Idoso cai em golpe do bilhete premiado e tem prejuízo de R$ 7,8 mil, em Presidente Prudente

Sem Comentários

14/04/2019

Um idoso, de 82 anos, sofreu um prejuízo de R$ 7.850 após ser vítima de um golpe, em Presidente Prudente. O caso foi registrado na Delegacia Participativa da Polícia Civil como estelionato neste sábado (13). A vítima informou que foi abordada por uma mulher na Rua Paulo Marques, que lhe pediu informações. Em seguida, outra pessoa, do sexo masculino, encostou e passaram a conversar sobre um bilhete que teria sido premiado. Segundo o registro da ocorrência, a vítima foi envolvida na conversa, pois foi oferecida a quantia de R$ 150 mil para cada um. O idoso alegou que não sabia ler e escrever, mas possuía R$ 7.850. Então, a tal mulher disse que para ganhar o dinheiro do prêmio, era preciso provar que ele realmente tinha o dinheiro. A mulher seguiu até a casa da vítima. Ambos foram seguidos por um indivíduo em um veículo.

No interior da casa da vítima, a mulher somente declarou para a filha do idoso que iria ver um terreno. Posteriormente, a mulher e a vítima saíram rumo a uma agência bancária com um cartão em mãos. Assim que o idoso voltou para casa, informou à filha que havia levado um golpe da mulher e, então, a polícia foi comunicada. De acordo com o registro, a vítima contou que em vários locais há câmeras de segurança. Foi entregue à golpista a quantia de R$ 7.850.

Presa quadrilha que aplicava golpe do bilhete premiado no Vale do Sinos

Sem Comentários

08/03/2019

Na quinta-feira (07), agentes da 2ª Delegacia de Polícia de São Leopoldo prenderam quatro integrantes de uma quadrilha que estaria agindo desde o início do ano no Vale do Sinos aplicando o chamado golpe do bilhete premiado. Dois suspeitos foram detidos no município depois de lesar uma idosa em R$ 10 mil. Outros dois fugiram, mas foram presos pela Polícia Civil em Passo Fundo, no norte do Estado, no final do dia. O delegado responsável pela investigação diz que o grupo estava sendo monitorado desde janeiro, quando teria ocorrido o primeiro dos pelo menos cinco golpes aplicados no Vale do Sinos. Segundo ele, os presos na ação são três homens da região de Lages, em Santa Catarina, e uma mulher de Passo Fundo. Conforme a investigação, o grupo agiria por até dois meses em uma localidade e, em seguida, voltava para o Estado vizinho. Depois, quando gastava o dinheiro roubado das vítimas, escolhia uma nova região para atacar. A polícia confirmou que o grupo conseguiu dar golpes em pelo menos cinco vítimas em um valor estimado de R$ 50 mil. A maior parte do dinheiro foi recuperada, inclusive os R$ 10 mil levados nesta quinta-feira de uma idosa de 76 anos. O delegado afirma que todas as vítimas do Vale do Sinos são idosas e foram abordadas perto de agências bancárias, após terem feito algum tipo de movimentação bancária. As prisões só foram divulgadas na sexta-feira (08), após agentes de São Leopoldo terem confirmado a prisão dos integrantes da quadrilha em Passo Fundo.

Mulher de 63 anos perde ao menos R$ 73,6 mil em golpe do ‘bilhete premiado’

Sem Comentários

22/02/2019

Na manhã desta quinta-feira (21), em Presidente Prudente (SP), uma idosa, de 63 anos, perdeu ao menos R$ 73,6 mil no golpe do “bilhete premiado”. Conforme o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil, a vítima contou que fez cinco transferências bancárias para uma conta, que no total somam R$ 73.680. Além disso, ela diz ter ido a “várias agências bancárias” com dois golpistas e a uma casa de câmbio localizada em um shopping da cidade, onde sacou dólares. No boletim de ocorrência não consta se ela sacou dinheiro dessas “várias agências bancárias”, nem diz o valor, em dólar, que ela entregou aos farsantes.

Passo a passo do golpe

Informações extraídas do boletim de ocorrência.

1. Vítima é abordada por um estranho, que se identifica como “PT”, no calçadão de Presidente Prudente. Ele diz a idosa que tem um bilhete premiado da Mega Sena, no valor de R$ 1,6 milhão. Ele afirma a idosa que, se ela ajudar a receber o prêmio, será “premiada” recebendo R$ 120 mil.

2. Surge o segundo criminoso, que passa a acompanhar a conversa. Ele “comprova” que o bilhete é realmente premiado.

3. Os dois então, passam a convencer a vítima de que, para receber os R$ 120 mil, ela precisa sacar um dinheiro da sua conta e entregar a eles, para provar que ela “era uma pessoa boa e confiável”.

4. A vítima e os dois bandidos vão, de carro (de um dos autores), a várias agências bancárias e a um shopping de Presidente Prudente. No centro comercial a idosa sacou dólares e deu aos estelionatários. A quantia entregue não foi informada. Não consta, no BO, se ela sacou dinheiro nessas “várias agências bancárias” percorridas pelos três.

5. Em cinco transferências bancárias, feitas eletronicamente, a vítima transfere R$ 73.680 para uma conta bancária indicada pelos golpistas.

6. Os autores levam a vítima até casa dela para pegar um comprovante de residência, e enfim, depositar os R$ 120 mil prometidos. Eles informam que para receber o valor ela precisa abrir uma conta em um banco.

7. Ao sair da residência, a vítima não vê mais os dois homens. E percebe que caiu em um golpe.

Idosa cai no golpe do ‘bilhete premiado’ em Bauru e perde R$ 11,5 mil

Sem Comentários

14/02/2019

Nesta quinta-feira (14), em Bauru, uma idosa de 67 anos caiu no golpe do “bilhete premiado” e perdeu cerca de R$ 11,5 mil. A vítima andava pela rua Rio Branco quando foi abordada por um homem branco, magro e baixo, que começou a questioná-la sobre uma pessoa que iria dar dinheiro por um bilhete de loteria que estava com ele, conforme relata o boletim de ocorrência (BO). Logo após, surgiu um segundo desconhecido, descrito como branco, alto, magro e bem vestido, que entrou na conversa e, através de uma ligação telefônica, teria “confirmado” que o bilhete seria de fato “premiado”. O primeiro homem disse para a idosa e para o segundo desconhecido que daria R$ 100 mil para cada um para que eles o ajudassem a pegar o prêmio. Em troca, no entanto, ele exigiu que ambos deixassem certa quantia em dinheiro como prova de que não iriam enganá-lo. O homem bem vestido entregou um pacote para o suposto portador do “bilhete premiado”, alegando que ali havia a quantia de R$ 20 mil. Enquanto isto, a idosa realizou três saques em agências bancárias, no total de R$ 11,5 mil, e também entregou o dinheiro. Em determinado momento, o segundo bandido pediu que a idosa comprasse um lanche para o outro homem, que estaria com fome. Quando ela voltou para entregar o alimento, os dois tinham sumido. Somente nessa hora a vítima percebeu que tinha caído em um golpe. Nenhum suspeito foi identificado até o momento e a Polícia Civil investiga o caso.

Mulher é vítima de estelionato em PG

Sem Comentários

29/01/2019

Na manhã dessa segunda-feira (28), o golpe do bilhete premiado causou mais uma vítima em Ponta Grossa. O crime ocorreu por volta das 9h30 no Centro da cidade. Informações da Polícia Militar dão conta que dois indivíduos disseram para uma mulher que ganharam uma determinada quantia, com a promessa de dividir o valor com ela. Para que a vítima pudesse ter acesso a parte do dinheiro, os criminosos apontaram que ela precisaria sacar determinado valor na agência bancária. A mulher, que acreditou na história, realizou o pagamento com quatro saques diferentes, em agências distintas, conforme aponta o relatório da PM. Os bandidos ainda roubaram o celular da vítima.

Idosa perde R$ 40 mil após cair no golpe do falso bilhete premiado

Sem Comentários

23/01/2019

Após cair no golpe do falso bilhete premiado, uma idosa de 73 anos perdeu R$ 40 mil. Os estelionatários abordaram a pensionista na manhã desta quarta-feira (23), na rua General Glicério, no Centro de Rio Preto. Conforme relatos da vítima à polícia, um homem a abordou na rua e eles começaram a conversar. No meio da conversa, ele afirmou à idosa que tinha que ir receber um dinheiro porque seu bilhete tinha sido sorteado. Segundo a pensionista, em um determinado momento outro homem se aproximou e afirmou que iria ajudar o rapaz levando ele e a idosa até o local indicado para retirar o dinheiro. Esse segundo suspeito levou os dois para o seu carro e eles pediram que a idosa fizesse vários saques. A vítima acabou sacando o dinheiro, totalizando R$ 40 mil, e entregou aos estelionatários. Só depois que ela repassou a quantia percebeu que era um golpe. A idosa registrou boletim de ocorrência de estelionato e foi orientada à ir até a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) para ver se reconhece os suspeitos. O caso segue em investigação.

Idosa perde R$ 5 mil ao cair no golpe do bilhete premiado

Sem Comentários

17/01/2019

Na tarde desta quarta-feira (16), em Marechal Cândido Rondon (PR), uma idosa caiu no golpe do bilhete premiado e foi orientada pela Polícia Militar a prestar queixa. A mulher relatou que estava próximo a uma praça, quando foi abordada por um casal que comentou que precisava de R$ 10 mil para retirar um valor que foi sorteado a eles por meio do bilhete. Com a promessa que receberia R$ 20 mil, a idosa deixou o celular dela com os criminosos e foi até uma agência bancária de onde sacou R$ 5 mil e entregou aos estelionatários. Logo na sequência, ela seguiu até uma agência bancária para fazer a retirada do que faltava, quando a caixa perguntou o que ela faria com o dinheiro. Ao perceber o golpe, a caixa acionou a Polícia Militar que em posse das características fez buscas pelos falsários. A dupla não foi localizada e um boletim de ocorrência foi registrado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: CGN

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior