Idosa acredita em supostas médica e analfabeta e perde R$ 10 mil no golpe do bilhete premiado

Sem Comentários

28/07/2017

Uma idosa de 76 anos perdeu R$ 10 mil no golpe do bilhete premiado aplicado por duas mulheres que se passaram por uma médica e uma analfabeta. O caso foi registrado como estelionato na Delegacia Participativa da Polícia Civil, em Presidente Prudente (SP). A vítima foi abordada, por volta das 12h desta quinta-feira (27), por uma moça que aparentava ser humilde, que se dizia analfabeta e que teria um bilhete de loteria premiado, mas precisava de ajuda para receber o dinheiro. Em determinado momento, outra moça, se dizendo médica, se aproximou das duas em um veículo Ford Focus, de cor branca, e “confirmou” o prêmio utilizando um celular. A suposta médica ainda ligou para uma pessoa, que se dizia gerente do banco e que confirmou para a vítima que o bilhete estava premiado. Quando a vítima disse que tinha de sair, a pessoa disse que precisaria de duas testemunhas e que a idosa deveria acompanhá-las. Ao saber que estava premiado, a suposta analfabeta disse que não queria o prêmio, porque “era testemunha de Jeová e não aceitava dinheiro de jogo” e pediu para que a idosa e a suposta médica lhe dessem certa quantia em dinheiro e ficassem com o bilhete. Segundo o registro policial, a vítima pegou R$ 10 mil em dinheiro e deu para a mulher humilde, enquanto que a médica disse para a vítima pegar os documentos. A idosa chegou a convidar as golpistas para entrar em sua residência, mas as mulheres se recusaram e disseram que esperariam do lado de fora. Quando a vítima retornou, as duas mulheres, o carro e o dinheiro haviam sumido. A vítima ligou para o banco e confirmou que o gerente com quem havia conversado não existe. O caso foi registrado como estelionato e a Polícia Civil o investiga.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso por estelionato em São Caetano

Sem Comentários

12/06/2017

Em São Caetano (SP), na última quinta-feira (08), um homem foi preso por tentar golpe de estelionato, oferecendo um bilhete falso de loteria a um idoso. Policiais faziam patrulhamento pelo local e foram avisados do comportamento estranho dos indivíduos. Os PMs encontraram um bilhete de loteria adulterado para parecer premiado, em uma lixeira. A vítima conta que o homem iniciou a conversa pedindo informação sobre uma rua, e em seguida outro sujeito se apresentou como advogado e passou a fazer parte da conversa. O sujeito então mostrou o bilhete adulterado afirmando que não sabia como fazia para receber o prêmio. O comparsa confirmou a validade do bilhete e saiu do local. Logo em seguida a PM flagrou o crime. O caso foi registrado na Delegacia sede do município com agravante devido a idade da vítima.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: São Caetano.Info

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Três pessoas são presas por golpe do bilhete premiado na região noroeste paulista

Sem Comentários

08/06/2017

Foram presas em flagrante nesta quinta-feira (08), três pessoas suspeitas de aplicarem o golpe do bilhete premiado na região noroeste paulista. A prisão foi na rodovia Marechal Rondon, em Guaraçaí (SP). De acordo com a Polícia Civil de Jales (SP), os suspeitos já estavam sendo investigados. A quadrilha, que é composta por uma mulher de 49 anos, e dois homens, de 41 e 51 anos, aplicou o golpe em Jales, onde conseguiu levar R$ 3 mil de uma vítima. Outro golpe foi aplicado em Castilho (SP), onde levaram R$ 5,9 mil de uma idosa. A mulher foi encaminhada para cadeia de Lavínia (SP). Os homens foram levados para cadeia de Pereira Barreto (SP).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso por estelionato em São Caetano

Sem Comentários

02/06/2017

Em São Caetano, nesta quinta-feira (1º), a polícia prendeu um homem que tentou aplicar um golpe de estelionato em um idoso com um bilhete falso de loteria. Por volta das 15h30, policiais faziam o patrulhamento a pé pela Rua Baraldi quando foram informados sobre dois indivíduos – um jovem e um idoso – se portando de maneira suspeita. No local indicado, os agentes perceberam que os indivíduos, ao verem a presença policial, entraram em um comércio. Os dois foram abordados e os PMs encontraram, em uma lixeira, um envelope contendo um bilhete de loteria adulterado, que foi montado com duas metades fazendo-o parecer que estava premiado. Após breve entrevista foi verificado que o mais jovem tentava aplicar o golpe no idoso, de 72 anos. Segundo a vítima, o homem iniciou a abordagem perguntando sobre a localização de uma rua e em seguida um outro provável comparsa se apresentou como advogado e passou a participar da conversa. Nesse instante o infrator mostrou o bilhete para verificar se estaria de fato premiado e que não sabia como faria para receber o prêmio. O suposto advogado atestou sobre a validade do bilhete e saiu do local em seguida. Foi quando, logo depois, chegou a polícia e frustrou o crime. O caso foi registrado na Delegacia Sede de São Caetano como estelionato tentado com agravante devido à vítima ser idosa.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário do Grande ABC

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quatro são presos em Jaú por tentar aplicar golpe do bilhete premiado em mulher

Sem Comentários

31/05/2017

Em Jaú (SP), nesta quarta-feira (31), quatro pessoas foram presas depois de tentar aplicar o golpe do bilhete premiado em Barra Bonita. De acordo com a polícia, eles abordaram uma mulher próximo às agências bancárias e disseram ter um bilhete premiado no valor de R$ 5 milhões. Os suspeitos disseram que precisariam de R$ 30 mil e o documento da idosa para conseguir retirar o prêmio. Testemunhas ouviram a conversa e questionaram os casais, que desistiram da abordagem e fugiram em um carro. A placa do veículo foi informada à Polícia Militar e os quatro suspeitos foram abordados em Jaú. Com eles foi encontrada uma grande quantia em dinheiro, em reais e também em dólares. Os dois homens e as duas mulheres foram encaminhados à Central de Polícia Judiciária de Jaú e presos em flagrante por tentativa de estelionato e formação de quadrilha.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Aposentada perde empréstimo de R$ 2 mil em golpe

Sem Comentários

22/05/2017

Em Araçatuba (SP), uma aposentada, de 74 anos, perdeu R$ 2 mil no golpe do bilhete premiado na manhã desta segunda-feira (22). Ela havia acabado de fazer um empréstimo e sacado o dinheiro. A vítima contou à polícia que, ao sair da agência bancária, na praça Rui Barbosa, foi abordada por um desconhecido, que estava com um cartão dizendo que tinha R$ 5 milhões em sua conta. O suspeito estava acompanhado de outro homem, que se ofereceu para sacar o valor, mas o que estava com o cartão disse que não confiava nessa pessoa. Ele então pediu à aposentada que fosse à agência para fazer o resgate do prêmio e que daria a ela R$ 10 mil e outros R$ 10 mil ao outro golpista, que foi até uma casa lotérica nas imediações e voltou dizendo que o cartão realmente tinha R$ 5 milhões.

Ação

Os suspeitos pegaram os R$ 2 mil da vítima, colocaram dentro de uma bolsa com o cartão, amarraram e pediram para a mulher ir à agência sacar o dinheiro, enquanto a aguardariam em uma loja. Quando ia ao banco, a mulher desconfiou do fato de os suspeitos terem amarrado a bolsa e resolveu abri-la. Para a surpresa dela, só havia jornais velhos e o dinheiro tinha desaparecido. Ela retornou ao local, mas os homens haviam desaparecido.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Folha da Região

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla é presa tentando aplicar golpe do bilhete premiado

Sem Comentários

11/05/2017

Na tarde de quarta-feira (10), em Penápolis (SP), dois homens, de 53 e 42 anos, moradores de Rio Claro foram presos em flagrante, tentando aplicar o golpe do bilhete premiado em uma vendedora, de 69 anos. A vítima desconfiou que estava sendo explorada pelos criminosos e ligou para seu filho, que acionou a Polícia Militar. A dupla, segundo o boletim de ocorrência, abordou a vítima no Centro, e disse que precisava de ajuda, já que estava tinha um bilhete de loteria premiado. Enquanto conversavam, o comparsa se aproximou e, se apresentado como médico cardiologista, falou que poderia ajudá-los, mostrando a carteira que carregava, contendo dólares. O primeiro estelionatário, que supostamente seria o ganhador, disse que daria uma recompensa aos dois, mas pediu uma garantia até que o prêmio fosse resgatado.

LIGAÇÃO

A princípio, a vendedora concordou e entrou no carro do falso médico. Com o veículo, foram até o Centro. A vítima foi sozinha até uma agência bancária próximo a uma praça. Desta agência, ela sacaria R$ 4 mil e mais R$ 1 mil em outro banco, porém acabou desconfiando da atitude dos acusados e ligou para o filho, que lhe alertou sobre o possível golpe, pedindo que ela aguardasse no local que ele chamaria a polícia. Com a comunicação feita à PM e, para não despertar suspeitas e fuga dos criminosos, foi solicitado apoio da equipe Civil do 1º Distrito Policial. De forma descaracterizada, os investigadores foram ao local indicado e fizeram a abordagem dos suspeitos, que aguardavam no local o retorno da vendedora. Perguntados, a dupla confessou que estava em Penápolis para aplicar o golpe. Levados ao 1º DP, eles prestaram esclarecimentos e foram encaminhados para a cadeia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Folha da Região

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo