Casal perde 3 mil reais em golpe do falso acidente

Sem Comentários

25/02/2019

Neste domingo (25), em Carmo do Paranaíba, um casal procurou o quartel da Polícia Militar, relatando que caiu em um golpe e que perdeu cerca de R$ 3.400. Uma das vítimas disse que recebeu uma ligação de um DDD de número 62, onde o indivíduo se identificou como L.A. alegando ser funcionário de uma empresa de seguros. O golpista disse que um familiar da mãe de uma das vítimas havia se envolvido em um acidente na rodovia Fernão Dias e que necessitava de um depósito no valor de R$1.200 para que a seguradora pudesse realizar o trabalho de apoio. Acreditando ser verdade, a vítima foi até uma agência e realizou uma transferência no valor pedido para uma conta em nome de uma mulher em uma agência na cidade de Aparecida de Goiânia (GO). Posteriormente, o golpista retornou a ligação e solicitou mais um depósito no valor de R$ 2.200 o qual foi realizado novamente pela vítima. Depois de algumas horas, as vítimas conseguiram entrar em contato com o familiar, que disse que não estava em viagem.

Quadrilha é presa após aplicar golpe do falso acidente em idosa em SP

Sem Comentários

26/06/2013

Uma quadrilha de estelionatários foi presa no final da noite de terça-feira (25), na região do Tatuapé, zona leste de São Paulo. O bando, composto na sua maioria por mulheres, é suspeito de aplicar um golpe em uma mulher de 77 anos. De acordo com a Polícia Civil, uma das estelionatárias entrou em contato com a idosa há uma semana dizendo que seu neto havia atropelado uma criança. Para pagar a fiança e o tratamento, a idosa teria que depositar em uma conta a quantia de R$ 40 mil. Assustada a mulher fez o depósito. Logo na sequência, o bando entrou em contato mais uma vez com ela, dessa vez pediu R$ 60 mil reais para o pagamento de outras pendências do caso. Desconfiada ela entrou em contato com a polícia que afirmou que ela havia sido vítima do golpe do falso acidente. “Após uma série de investigações a conta bancária conseguiu ser rastreada e a quadrilha presa. No total, quatro mulheres, com idades entre 45 e 56 anos, foram detidas por volta das 19h”, disse o delegado titular do 30º DP (Tatuapé). Uma delas já tinha passagem pela polícia por estelionato, inclusive seu marido está preso pelo mesmo crime. De acordo com a polícia, outros dois homens, que já foram identificados e integram a quadrilha, estão foragidos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Folha de S. Paulo

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.