Homem tenta dar golpe em banco, transfere R$ 38 mil, mas acaba preso

Sem Comentários

08/10/2019

Um homem de 37 anos foi preso em uma agência bancária no centro de Cuiabá (MT) ao tentar fazer duas transferências nessa sexta-feira (4). A prisão em flagrante aconteceu porque o gerente desconfiou da situação, já que o homem tinha movimentado mais de R$ 38 mil. O gerente informou que o suspeito já havia ido na agência ao longo da semana. O homem esteve no local na quinta-feira, com a identidade de outra pessoa, mas que continha sua foto. Na ocasião, ele teria feito um saque de R$ 5 mil no caixa e duas transferências: uma de R$ 23 mil e outra de R$ 15 mil. Na sexta-feira, ele retornou ao banco para três novas transferências. Diante da movimentação volumosa de dinheiro, o gerente desconfiou que o homem pudesse estar com um documento falso e acionou a polícia. Quando a equipe chegou e abordou o homem, encontrou em bolso uma carteira de habilitação e uma anotação de três contas bancárias para as quais ele iria fazer a transferência. Os militares também chegaram a entrar em contato com uma vítima, que afirmou que já tinha percebido o acontecido e que havia registrado boletim de ocorrência. O homem foi preso e levado para a delegacia. Ele deverá responder por estelionato, falsificação de documentos e falsidade ideológica.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Olivre

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça:

Preso acusado de aplicar golpe de R$ 4 milhões

Sem Comentários

18/07/2019

Nesta quinta-feira (18), a Polícia Civil prendeu um homem acusado de praticar fraudes no valor de R$ 4 milhões na Paraíba. O prejuízo foi praticado por meio de crimes de estelionato e golpes contra bancos. o acusado teve a prisão preventiva decretada pela justiça, após investigações comprovarem que ele constituiu diversas empresas utilizando documentos falsos para fraudar a arrecadação estadual. As investigações da Polícia Civil ainda comprovaram que as empresas eram utilizadas para a captação de empréstimos bancários e financiamentos, configurando, além das fraudes fiscais, o crime de estelionato.

O preso foi submetido a exame de corpo de delito e recolhido à carceragem da Polícia Civil, onde permanecerá até ser apresentado ao Poder Judiciário, em audiência de custódia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: MaisPB

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.