Idosa é presa por apresentar documento falso em banco

Sem Comentários

02/09/2019

Nesta quinta-feira (29), uma idosa foi presa em Alagoas, após apresentar um documento falso em uma instituição financeira. Após suspeitar da autenticidade do documento o funcionário do banco solicitou um períto da instituição financeira para que avaliasse o documento, onde após suspeitas de fraude o funcionário aciounou a Polícia Militar. Ao chegarem no banco os militares efetuaram a prisão da idosa, por estelionato, agora ela está a disposição da justiça. Segundo o 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o fato foi registrado por volta das 15h30, na Rua do Sol.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Alagoas 24 horas

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça:

Polícia prende suspeito de praticar golpes em bancos de Rio Preto

Sem Comentários

03/09/2014

Um homem foi preso nesta quarta-feira (03), pela polícia de São José do Rio Preto (SP), suspeito de fazer parte de uma quadrilha que praticava golpes contra bancos na cidade. Foram apreendidos também cheques, cartões de crédito e documentos de veículos. Ele foi abordado por policiais civis dentro de uma agência, quando tentava retirar dinheiro para fazer financiamento de dois caminhões. Segundo o próprio indiciado, o prejuízo causado ao banco foi de R$ 500 mil. A polícia investiga a participação de outras três pessoas que atuavam como laranjas no esquema.

Homem é preso suspeito de aplicar golpes de estelionato em Sorocaba

Sem Comentários

04/06/2014

Foi preso nesta quarta-feira (04) um homem de 31 anos suspeito de praticar golpes de estelionato em Sorocaba (SP) e região. Segundo a Guarda Civil Municipal, ele foi flagrado quando tentava sacar dinheiro em um banco com documentos falsos. O gerente da agência percebeu que havia algo errado quando o rapaz ficou nervoso ao entregar o RG. Ele tentou fugir, mas foi alcançado por uma equipe das rondas municipais. De acordo com a Guarda Municipal, uma das vítimas teve um prejuízo de aproximadamente R$ 3,5 mil e o reconheceu na delegacia. Ele foi levado para o Plantão da Zona Sul e vai responder pelos crimes de estelionato e uso de documento falso.

Polícia do DF cumpre mandados em mineradora do Tocantins após golpe

Sem Comentários

05/06/2014

Nesta quarta-feira (04) uma operação da Polícia Civil do Distrito Federal, que investiga a aplicação de um golpe em uma instituição bancária entre 2012 e 2013, por meio de consórcios e empréstimos fraudulentos, resultou em mandados de busca e apreensão em uma mineradora localizada na zona rural de Natividade (TO). O município fica a 218 km de Palmas. A polícia acredita que pelo menos R$ 500 mil, dos cerca de R$ 20 milhões desviados na fraude, foram investidos na empresa de mineração. Os agentes da Divisão de Operações Especiais (Deco) apreenderam três caminhões e uma máquina no local. “Alguns desses veículos estão aqui sem condições de transitar, então foi feito um auto de depósito. Eles foram apreendidos mas na sequência depositados aqui em nome do gerente que tem o dever de dizê-los, não pode dispor deles até que a instituição bancária venha buscá-los”, explicou o delegado responsável pela operação. Os policiais também cumpriram mandado de busca em uma casa, na área urbana da cidade. Conforme o delegado, era onde funcionava a contabilidade da empresa de mineração. “Havia a suspeita de que dois [suspeitos] estavam aqui, embora tivéssemos vindo para cá com o objetivo de realizar as buscas e apreensões, mas isso não aconteceu”, esclarece. O objetivo da polícia com a operação era prender seis ex-gerentes e ex-funcionários suspeitos de aplicar o golpe no banco. No entanto, apenas duas pessoas foram presas até o momento. Além deles, sete pessoas foram levadas à delegacia para prestar depoimento.