Idosa de Mogi das Cruzes perde mais de R$ 9 mil em golpe

Sem Comentários

26/07/2018

Uma idosa de 72 anos de Mogi das Cruzes perdeu mais de R$ 9 mil, em um golpe. Ela registrou um boletim de ocorrência no 2º Distrito Policial nesta quarta-feira (25). A idosa contou que entre 12 e 13 de julho recebeu ligações telefônicas de um homem. Ele dizia que um sobrinho da vítima tinha sofrido um acidente na Rodovia Régis Bitencourt. Segundo o homem, para liberar o veículo pela seguradora era preciso pagar a apólice do seguro. A idosa acreditando tratar-se de um problema familiar fez um depósito e cinco transferências, totalizando R$ 9.766. Depois de um tempo, ela desconfiou dos pedidos de dinheiro e ligou para o sobrinho. A mulher afirmou que soube que estava tudo bem e percebeu que caiu em um golpe. O caso foi registrado como estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher de Mogi das Cruzes perde mais de R$ 6 mil em golpe

Sem Comentários

19/07/2018

Na quarta-feira (18), uma mulher, de Mogi das Cruzes, teve um prejuízo de mais de R$ 6 mil, depois de cair em um golpe. Ela recebeu um telefonema de um estelionatário que se passou por um primo, que morava no Japão, mas tinha voltado ao Brasil. Ele disse que precisava de dinheiro para consertar o carro, depois de um acidente no caminho para Mogi. O caso foi registrado como estelionato no 1º Distrito Policial e será investigado. Segundo o boletim de ocorrência, uma mulher de 43 anos contou que sua mãe recebeu um telefonema de um homem que se identificou como um primo que morava no Japão e pretendia chegar de surpresa a Mogi das Cruzes. Ele disse que alugou um carro e, no caminho para Mogi, sofreu um acidente. Segundo o homem, a empresa que o socorreu não tinha máquina de cartão, por isso ele precisava de R$ 2.490, para fazer o pagamento. A mulher disse que sua mãe acreditou na história e pediu que ela depositasse o dinheiro. Ela informou que o suposto primo de sua mãe ligou novamente e pediu mais R$ 3.980, porque precisava complementar o pagamento. A vítima fez um novo depósito. A mulher destacou que depois sua mãe conseguiu entrar em contato com familiares e soube que o primo continuava trabalhando no Japão e percebeu que tinha caído em um golpe. Elas entraram em contato com o banco, mas descobriram que os valores já tinha sido sacados. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Pai e filha são vítimas de estelionato em S. A. do Monte

Sem Comentários

06/12/2017

Nesta terça-feira (05), em Santo Antônio do Monte, um senhor de 62 anos relatou que um indivíduo ligou em seu telefone, informando que era um sobrinho, dizendo que seu carro havia estragado na estrada e que precisava de dinheiro. Posteriormente, a mesma pessoa ligou para sua filha e, alegando o mesmo motivo, começou a pedir dinheiro, passando os números de três contas. A vítima fez três depósitos, totalizando 3.550 reais. Os autores pediram que fosse depositado em três contas diferentes.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Jornal Cidade

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Casal perde R$ 1,8 mil em golpe do falso parente

Sem Comentários

01/03/2017

O golpe do parente fez como vítima um casal que mora no Parque da Liberdade 2, em Rio Preto, na terça-feira (28). De acordo com informações do boletim de ocorrência, o casal recebeu uma ligação de um homem que dizia ser primo e que precisava de socorro, pois estava com o carro quebrado na estrada. O falso parente disse que precisava de ajuda financeira para pagar o mecânico que consertaria o carro. De início, o sujeito pediu que fosse depositado R$ 1,8 mil em uma conta bancária. Em seguida, ele exigiu mais R$ 5 mil, com a desculpa de que o reparo teria ficado mais caro. Quando foram checar as informações, o casal percebeu que era um golpe e resolveu procurar a polícia. Todos os dados referentes aos números de telefone e conta bancária usados pelo golpista foram repassados à Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário da Região

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.