Polícia prende grupo suspeito de aplicar golpe do bilhete premiado em Cabo Frio, no RJ

Sem Comentários

15/11/2018

Nesta quarta-feira (14), policiais civis detiveram três suspeitos de aplicar o golpe do bilhete premiado em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. Uma vítima que perdeu R$ 76 mil procurou a delegacia. Segundo a polícia, os suspeitos são do Paraná e estavam atuando em Cabo Frio desde segunda-feira (12), quando aplicaram o golpe na idosa, que fez a denúncia. Os policiais encontraram o veículo utilizado pelo grupo e os suspeitos, que foram presos em flagrante por estelionato e organização criminosa. De acordo com a polícia, os três confessaram os crimes. Os suspeitos foram localizados na rua da casa da vítima após ligarem para ela e marcarem um encontro para tentar conseguir mais dinheiro. Os presos também foram reconhecidos por outras vítimas e o Setor de Inteligência da Polícia Civil está realizando uma pesquisa em toda a região para encontrar mais pessoas que tenham sido lesadas pelo grupo. As investigações apontam que a quadrilha de estelionatários é especializada em aplicar o golpe em todo o Brasil, principalmente no trecho entre Londrina e Cabo Frio.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Idoso de 78 anos cai em golpe de bilhete premiado e perde R$ 5,6 mil

Sem Comentários

13/11/2018

Em Blumenau (SC), um idoso de 78 anos caiu em um golpe aplicado por estelionatários. Dois homens o abordaram na rua e disseram possuir um bilhete de loteria federal de R$ 2,5 milhões. Eles mostraram o suposto papel premiado e pediram dinheiro. Em troca, dariam R$ 500 mil ao homem. A vítima então entregou R$ 5,6 mil. Na sequência, eles pediram que o senhor comprasse uma marmita para os dois. O idoso foi e, ao voltar, não encontrou a dupla. Eles fugiram em um carro de cor grafite, mas homem não soube especificar o modelo. Disse aos policiais que um dos suspeitos era alto e que aparentava ter cerca de 55 anos. O outro, mais baixo e cabeludo, parecia ser mais novo, com 30 anos mais ou menos. Ninguém foi localizado. Um boletim de ocorrência foi registrado por volta das 13h desta segunda-feira, 12.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O Município

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PF desarticula quadrilha que fraudava empréstimos de banco no DF

Sem Comentários

12/11/2018

Nesta segunda-feira (12), a Polícia Federal indiciou seis suspeitos de integrar uma organização criminosa que fraudava empréstimos bancários no Distrito Federal. O grupo – que inclui um funcionário do banco – é acusado de desviar R$ 1,6 milhão em contratos de financiamento de mobília e materiais de construção. Conforme a investigação, o grupo persuadia os clientes de uma agência de empréstimo a assinar os contratos rapidamente, sem ler, para não perder as condições especiais. Com isso, eles escreviam o dobro do valor nos documentos, e desviavam o valor restante. Em nota, o banco afirmou que “informações sobre eventos criminosos em suas unidades são repassadas exclusivamente às autoridades policiais” e que coopera com as investigações. A Polícia Federal estima que 98 operações fraudulentas tenham sido realizadas, com um valor total de R$ 3,28 milhões – cada contrato tinha valores entre R$ 30 mil e R$ 70 mil. Os correntistas receberam R$ 1,6 milhão, e o restante foi parar nas mãos da organização criminosa. Segundo a PF, a organização atuava sob a fachada de uma agência de crédito, com sede no Setor Comercial Sul. Os clientes eram atraídos por anúncios nos classificados, que ofereciam “condições mais vantajosas” que os empréstimos tomados na agência.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Duas mulheres são presas suspeitas de furtar cartão de crédito e fazer compras em shopping de Goiânia

Sem Comentários

11/11/2018

No sábado (10), duas mulheres foram presas suspeitas de furtar um cartão de crédito e fazer compras de roupas, celulares e perfumes em um shopping de Goiânia. Segundo o Comando do Policiamento da Capital (CPC), elas são de São Paulo e vieram à capital goiana para aplicar golpes. Os policiais militares localizaram as mulheres após a esposa do dono do cartão informar a uma equipe da PM sobre o furto. Conforme o CPC, os agentes entraram em contato com um segurança do shopping, que localizou e deteve a dupla. As mulheres relataram que abordaram o titular do cartão em um caixa eletrônico, momento em que pegaram os dados dele. Logo depois, segundo o relato policial, elas compraram roupas, celulares, malas, mochilas, sandálias e perfumes. Aos policiais, uma delas ainda apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. No entanto, a equipe encontrou o documento verdadeiro escondido embaixo do tapete do automóvel alugado por ela. Os militares ainda apreenderam com as mulheres cinco máquinas de cartão e R$ 2,6 mil. Os policiais levaram a dupla para a Central de Flagrantes da Polícia Civil. Segundo o CPC, elas foram autuadas em flagrante por estelionato e, uma delas, por uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Golpistas são presos tentando fazer empréstimo em banco de Guarujá

Sem Comentários

12/11/2018

Policiais da Delegacia de Guarujá prenderam em flagrante três homens que tentaram obter financiamento bancário no valor de R$ 30 mil para adquirir um Toyota Corolla avaliado em R$ 75 mil. O golpe era realizado em um banco da Avenida Puglisi, 315, no Centro. Residente em Rio Claro (SP) e portando documentos falsos em nome de P.L., N.S.C., de 63 anos, abriu inicialmente conta nessa agência para depois obter o financiamento por meio de fraude. Para o sucesso do golpe, ele contava com a colaboração de dois homen , de 35 e 38 anos, moradores em Piracicaba e Rio Claro. No final da tarde da quinta-feira (08), o trio foi preso por investigadores, que agora apuram a participação dos acusados em outras fraudes bancárias. Os policiais detiveram o homem logo após ele sair do banco. Esse acusado fez gestos aos comparsas, que já estavam na rua, informando-os de que algo estava dando errado. Os policiais apuraram que o suspeito, recentemente, também se passou por P.L. para obter financiamento de veículo em outra agência bancária. O trio foi autuado em flagrante por tentativa de estelionato e associação criminosa.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: A Tribuna

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homens são presos ao usar cartões clonados para comprar roupas

Sem Comentários

12/11/2018

Através de uma denúncia anônima, a Polícia Militar prendeu dois homens por estelionato. Eles coletavam dados bancários das vítimas e usavam o cartão para comprar produtos em um shopping na Rodovia dos Bandeirantes, em Itupeva (SP). O caso ocorreu no sábado (10), após os policiais militares receberem a informação de que um veículo Fiat Palio com placa de São Paulo estaria sendo utilizado na prática do crime. Em patrulhamento, os policiais conseguiram abordar o veículo ocupado por dois homens, um de 45 anos e com passagem criminal pela prática de furto a banco e o outro, de 38, com passagem por estelionato. No carro foram localizados roupas, relógios, bonés e um óculos que haviam sido comprados em Itupeva, com os cartões clonados. Inicialmente ambos negaram o crime, mas entraram diversas vezes em contradição, assim sendo, acabaram admitindo o estelionato e descreveram a forma de atuação. Os homens confessaram que o golpe aconteceu durante este final de semana em caixas 24 horas, coletando dados bancários e senhas das vítimas para, posteriormente, usarem na compra dos produtos. Eles foram autuados em flagrante e levados para a 2ª Delegacia Seccional de Polícia, em Campinas, onde acabaram sendo reconhecidos por uma vítima.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O Liberal

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia Civil de Paulínia interdita dois estacionamentos por suspeita de estelionato

Sem Comentários

08/11/2018

Nesta quinta-feira (08), em Paulínia (SP), a Polícia Civil interditou temporariamente dois estacionamentos de compra e venda de veículos por suspeita de estelionato. Doze pessoas registraram boletins de ocorrência sobre veículos que tinham sido vendidos, mas sem o pagamento pela venda. Os dois locais pertencem ao mesmo proprietário e, segundo o delegado responsável pela ação, a Polícia Civil realizou o trabalho de busca e apreensão nos comércios. “O objetivo da operação foi exatamente a busca e apreensão dos veículos. Os envolvidos serão formalmente indiciados pela prática de estelionato com as vítimas”, afirma o delegado.

Um homem deu um veículo no valor de R$30 mil e comprou outro no valor de R$68 mil, mas ainda não conseguiu regularizar a documentação. O gerente do estacionamento explica que a empresa passa por dificuldades financeiras e garantiu que os clientes serão ressarcidos. “Não há problema nenhum, ninguém está fungindo de nada. O problema está sendo resolvido e creio que nos próximos dias vai estar tudo sob controle”, afirma. Na tarde desta quinta, a operação foi suspensa a pedido da Justiça. A advogada do proprietários dos estacionamentos informou que o pagamento dos clientes afetados será feitos em dez dias.

Anterior