Estelionatário é preso em Curitiba enquanto aplicava golpe

Sem Comentários

18/07/2019

Nesta quarta-feira (17), um homem de 36 anos, suspeito de cometer ao menos sete crimes de estelionato foi preso em Curitiba (PR). A prisão ocorreu no Centro, no momento em que ele tentava consumar mais um golpe na capital. Em um dos casos, ele teria se apossado de seis veículos de um corretor de imóveis, que seriam supostamente trocados em uma caminhonete. A polícia chegou até ele por denúncia de uma das vítimas.

Durante as investigações, os policiais constataram no sistema policial que o indivíduo já contava com um mandado de prisão em aberto pelo crime de estelionato. Em razão do fato, a equipe monitorou um encontro entre o suspeito e a próxima vítima e realizou a prisão. O golpe seria a transferência de um imóvel.

Com a prisão do homem, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) espera que outras vítimas apareçam e registrem boletim de ocorrência na delegacia, para que o suspeito possa ser responsabilizado por todos os crimes. O suspeito responderá por estelionato e encontra-se detido à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Tribuna PR

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Dupla é presa após vítima de Boituva cair em golpe e perder R$ 11 mil

Sem Comentários

18/07/2019

Nesta segunda-feira (15), conforme a polícia, os dois homens foram presos por associação criminosa e estelionato, suspeitos de aplicarem golpes em Boituva (SP). De acordo com as informações da Polícia Civil, a vítima de Boituva fez um depósito de R$ 11 mil a uma agência de Jaciara (MT). Quando percebeu que caiu em um golpe em um site de vendas, um Boletim de Ocorrência (B.O.) foi registrado. A polícia entrou em contato com o banco, bloqueou a quantia e informou sobre a localidade da agência onde o suspeito sacaria o dinheiro.

Ainda segundo a polícia, um criminoso foi localizado e preso em Jaciara. Depois da prisão, eles descobriram que um segundo envolvido no crime receberia o dinheiro. Os dois homens foram presos e encontram-se à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeita de estelionato é presa em operação das polícias Civil e Militar em Renascença

Sem Comentários

18/07/2019

Nesta quinta-feira (18), uma mulher suspeita de estelionato foi presa em uma operação conjunta das polícias Civil e Militar em Renascença (PR). Ela é investigada também por lavagem de dinheiro. Segundo as investigações da Operação Luxus,  os supostos golpes aplicados por ela durante três anos causaram prejuízos de cerca de R$ 3 milhões às vítimas. Segundo o delegado responsável, no caso dos golpes envolvendo viagens, a suspeita oferecia a própria conta bancária para o pagamento dos pacotes – geralmente pagos por meio de boletos bancários ou cartões – em troca de descontos, o que acabava atraindo as vítimas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia prende suspeitos de tentar sacar R$ 200 mil em banco com documento falso, em Jaraguá

Sem Comentários

16/07/2019

Nesta segunda-feira (15), a Polícia Civil prendeu dois homens suspeitos de tentativa de estelionato em Jaraguá (GO). De acordo com o delegado responsável pelo caso, eles tentaram sacar mais de R$ 200 mil de uma conta em uma agência bancária da cidade usando um alvará judicial falso.

Segundo informações do delegado: “a Polícia Civil estava monitorando estelionatários que estavam atuando em Jaraguá já há alguns dias e recebemos a informação de que um homem estava dentro de uma agência bancária tentando fazer um saque utilizando um alvará judicial falso.” Após a denúncia, uma equipe da polícia foi até o banco. “Imediatamente fomos ao local para confirmar a informação e então conseguimos monitorar o suspeito dentro dessa agência bancária. [...]“, ainda disse o delegado.

Os dois foram autuados em flagrante pelo uso de documento falso e tentativa de estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PM registra caso de estelionato em Jaraguá do Sul

Sem Comentários

16/07/2019

Nesta segunda-feira (15), a Polícia Militar (PM) registrou um caso de estelionato em Jaraguá do Sul (SC). Um jovem de 22 anos comprou uma motocicleta Yamaha XT, de cor branca, placa de Balneário Camboriú (SC), mas o veículo possuía registro de furto.

O proprietário de 22 anos disse que comprou a motocicleta no mês de junho. De acordo com a PM, ele apresentou um recibo de compra e venda assinado em seu nome, juntamente com uma procuração. O jovem foi encaminhado com toda documentação e a motocicleta para Delegacia de Polícia Civil para investigação do caso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: OCP News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Dupla é presa em Jaciara acusada de estelionato

Sem Comentários

16/07/2019

Neste fim de semana, dois homens, um de 21 e outro de 22 anos, foram presos acusados de participar de associação criminosa e estelionato em Jaciara (MT). Eles receberiam dinheiro de São Paulo e ficariam com uma parcela. De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.), a Polícia Militar (PM) foi informada que em uma agência bancária um dos suspeitos estaria tentando sacar dinheiro em sua conta particular, porém os valores foram depositados por golpes de estelionato praticados na cidade de Boituva, em São Paulo.

Após ser detido, o rapaz confessou que recebeu uma proposta para emprestar sua conta e que receberia uma porcentagem de 10% do valor total depositado e esse acordo teria sido feito pelo outro suspeito que também estava no local. Diante dos fatos, os indivíduos foram encaminhados para a Delegacia do município para as providências cabíveis.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Mato Grosso Mais

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Casal é preso por estelionato em Buritizeiro e prejuízo pode superar R$ 250 mil, segundo Polícia Civil

Sem Comentários

16/07/2019

Nesta segunda-feira (15), um homem e uma mulher (55 e 63 anos, respectivamente) foram presos por estelionato durante uma operação da Polícia Civil em Buritizeiro (MG). Segundo as investigações, 17 vítimas já foram identificadas e o prejuízo causado pelos dois já chega a R$ 250 mil.

“Eles chegavam até as vítimas e diziam que tinham uma quantia para receber na Justiça, mas que precisavam pagar taxas judiciais, dessa forma, pediam dinheiro para as vítimas e prometiam restituí-las em dobro”, explica o delegado responsável pelas investigações.

Ainda de acordo com o delegado, o casal atuava junto, mas os dois não têm parentesco. Cada um foi preso em casa. As investigações começaram depois que as vítimas começaram a ir até a delegacia em Pirapora (MG). Uma delas chegou a emprestar R$ 15 mil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior