Em ‘golpe do cartão’, idoso perde R$ 4,6 mil

Sem Comentários

25/03/2018

Na manhã de sábado (24), em Bauru, um idoso de 80 anos foi vítima do chamado “golpe do cartão” e acabou perdendo R$ 4,6 mil. Conforme consta no boletim de ocorrência (BO), a vítima foi até o banco, situado no Parque Paulistano, para sacar dinheiro. Em seguida, se dirigiu até uma mesa da própria agência e, enquanto procurava uma caneta, o seu cartão sumiu. Neste momento, um homem desconhecido apareceu e disse que ele teria de bloquear o cartão através de um número de telefone. Ainda dentro do banco, a vítima seguiu o conselho. Porém, quando checou o saldo de sua conta, mais tarde, constatou que tinham sacado R$ 4,6 mil. O caso foi registrado como estelionato e será investigado pela Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: JCNET

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher quase cai no mesmo golpe 2 vezes e homem é preso

Sem Comentários

09/03/2018

Por pouco, uma idosa de 72 anos, não cai pela segunda vez no mesmo golpe. A irmã da vítima percebeu a reincidência do “golpe do cartão” e chamou a Polícia Militar (PM), na última quarta-feira (07) à tarde, em Bauru (SP). A irmã da mulher, uma comerciante de 59 anos, notou que a idosa caiu em golpe idêntico do ano anterior, quando perdeu aproximadamente R$ 9 mil, ao entregar o cartão bancário e a senha a um homem que se passava por funcionário do banco no qual possuía conta. Porém, desta vez, o caso não teve um desfecho tão negativo para a idosa. Ao serem chamados, os policiais ficaram escondidos nas imediações da casa da vítima, até a chegada do suspeito, posteriormente identificado como H.V.T.S., de 22 anos. O estelionatário vinha na garupa de uma moto, com placa de Bauru, cujo condutor alegou desconhecer que participava de um golpe e que apenas prestava o serviço de mototáxi. O motociclista disse, ainda, que limpava a chácara na qual o suspeito e outras pessoas estavam hospedados. Questionado pela polícia, H.V.T.S. confessou que aplicava o golpe e recebia R$ 150 por dia para buscar os cartões das vítimas. Inclusive, ele admitiu que, momentos antes do flagrante, conseguiu obter o documento bancário de outra idosa, de 65 anos, moradora da Vila Seabra.

Outra vítima

Então, a PM se dirigiu até a residência da aposentada e confirmou a história. Orientada a conferir o extrato bancário, a idosa constatou que tinham sacado R$ 1,6 mil de sua conta, além do fato do cartão de crédito também ter sido utilizado. Em seguida, a polícia foi até a chácara locada pelo grupo, porém, não encontrou mais ninguém. Procurado, o proprietário do imóvel apresentou o contrato de locação, no nome de N.A.S., de 24 anos, e informou que esta era a segunda vez que concedia o espaço a essas pessoas. Pelas redes sociais, tanto o mototaxista quanto o dono da chácara reconheceram as fotos dos outros dois integrantes do bando. H.V.T.S. foi preso em flagrante acusado de estelionato e associação criminosa. De acordo com o delegado responsável pelo caso, há pelo menos 20 BOs registrados com a mesma maneira de agir da quadrilha.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: JCNET

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia de PE investiga novo golpe de cartão de crédito aplicado contra idosos

Sem Comentários

12/06/2017

A Polícia Civil de Pernambuco investiga uma quadrilha que vem aplicando uma nova modalidade de golpe em quem utiliza cartões de crédito. Para ter acesso a dados de vítimas, os bandidos telefonam para informar uma falsa compra de alto valor. Depois, vão até a casa da pessoa e se passam por funcionários da operadora. Solicitam a entrega do cartão e o preenchimento de um suposto termo para enviar o caso às autoridades. O principal alvo, segundo a polícia, são os idosos. No Recife, em 10 dias, ao menos 12 pessoas procuraram a delegacia. Conforme a delegada, titular da Delegacia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, os bandidos costumam ligar para o telefone fixo da vítima. Informam que as compras foram feitas em outros estados. A policial informa que os estelionatários pedem para a pessoa identificar a compra. Quando a vítima nega ter adquirido o determinado bem, eles oferecem o cancelamento do cartão. “Dizem para a pessoa ligar para a operadora, mas continuam na linha. Chegam a bloquear o celular, para que elas não recebam avisos das operadoras”, disse. Segundo a polícia, por meio de câmeras do circuito interno de segurança de residências e lojas, um suspeito foi identificado por duas vítimas, em diferentes estabelecimentos. Duas mulheres também são apontadas como integrantes do grupo. Para a polícia, os suspeitos podem ter acesso aos dados fornecidos pelas próprias vítimas a alguns serviços, que demandam informações sobre os clientes. De acordo com a delegada, a primeira dica para evitar esse tipo de golpe é ligar para a operadora do cartão, por meio de outro telefone. “A Polícia Civil ou operadoras de cartão não vão buscar cartões na casa de ninguém. As vítimas devem procurar a delegacia e, de preferência, levar a fatura com os horários, para que possamos ver se é o mesmo grupo agindo em toda a cidade”, disse.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Idosa perde R$10 mil em golpe do cartão de crédito em Araçatuba

Sem Comentários

27/04/2017

Na quarta-feira (26), em Araçatuba (SP), uma aposentada de 62 anos perdeu R$10 mil após cair no golpe do cartão de crédito. Segundo a polícia, a idosa recebeu uma ligação de um homem que dizia ser funcionário da operadora do cartão de crédito dela. O golpista disse para a aposentada que alguém estaria tentando fazer compras no nome dela e que para evitar o prejuízo ela deveria entregar o cartão e a senha para ele. O golpista mandou um mototaxista ir até a casa dela buscar o cartão. A aposentada entregou o cartão e horas depois desconfiou e descobriu que tinha caído em um golpe. O estelionatário já havia sacado os R$ 10 mil. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla é detida suspeita de tentativa de estelionato em João Pessoa, diz PM

Sem Comentários

21/03/2017

Um homem foi preso em Tambaú, orla de João Pessoa, enquanto tentava aplicar golpe em uma idosa de 93 anos, na tarde desta terça-feira (21). O suspeito que tem 33 anos e é estudante de gastronomia, se passou por funcionário de um banco e foi até a casa da idosa para pegar o cartão e dados dela. Ao chegar no local, a polícia foi acionada e o prendeu em flagrante. O suspeito delatou o nome de mais um integrante da quadrilha e a polícia conseguiu realizar a segunda prisão. “A quadrilha liga para a vítima, diz que seu cartão foi clonado e que um funcionário do banco irá até a sua residência para pegar o cartão e mais alguns dados da vítima, nesse caso uma aposentada”, relata um agente. “O suspeito será autuado por tentativa de estelionato, associação criminosa e ameaça, pois acabamos de receber informações que ligaram ameaçando a idosa”, completa. Ainda segundo a Polícia Militar da Paraíba, o homem de 33 anos faz parte de uma quadrilha e ele indicou o nome de mais um suspeito – apontado como autor da ligação no dia anterior para a vítima. Por volta das 16h30 desta terça, a PM conduziu um segundo suspeito de integrar essa quadrilha em João Pessoa para a Delegacia de Defraudações e Falsificações da Capital. Porém, segundo o delegado, a indicação era apenas uma estratégia do primeiro suspeito e só ele permaneceu preso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha faz três vítimas em um dia com golpe do cartão em Botucatu

Sem Comentários

09/08/2016

Em Botucatu (SP), na segunda-feira (08), a polícia prendeu em flagrante uma quadrilha que aplicava o golpe do cartão clonado. Conforme a polícia, em um dia, o grupo fez três vítimas que tiveram um prejuízo total de R$ 20 mil. A quadrilha agia em diversas cidades do estado de São Paulo e havia chegado a Botucatu há pouco tempo. Seis homens foram detidos. Todos os envolvidos são da capital paulista e estavam hospedados em um hotel da cidade. Em um dia, o grupo fez três vítimas que tiveram um prejuízo total de R$ 20 mil. Em posse da quadrilha foram apreendidos um carro, duas motocicletas, celulares, máquinas de cartões e quatro cartões de vítimas.

Golpe

No golpe do cartão clonado, os golpistas escolhem as vítimas em sites e listas telefônicas e ligam se passando por funcionários de uma agência bancária. Os criminosos informam, por telefone, que o cartão da vítima foi clonado e que um mototaxista vai até a casa dela para o bloqueio do cartão. A vítima cai no golpe ao inserir a senha da conta bancária na máquina.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso após aplicar golpe do cartão de crédito na Zona Norte de SP

Sem Comentários

15/07/2016

Em Brasilândia, um distrito situado na zona norte de São Paulo, um homem foi preso após enganar uma aposentada de 70 anos com o golpe do cartão de crédito. De acordo com a polícia, o golpista, de 27 anos, foi detido enquanto fazia compras. Ele chegou a usar mais de R$ 12 mil do cartão da vítima. O sujeito, que trabalha em uma central de telemarketing, convencia a vítima que seu cartão estava clonado. Ele pediu para a senhora quebrar o cartão e enviou um motoboy para recolher. Após colar o cartão, ele tinha um aplicativo que decodificava a senha.

Anterior