Mulher se passa por policial para aplicar golpes

Sem Comentários

15/01/2018

Nesta segunda feira (15),  por suspeita de golpes uma mulher foi levada a delegacia em Foz de Iguaçu . Ela foi denunciada por um comerciante, que desconfiou do comportamento da “cliente” e acionou a Polícia Militar. De acordo com os comerciantes que reconheceram a suspeita na delegacia, ela frequentava várias lojas da região de Três Lagoas como policial federal e alegava que os alvarás de funcionamento dos estabelecimentos estavam vencidos. Com esse argumento, a suspeita cobrava uma taxa dos comerciantes para regularizar a situação das lojas. Caso eles negassem o pagamento, eram ameaçados a comparecerem na delegacia para responder pelo “crime”. Em quinze dias, a suspeita teria conseguido, por esse método, quatro celulares e mais de R$ 1,7 mil.A suspeita responderá pelo crime de Estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Massa News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem se passa por PM para aplicar golpe em empresários e é preso em Sinop

Sem Comentários

27/10/2017

Um homem foi preso na avenida Londrina, no Setor Industrial de Sinop, na tarde desta quinta (26), suspeito de se passar por um policial militar e aplicar golpes contra empresários do município. Também foram apreendidos alguns supostos jornais intitulados “Brasil Integração Policial”, blocos de recibo, guias telefônicos e uma quantia de R$ 250. Segundo a polícia, o sujeito teria entrado em contato com o proprietário de uma loja de máquinas e dito que o Comando Regional faria uma palestra na sede do Sindicato das Indústrias Madeireiras. Na ocasião, pediu uma “contribuição” no valor de R$ 200 e avisou que passaria mais tarde para recolher. Em benefício, o empresário receberia um adesivo para colar em seu veículo, e quando passasse em uma fiscalização não seria abordado. A PM se deslocou até a empresa, onde encontrou o suspeito no escritório da vítima. Ao ser questionado se era um agente de segurança, o homem relatou que era filho de um coronel, contudo, o empresário afirmou que ele era a mesma pessoa com quem tinha falado no telefone mais cedo. A Força Tática prendeu o suspeito e o encaminhou à delegacia para as devidas providências. Ele deve responder pelo crime de estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: RD News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PRF prende homem que se passava por policial federal em Pato Branco

Sem Comentários

06/09/2017

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante na noite de terça-feira (05), em Pato Branco, no sudoeste do Paraná, um homem de 37 anos que se passava por policial federal, após receber denúncias. Ele estava no terminal rodoviário da cidade, nas imediações da BR-158. Segundo a PRF, no momento da abordagem o homem estava vestido com uma camiseta da Polícia Federal (PF) por baixo de uma jaqueta. Ele também portava uma carteira com o brasão da República e a inscrição “Ministério da Justiça”, além de uma identidade funcional falsa da área de comunicação da PF, informou a polícia. O homem, que se dizia estagiário da Polícia Federal, carregava uma mochila que continha outra camiseta da PF, uma pistola de airsoft (arma de pressão com munições plásticas), três cilindros de gás carbônico e uma caixa de lâminas de bisturis. O homem tinha dois mandados de prisão expedidos contra ele pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Ele foi encaminhado para a delegacia de Pato Branco e, segundo a polícia, responderá pelos crimes de usurpação da função pública, uso de documento falso, falsa identidade e contrabando.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem que se passava por policial civil para aplicar golpes é preso no Triângulo Mineiro

Sem Comentários

01/08/2017

Foi preso preventivamente em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, um homem de 48 anos, por fingir ser policial civil. A prisão foi realizada pela Polícia Civil que chegou até o suspeito após receber diversas denúncias de vítimas que foram enganadas pelo suspeito. O homem oferecia para as pessoas a transferência da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de outros estados para Minas Gerais, além da retirada de multas do sistema Detran. Para conseguir a confiança das vítimas, ele utilizava nomes de policiais civis e outras autoridades públicas durante as negociações. Casos como esse servem de alerta para a população. Conforme as duas delegadas, responsáveis pelo inquérito, multas não podem ser retiradas do sistema após aplicadas. Elas também ressaltaram que caso mais pessoas tenham sido vítimas dos golpes aplicados pelo suspeito elas podem comparecer até a Unidade Policial. A prisão do suspeito, que tem passagens pelos crimes de receptação e estelionato, foi realizada na última sexta-feira (28). Estima-se que o homem tenha obtido mais de R$ 40 mil aplicando o golpe.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: BHAZ

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso suspeito de se passar por policial militar, em Ananindeua

Sem Comentários

26/07/2017

Em Ananindeua (PA), a Polícia prendeu um homem suspeito de se passar por policial militar no conjunto Paar. Conforme informações divulgadas nesta quarta-feira (26), a Polícia Civil apreendeu um fardamento da Polícia Militar, incluindo coturno, calça, camisa e boné; carteiras falsificadas; um revólver calibre 38 de cano longo; e dois simulacros de armas de fogo. Ele foi preso na residência que morava, onde os objetos apreendidos foram encontrados. O material foi encaminhado para perícia. O suspeito foi levado para a Seccional do Paar, e deve responder pelos crimes de falsidade ideológica, falsa identidade, uso de documento falso e porte ilegal de arma de fogo. Conforme o delegado responsável, o suspeito confessou que se identificava como PM para conseguir trabalhos como segurança. No depoimento, o preso preferiu não dizer como conseguiu o fardamento, a arma e as carteiras com medo de sofrer represálias.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeito de se passar por policial civil e federal é preso em Belo Horizonte

Sem Comentários

20/07/2017

Em Belo Horizonte (MG), um homem foi preso em flagrante suspeito de se passar por policial civil e federal. Conforme as investigações, ele oferecia apurações clandestinas e grampos telefônicos ilegais em troca de dinheiro das vítimas. A polícia chegou até o suspeito após denúncias. Em uma delas, o suspeito teria exigido R$ 10 mil para facilitar um visto e a entrega de um passaporte a uma vítima em Rondônia. Ela chegou a viajar para Belo Horizonte onde fez o pagamento. Porém, o suspeito desapareceu. No momento da prisão, ocorrida no dia 12 de julho no bairro Jardim dos Comerciários, na Região de Venda Nova, ele teria se apresentado como policial federal. Uma algema, um distintivo da Polícia Civil e vários computadores foram apreendidos. O suspeito ainda é investigado por ameaça, extorsão, estelionato e estupro.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso após apresentar identidade falsa de policial para policiais civis

Sem Comentários

24/05/2017

Na manhã desta quarta-feira (24), um homem foi preso após apresentar uma identidade falsa de policial civil, em Duque de Caxias (RJ). Diante de uma diligência de policiais civis na empresa onde trabalhava, o indivíduo se identificou como inspetor de polícia e integrante do Curso Avançado de Inteligência para Subtenentes e Sargentos. O flagrante aconteceu durante uma diligência de policiais da 59ª DP numa empresa de planos de saúde. Segundo os agentes, durante a ação, o suspeito questionou os policiais sobre o que estava acontecendo na firma. Ele informou que era policial, apresentou a documentação falsa e disse que fazia um “bico” no local. Alegou ainda que, como era “colega” de profissão, poderia resolver o problema. Os policiais, então, desconfiaram do documento apresentado, e o falso policial reconheceu que o mesmo não era verdadeiro. Ele foi preso em flagrante. Segundo o suspeito, ele se sentia mais seguro ostentando a falsa condição, devido à violência da cidade.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Extra

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior