Suspeito de aplicar golpe milionário na venda de apartamentos nos Ingleses é preso

Sem Comentários

15/04/2018

Nesta semana, em Florianópolis (SC), um homem foi preso preventivamente acusado de participar de um golpe de venda de apartamentos. A mesma unidade, segundo apurou a polícia, era vendida para diferentes compradores. Outros envolvidos no caso já tiveram mandado de prisão preventiva expedido. O golpe, ocorrido entre 2015 e 2016, no Norte da Ilha, teria prejudicado quase 100 compradores e garantido aos acusados cerca de R$ 12 milhões ilicitamente. A polícia acredita que o homem preso esta semana é um dos possíveis proprietários de uma construtora, responsável pela incorporação de três edifícios residenciais na praia dos Ingleses. A investigação apurou que os imóveis sequer foram concluídos e hoje estão abandonados. Os envolvidos aguardaram presos pela sentença. O homem detido nesta semana foi acusado de estelionato e formação de quadrilha. De acordo com o juiz titular da 3ª Vara Criminal da Capital, há elementos concretos que evidenciam que a culpabilidade dos réus.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Notícias do Dia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha do Ceará é presa ao tentar sacar R$ 13 mil de banco

Sem Comentários

04/04/2018

Nesta terça-feira (03), na zona Norte de Teresina, no bairro Marquês  uma quadrilha do Ceará foi presa pelos policiais do 9º Batalhão ao tentarem sacar R$ 13 mil em uma agência bancária. Com os estelionatários, a polícia encontrou mil reais, um carro com placa do Ceará e uma bolsa com vários documentos falsos. Segundo informações da polícia, um homem identificado como J.A.A.do Nascimento, de 48 anos, natural de Fortaleza, estava no banco tentando realizar o saque. O gerente, ao desconfiar da documentação apresentada por ele resolveu acionar a polícia. Ao ser questionado pela guarnição, o estelionatário confessou o crime e entregou o restante da quadrilha. “Recebemos a informação do gerente do banco, chegamos lá fizemos a prisão do elemento e pedimos auxílio quando constatamos que haveria mais pessoas envolvidas. Fomos até o hotel onde mais cinco pessoas estavam, inclusive uma mulher e realizamos a prisão”, afirmou a polícia. A quadrilha estava hospedada em um hotel próximo a Rodoviária de Teresina. Ao todo cinco pessoas foram presas, todas do Ceará. Com elas, a polícia encontrou mil reais em dinheiro, várias bolsas com documentos falsos e um carro com placa de Fortaleza. O acusado não soube dizer o nome do verdadeiro do dono da conta que ele iria retirar o saque.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Meio Norte

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha de estelionatários tem novo golpe descoberto

Sem Comentários

03/04/2018

Nas últimas semanas Ribeirão Pires (SP) tem crescido os casos de estelionato aplicado por quadrilhas nas principais agências bancárias localizadas no centro da cidade. No último final de semana, uma quadrilha foi desmascarada após uma nova tentativa de golpe em um homem que, por acabar ficando desconfiado, não caiu na armadilha do grupo e acionou a GCM (Guarda Civil Municipal). A quadrilha acabou fugindo, mas deixou os utensílios usados para os golpes na agência, assim, a polícia acionou a perícia e explicou o novo golpe através de um vídeo feito por um dos guardas municipais. Nele, os policiais estão dentro da agência que havia sido o local da tentativa de golpe. O guarda que está em 1º plano no vídeo, inicialmente, começa a explicar que tudo começa no caixa eletrônico, com um dispositivo que é colocado na área onde também é inserido o cartão. O nome deste dispositivo ainda não havia sido descoberto e o funcionamento também não, devido a ausência da perícia no local naquele momento, mas sabe-se que o dispositivo – que é colado de maneira externa na máquina – prende o cartão intencionalmente, para que a pessoa que estiver realizando o serviço peça ajuda para um dos membros da quadrilha. Geralmente, a quadrilha atua em três ou mais pessoas, segundo os guardas municipais, o que torna mais fácil o ambiente do golpe, já que, enquanto a vítima faz a operação, outros membros atuam como “figurantes” em outros caixas, simulando, também, operações bancárias. Assim, quando o cartão prende e a ação, de fato, se inicia, a vítima não acha estranho por conterem outras pessoas no local. Após o cartão prender na máquina, o mais comum e que ocorre com mais frequência são as vítimas solicitarem ajuda para o guarda que fica dentro da agência, mas que só está disponível, pelo menos em Ribeirão Pires, durante os dias de semana. Após o membro da quadrilha se passar por um guarda, ele mandaria você utilizar um telefone localizado na lateral da agência, para informar sobre o acontecimento com o cartão. A pessoa que atender, bem instruída, pedirá seus dados para “confirmar” se o cartão é realmente seu e aproveitar para pegar novas informações. No entanto, o tipo do telefone não é usado por agências bancárias. Logo, o cidadão precisa estar informado sobre os tipos de telefones utilizados.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário de Ribeirão Pires

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Operação procura 10 suspeitos de trocar cartões bancários das vítimas como ‘passe de mágica’

Sem Comentários

27/03/2018

Foi realizada na manhã desta terça-feira (27), uma operação da Polícia Civil para prender dez suspeitos de integrar uma quadrilha de estelionatários que agia, prioritariamente, nas cidades de Recife e Olinda e outros municípios da Região Metropolitana. A Operação Passe de Mágica se refere ao modo de atuação dos estelionatários. Muitas das vítimas utilizaram a mesma expressão para  se referir à maneira como tiveram seus cartões bancários substituídos sem perceberem.  A ação da quadrilha consiste em trocar os cartões das vítimas, entregando cartões de terceiros durante operações financeiras em agências bancárias. O caso está sendo investigado pela delegada adjunta da Delegacia de Polícia de Repressão ao Estelionato, do Depatri. Os alvos da operação são suspeitos da prática dos crimes de estelionato e associação criminosa. A operação trabalha para cumprir 10 mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão domiciliar, expedidos pela Juiza da 18ª Vara Criminal da Comarca de Recife. Um total de 60 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães participam da operação, supervisionada diretamente pela Chefia de Polícia e coordenada pela DIRESP. Durante as investigações, iniciadas há quatro meses, foi preso em flagrante o paraense S.L.S.L. Com ele foram apreendidos diversos cartões pertencentes às vítimas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário de Pernambuco

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia Militar prende quadrilha de SP suspeita de aplicar golpes em MG

Sem Comentários

20/03/2018

Nesta segunda-feira (19), no Centro de Belo Horizonte, uma quadrilha de estelionatários foi presa enquanto se preparava para mais um golpe. O grupo ainda tentou subornar a Polícia Militar (PM) com duas armas. À polícia, J.V.M.L., de 24 anos, confessou ser um dos chefes de uma quadrilha de estelionatários de São Paulo, que também atua em Minas Gerais. Conforme a PM, ele e outros quatro suspeitos – dois homens e duas mulheres – foram presos na tarde desta segunda-feira no Centro de Belo Horizonte, quando se preparavam para aplicar um golpe a um banco da região. Ainda de acordo com os militares, o grupo usava laranjas para abrir contas e sacar todo o limite disponível. Depois, faziam um boletim de ocorrência dizendo que o cartão teria sido roubado e pediam o estorno das transações feitas na conta. No momento da prisão, o grupo tentou subornar os policiais oferecendo duas armas: uma pistola ponto 45 e um revólver calibre 22. Todo o material e os suspeitos foram levados para a Central de Flagrantes (Ceflan) da Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha tenta aplicar golpe de R$ 92 mil em empresa de transportes

Sem Comentários

20/02/2018

Na segunda-feira (19), o motorista de uma empresa de transportes registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Polícia Civil informando que dois suspeitos tentaram aplicar um golpe e furtar 12 mil quilos de sementes de pastagens avaliados em R$ 92 mil. O homem disse aos policiais que quando chegou em Sinop (MT) recebeu uma ligação do suposto comprador informando que havia chovido muito e a carreta não chegaria na fazenda, por isso, descarregaria em outro lugar. O motorista foi acompanhado até o outro local por dois homens em um veículo branco. Porém, quando chegou para fazer o transbordo desconfiou das condições da outra carreta, entrou em contato com a transportadora e foi informado que se tratava de um golpe. Os policiais registraram o caso como estelionato e formação de quadrilha. Até o momento nenhum suspeito foi localizado para prestar esclarecimentos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Só Notícias

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha suspeita de estelionato é presa no Sul de Minas

Sem Comentários

12/02/2018

Em Poços de Caldas (MG), quatro pessoas foram presas suspeitas de estelionato. Os suspeitos foram detidos no fim da noite do domingo (11), após denúncia de funcionários de um hotel onde a quadrilha estava hospedada. Conforme a Polícia Militar, eles fazem parte de uma quadrilha nacional especializada em cópia de cartões e dados roubados. Os dados de terceiros eram usados pelo grupo para hospedagem em hotéis luxuosos e compra de ingressos de grandes eventos. Os funcionários do hotel desconfiaram da quadrilha depois que uma vítima entrou em contato com a empresa. Ela disse que havia recebido a informação de que o cartão pessoal foi usado para o pagamento no local, mas que não estava na cidade e não reconhecia a compra. A Polícia Militar foi acionada. Nos quartos dos suspeitos foram encontradas duas máquinas de cartão de crédito, vários cartões em nome de terceiros, dinheiro e abadás de um carnaval da região. Todos os suspeitos foram levados à delegacia, junto com o material apreendido.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Hoje em Dia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo