Mulher cai em golpe e perde R$ 3 mil em Brusque

Sem Comentários

12/01/2018

No Centro de Brusque (SC), por volta das 14h30 desta quinta-feira (11), uma mulher de 26 anos foi vítima de um golpe conhecido como “golpe do achadinho”. De acordo com o boletim de ocorrência registrado nesta sexta-feira, ela estava em uma Lotérica, quando um homem deixou um suposto pacote de dinheiro cair no chão. Neste momento, ela e outro homem, que fazia parte do golpe, alertaram o dono do pacote. Foi prometida uma recompensa aos dois por terem encontrado o dinheiro. Para isso, a mulher teve que deixar sua bolsa como garantia, e ir entregar o pacote de dinheiro a um suposto “patrão”, que seria o verdadeiro dono do dinheiro. A mulher foi até o local indicado, não encontrou ninguém, e ao retornar, não encontrou mais os dois homens. No pacote, havia apenas pedaços de papel, Além de seus documentos, havia R$ 3 mil em espécie na sua bolsa furtada.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O Município

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Idosa acredita em recompensa após achar envelope e perde R$ 1,7 mil, em RO

Sem Comentários

10/08/2017

Na última terça-feira (08), na região central de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, uma idosa de 62 anos caiu em um golpe e perdeu R$ 1,7 mil. Segundo a Polícia Militar, duas mulheres abordaram a vítima após ela encontrar um envelope com papéis semelhantes a dinheiro e pediram para ela entrar em uma loja para pegar uma recompensa e deixar a bolsa com elas. Os policiais foram solicitados a comparecer para atender um caso de estelionato. Na localidade, a vítima relatou que caminhava pela via e quando entrou no estabelecimento avistou um envelope com papéis semelhantes a dinheiro. Ao pegar o envelope, duas mulheres surgiram no local, se aproximaram da vítima e pediram para ela deixar a bolsa com elas e depois adentrar em uma loja para pegar uma recompensa de R$ 100 por ter achado o envelope. A idosa acreditou no que as suspeitas falaram, deixou a bolsa que carregava com elas e entrou na loja para averiguar a recompensa. Entretanto, a vítima constatou que havia caído em um golpe e retornou até a rua para procurar as duas mulheres, mas não encontrou nenhuma das suspeitas. A idosa disse aos policiais que dentro da bolsa havia R$ 1,4 mil em dinheiro e R$ 300 em cheque, além de cartões bancários e documentos pessoais. A PM realizou buscas pelas proximidades, mas nenhuma das suspeitas foi encontrada. O caso foi registrado como estelionato na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Ariquemes, onde a Polícia civil investiga o crime.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Jovem saca R$ 4,2 mil de FGTS e perde tudo ao cair em golpe

Sem Comentários

21/05/2017

Em Cacoal (RO), um homem de 28 anos perdeu R$ 4,2 mil do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) depois de cair no golpe da falsa recompensa, no começo deste fim de semana. Ao sair da agência, a vítima percebeu quando um homem de aproximadamente 50 anos deixou cair um embrulho parcialmente aberto, com várias notas de R$ 100. Para ajudar, pegou o pacote e devolveu ao suspeito. No entanto, logo em seguida, um outro suspeito apareceu e começou a elogiar a atitude, incentivando o suposto dono do embrulho a oferecer uma recompensa de R$ 100 à vítima. Para que o rapaz pudesse receber o valor, os suspeitos deixaram com ele o embrulho e duas promissórias assinadas, uma no valor de R$ 3,9 mil e outra de R$ 4,5 mil. A vítima, então, entregou aos suspeitos a carteira com todo o dinheiro que havia sacado, documentos pessoais e cartões bancários. Com a carteira em mãos, os dois homens saíram do lugar para buscar a recompensa, mas não voltaram. Somente depois de um tempo a vítima se tocou e percebeu que havia caído em um golpe. O embrulho que ele segurava era formado por papel branco revestido por apenas uma nota verdadeira de R$ 100. A delegacia da região investiga o caso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: R7

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem cai no golpe do ‘achadinho’ e perde R$ 5 mil em Canoinhas

Sem Comentários

08/03/2017

No centro de Canoinhas (SC), nesta terça-feira (07), a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de estelionato. O chamado golpe do ‘achadinho’ fez como vítima um homem, de 31 anos, após o mesmo ter sacado determinada quantia no interior de uma agência bancária. Ele retirou R$ 5.700 e, quando estava saindo do banco, outro homem, que estava mais a frente, derrubou um papelote com dinheiro no chão.  Uma terceira pessoa, que estava ao lado da vítima, juntou o pacote e afirmou que ali estava uma grande quantidade de dinheiro. Neste momento, o homem que derrubou retornou ao banco e descreveu à vítima que no papelote estariam R$ 12.000 em espécie. Os estelionatários deixaram este pacote com a vítima e pegaram dela o que continha os R$ 5.700. A explicação dada pela dupla era fornecer uma recompensa ao homem, já que ele tinha encontrado e devolvido o pacote. A dupla saiu da agência bancária, deixando um endereço falso com a vítima. Minutos depois, o homem foi conferir a sua recompensa e viu que havia somente R$ 50 dentro do papelote, o restante do volume era papel. Foi feito o boletim de ocorrência. A polícia realizou rondas na região, mas os autores não foram localizados.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: A Notícia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Casal suspeito de tentar aplicar golpe é preso dentro de agência bancária em Maringá

Sem Comentários

26/04/2016

Na tarde desta segunda-feira (25), foi detido um casal suspeito de tentar aplicar o chamado “golpe do achadinho” em uma agência bancária no Centro de Maringá. Conforme a Polícia Militar, o homem e a mulher já tinham sido observados e flagrados em câmeras de bancos de Mandaguaçu, Marialva e Sarandi, na região metropolitana de Maringá. Os dois foram flagrados após denúncia de funcionários do banco. A dupla estava com notas de dinheiro cobrindo folhas de papel. Ambos estariam tentando aplicar o chamado “golpe do achadinho”, mas o modo como agiam não foi informado. Em geral, esse tipo de estelionato é praticado por dois criminosos, que ficam observando os clientes. Quando veem um deles fazendo um saque de valor alto, fingem que deixaram cair no chão um pacote com muito dinheiro – na verdade, folhas de papel, que são envoltas em notas de dinheiro. Os golpistas então prometem uma recompensa que a vítima precisa ir buscar em outro lugar, e pedem uma garantia. A pessoa repassa um valor, e somente depois percebe que nada vai receber. A ocorrência foi encaminhada à delegacia de Polícia Civil.

Idosa é vítima de estelionato após cair em golpe de carteira achada no chão

Sem Comentários

27/01/2016

Uma aposentada de 70 anos foi vítima de estelionato, na tarde de terça-feira (27), após devolver uma carteira que achou no chão de uma loja no Centro de São José do Rio Preto (SP). Segundo o boletim de ocorrência, a idosa estava dentro de uma loja de eletrodomésticos, quando viu a carteira de um rapaz cair do bolso dele e tentou devolvê-la. Conforme os policiais, a aposentada chegou a pegar a carteira do chão e chamou o homem para devolver. Com a carteira em mãos, o homem agradeceu o gesto da aposentada e disse que iria gratificá-la pela boa ação. Em seguida, um segundo rapaz se aproximou para dar suporte ao golpe. O suspeito entregou para a aposentada uma nota promissória assinada no valor de R$ 4,8 mil e um vale no valor de R$ 200, mas para receber o dinheiro, a idosa teria de ir até o escritório do rapaz. A vítima e os dois suspeitos foram até o suposto escritório e, na sala de espera, a idosa foi orientada a deixar a bolsa na recepção. Enquanto aguardava em uma sala separada, a aposentada teve a bolsa furtada pelos criminosos. Na bolsa estavam os documentos pessoais dela, além de cartões de créditos e um celular. A vítima foi orientada a ir até a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Rio Preto para fazer o reconhecimento por meio do álbum fotográfico da delegacia. Ninguém foi preso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Policial Militar mostra, em vídeo, golpe que prende o cartão dentro do caixa eletrônico

Sem Comentários

02/08/2015

A Polícia Militar está chamando a atenção de clientes de bancos para dois golpes que vêm ocorrendo principalmente nos finais de semana e durante o expediente de trabalho. Há registro de casos semelhantes em todo o Estado. Em Joinville, um policial militar retirou uma peça de plástico que os golpistas encaixam no caixa de autoatendimento, no local por onde o cliente insere o cartão.

O golpe funciona da seguinte forma: o cliente insere o cartão e não consegue completar a operação porque ele trava na máquina. Apavorado, o correntista começa a apertar as teclas na tentativa de soltar o cartão, mas não consegue. Nesse meio tempo entra em cena o golpista, que pede calma. Ele mostra um número 0800 fixado em um adesivo no caixa. O telefone é falso e não corresponde ao atendimento do banco. Do lado da linha um segundo golpista fala que não está ouvindo muito bem e orienta a pessoa a sair do banco para que a ligação fique melhor. O golpista pede o CPF, o número da conta e a senha alegando que precisa destes dados para desbloquear o caixa. Enquanto isso, o comparsa que está no banco retira o encaixe de plástico e furta o cartão. Quando o cliente retorna ao caixa eletrônico percebe o golpe.

 Golpe do achadinho

 O segundo golpe registrado com frequência ocorre dentro da agência bancária, na fila do caixa, é o chamado “Golpe do Achadinho”. Uma pessoa deixar cair, de propósito, um envelope cheio de papéis em formato de dinheiro, com apenas duas notas de R$ 50. O cliente que está na fila, atrás do estelionatário junta e entrega para ele. O golpista agradece, diz que ali estão R$ 50 mil e promete uma recompensa. Após alguns minutos de conversa, ele diz que vai buscar a recompensa. Deixa o envelope com o suposto dinheiro e o número da conta para depósito, mas como garantia pede a carteira da vítima. O cliente entrega o que o suspeito pede e mais tarde percebe que caiu no golpe.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Notícias do Dia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior