Polícia faz operação para prender quadrilha de estelionatários no Rio

Sem Comentários

27/11/2013

A Polícia Civil fez uma operação nesta quarta-feira (27) para cumprir sete mandados de busca e apreensão nas casas de suspeitos de integrar uma quadrilha de estelionatários. Eles aplicavam golpes de em comerciantes. O chefe da quadrilha foi preso em flagrante na semana passada quando tentava aplicar o golpe em uma loja na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Os estelionatários aproveitavam um momento de distração dos vendedores. “Eles entram em grupo, às vezes em dois, três e por muitas vezes até sete pessoas, fazem compras e em seguida passam o cartão de crédito, digitam a senha e quando a compra está autorizada um dos integrantes da quadrilha distrai o vendedor. Ela se afasta da máquina e neste momento eles pegam o cartão de crédito e fazem o estorno”, explicou a delegada.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Notícias relacionadas:

Polícia busca documentos contra quadrilha de estelionatários no Rio

MPE apura fraude de R$ 1,7 bi com comércio de café no ES

Sem Comentários

26/11/2013

O MPE/ES explica que diversas empresas capixabas do setor de café recebiam créditos fictícios de ICMS de outras Unidades Federativas, principalmente do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, ao simularem operações de entrada de sacas de café oriundas de empresas “de fachada”. Segundo o MPE/ES, há fortes indícios de que a constituição das empresas “de fachada”, em nome de “laranjas”, contava com a participação de servidores públicos do Estado do Rio de Janeiro, que recebiam pagamento mensal de propina. A operação contava com apoio e intermediação de corretores de café e contadores, que visitavam escritórios administrativos das empresas capixabas, apresentando a fraude aos sócios e administradores. As empresas pagavam mensalmente pelas notas fiscais frias e por uma série de documentos adulterados para abater impostos junto ao Fisco capixaba. Os crimes investigados estão previstos nos artigos 288 (associação criminosa), 298 (falsidade de documento público e particular), 299 (falsidade ideológica), 317, ? 1º (corrupção passiva), art. 158, ? 1º (extorsão), todos do Código Penal Brasileiro (CPB), além do art.1º da Lei 8137/90 (sonegação fiscal) e Lei nº 9613/98 (lavagem de dinheiro).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Estadão

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Falso advogado é preso suspeito de estelionato no TJ-PI

Sem Comentários

02/11/2013

Segundo a polícia, um homem é suspeito de aplicar diversos golpes no interior do estado do Piauí, usando identidades falsas e se passando por advogado. Ele foi preso quando tentava aplicar um golpe de R$ 30 mil em uma pessoa que mora na cidade de Lagoa Alegre, a 77 km de Teresina. Segundo o major da PM, os comerciantes são as principais vítimas do falso advogado. “O homem dizia ser advogado para os comerciantes e que trabalhava no TJ ou na Assembleia Legislativa. Em seguida, ele afirmava que um cliente teria pago seus honorários com materiais de construção e por isso precisava vender os produtos. Alguns comerciantes sensibilizados compraram os materiais de construção, mas, no momento da entrega, o falso advogado sumia”, relatou. O falso advogado foi encaminhado para a Central de Flagrantes. A polícia ainda não revelou quantas pessoas foram vítimas do suspeito de estelionato e o valor que recebeu através dos golpes.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Consultor Jurídico

Saiba como evitar fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Suspeito de estelionato é preso com pen drive com dados de 45 pessoas

Sem Comentários

30/08/2013

Um homem foi preso pela Polícia Militar (PM) na tarde desta sexta-feira (30) suspeito de passar cheques falsos em uma loja no centro de Uberlândia. Com ele estavam mais de R$ 2 mil em cheques supostamente falsos e um pen drive com os dados de cerca de 45 pessoas diferentes, que podem ter sido usados para golpes no comércio. Com ele também estavam quatro carteiras de identidade com nomes diferentes, mas com a mesma foto. No pen drive que ele guardava, além de dados pessoais, estavam vários modelos de imagens para falsificações de cheques, identidades, carteira de trabalho e até comprovante de renda.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Correio de Uberlândia

Saiba como evitar fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Polícia prende mulher suspeita de falsificação de documentos no AP

Sem Comentários

20/08/2013

O Núcleo de Operações e Inteligência (NOI) da Polícia Civil prendeu por volta de 5h desta terça-feira (20), uma mulher suspeita de falsificação de documentos. Com ela, foram encontradas 4 diferentes carteiras de identidade e vários cartões de crédito que seriam utilizados para “aplicar golpes no comércio local”, segundo informou a polícia. “Quanto ao casal, temos provas da falsificação de documentos. A mãe e a irmã, nós suspeitamos dos documentos apresentados”, declarou o delegado. “Recebemos a denúncia de que ela estaria aplicando golpes. Investigamos e vimos indícios de que realmente era verdade. A Justiça expediu a nossa solicitação de mandados de busca e apreensão, e achamos esses documentos na casa dela”, informou o delegado. O casal vai responder por falsificação de documentos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba como evitar fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Homem acusado de falsificar documentos é preso em Maringá

Sem Comentários

16/08/2013

Um homem de 32 anos foi preso sob acusação de estelionato e falsificação de documentos, na quinta-feira (15), em Maringá. De acordo com o delegado, o estelionatário e falsário de 32 anos, fabricava e comercializava inúmeros tipo de documentos, como identidades, comprovantes de residência, cheques, carteiras de estudante e de trabalho. “Ele conseguia falsificar qualquer tipo de documento, de A a Z, o que o cliente precisasse, através de programas de computador”, contou o delegado. Foram apreendidos documentos falsos, carimbos de cartórios, além de selos de identificação e até um rolo original da companhia de abastecimento de água da cidade, que eram utilizados na fraude. “Estamos investigando 500 golpes ao comércio de Maringá neste semestre e acreditamos que as pessoas que procuravam os serviços dele possam ter envolvimento com os casos”, explicou o delegado. O acusado é um dos maiores falsários já identificados na cidade, afirmou o delegado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O diário

Saiba como evitar perdas com fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Suspeitos de falsificação são presos em Mogi das Cruzes

Sem Comentários

15/08/2013

Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) de Mogi das Cruzes prenderam três homens com vários documentos falsificados na noite de quarta-feira (14). Com os suspeitos, os policiais apreenderam holerites, carteiras de habilitação e de identidade de várias regiões do País. Todos os papéis eram falsificados, segundo a polícia. O material estava na casa de um dos suspeitos, de 28 anos, que tinha pelo menos três documentos com nomes diferentes. No local também havia espelhos de CNH e RG. De acordo com a polícia, os homens presos vendiam os kits com RG, habilitação e holerite por cerca de R$ 400 e também aproveitavam a documentação para aplicar golpes no comércio. Os golpes foram aplicados em várias cidades do Estado de São Paulo como mostraram notas fiscais encontradas no imóvel. Os três suspeitos já tinham passagem pela polícia e vão responder por vários crimes, entre eles formação de quadrilha, falsificação de documentos públicos e estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba como evitar perdas com fraudes em documentos de identificação. Clique e conheça o BrSafe.

Anterior Próximo