atacada, e a cada R$ 100 em compras no e-commerce, R$ 5,43 foram tentativas de fraude. O percentual é 54% maior que a média nacional. Confira a matéria completa no link abaixo.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia prende suspeitos de aplicar ‘golpe do empréstimo’ pela internet

Sem Comentários

21/05/2019

Nesta terça-feira (21), quatro pessoas foram presas suspeitas de participação em golpes aplicados pela internet em Belo Horizonte e na Região Metropolitana. Segundo a Polícia Civil, a quadrilha oferecia falsos empréstimos. A Operação Arlequina prendeu M.V.G., de 31 anos, A.V.M., de 36, F.C.S., de 33, e M.V.S. de 34. A polícia ainda apreendeu notebooks, aparelhos celulares, cartões de crédito, cheques e outros documentos. De acordo com o delegado da 2ª Delegacia de Crimes Cibernéticos, o grupo também fez vítimas em outros estados. “Essas pessoas ofereciam empréstimo a pessoas carentes e à população em geral. Pactuado os valores, eles começavam a cobrar algumas taxas, algumas tarifas, para efetivar o empréstimo. Após fechar o negócio, no dia seguinte, falavam: ‘você deve depositar x em tarifa’. A pessoa fazia o depósito bancário. Esses depósitos geralmente eram com contas fraudadas ou com contas emprestadas por laranjas”, explicou. Segundo ele, novos depósitos continuavam a ser pedidos até que as vítimas não tivessem mais condições de pagar. Até o momento, a polícia estima que o valor movimentado pela quadrilha chegue a R$ 200 mil. Entretanto, esta quantia tende a ser ainda maior. Os sites usados para aplicar o golpe já foram retirados do ar.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Casal que aplicava golpe de falso pagamento em compras na internet é preso no AP

Sem Comentários

18/05/2019

Na tarde deste sábado (18), um casal foi preso suspeito de praticar golpes em compras feitas na internet. A captura da dupla ocorreu no município de Santana, a 17 quilômetros de Macapá, após denúncia anônima. Segundo a polícia, os estelionatários usavam um site de compra e venda para se conectarem com a vítima. Eles escolhiam o produto, acertavam detalhes com o vendedor e simulavam depósito bancário. Com um comprovante forjado em mãos, eles marcavam um encontro com a pessoa. Nesse momento diziam ser policiais militares. Sem desconfiar de nada, a vítima entregava o produto aos golpistas. Ainda segundo a polícia, a dupla agia a mando de um detento do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), que já teria sido identificado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Duas mulheres e adolescentes são detidas suspeitas de aplicar golpe em sites de compra e venda em MT

Sem Comentários

11/05/2019

Na sexta-feira (10), três mulheres foram detidas após aplicarem golpes pela internet em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, elas aplicavam golpes em sites de compra e venda. As suspeitas têm 21, 19 e 16 anos. Uma delas foi pega em flagrante sacando dinheiro em um caixa eletrônico de uma vítima de Minas Gerais. Ela disse que o saque estava sendo feito a mando de um homem e levou os policiais até a casa onde ele estaria. No local as outras duas comparsas foram detidas. O suposto mandante ainda não foi encontrado. Além das mulheres, os policiais apreenderam na casa mais de R$ 4 mil em dinheiro, além de comprovantes de depósitos e cheques bancários.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher é vítima de golpe na internet e tem prejuízo de R$ 9,5 mil em Mogi

Sem Comentários

10/05/2019

Na quinta-feira (09), uma mogiana de 58 anos teve prejuízo de R$ 9,5 mil depois de cair em um golpe pela internet. A vítima contou à polícia que viu o anúncio de uma moto em um site de compra e venda. Ela entrou em contato com o anunciante por telefone e ele disse que fecharia negócio com depósito em conta corrente. Antes de fazer a transação bancária, a vítima recebeu por e-mail um contrato de venda da moto. No documento constava o logo de uma empresa fabricante de tratores. A vítima questionou a relação da empresa com a moto e segundo o suposto anunciante, a fabricante de máquinas agrícolas tinha feito um sorteio e a ganhadora não queria a moto e sim o dinheiro. Por este motivo a empresa estava vendendo o veículo. Acreditando na versão do suposto anunciante, a vítima fez o depósito no valor de R$ 9,5 mil. Em seguida, foi até a empresa para pegar a moto, mas foi informada que não foi feito nenhum sorteio. Nesse momento a mulher percebeu que foi vítima de um golpe e procurou a polícia. O caso foi registrado como estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior