Homem é vítima de golpe de empréstimo bancário

Sem Comentários

13/02/2019

Um homem vítima de um golpe de empréstimo bancário foi à delegacia da Polícia Civil de Cascavel denunciar o caso. Ele disse ter recebido um documento falso que autorizava um empréstimo de R$ 11.666,00. “Entregaram o documento do banco dizendo que eu precisava assinar um bilhete para um empréstimo. Era falso e que o povo não caia, porque não vai receber nada”, lamenta a vítima. O homem comenta ainda que os golpistas por meio do nome das vítimas e outros dados conseguem dinheiro. Ele levou o documento que recebeu até uma agência bancária e então foi informado que era falso e orientado a procurar a polícia. “É uma falsidade muito bem feita, para você cair sem direito a nada”. Após a entrega do documento, a vítima disse que os golpistas ainda entram em contato pelo celular para repassar orientações.

Mulher perde R$ 1,1 mil em golpe do falso empréstimo

Sem Comentários

05/02/2019

Uma moradora de Sebastianópolis do Sul (SP) fez contato com supostos representantes de uma financeira através da internet e acabou perdendo R$1.180,12 no golpe do falso empréstimo. Dois golpistas trocaram várias mensagens com a vítima, até concluírem um falso empréstimo de R$5.890,12. Eles enviaram foto de um comprovante de transferência bancária do valor do empréstimo supostamente depositado na conta da mulher, porém ela não conseguiu sacar. A imagem enviada mostrava o valor bloqueado. Os criminosos exigiram o pagamento inicial de R$ 290,00 para o “contrato”, e mais dois depósitos de R$445,06 para o suposto “desbloqueio” do dinheiro. Ao descobrir que era golpe, procurou a Polícia Civil e registrou uma ocorrência. Ela forneceu cópias do contrato enviado pelo aplicativo de celular, além das conversas e os números dos celulares dos picaretas. Os aparelhos tem código de operação de São Paulo, mesmo local da sede da empresa.

COMO FOI O GOLPE:

  • A vítima pesquisou na internet uma financeira para empréstimo pessoal;
  • Ela clicou em um site e preencheu uma proposta;
  • Logo em seguida começou a receber mensagens no celular, até efetuar os depósitos;

COMO FUNCIONA:

  • Segundo policiais e consultores em segurança digital ouvidos pela reportagem, esse tipo de golpe é aplicado até mesmo por detentos de penitenciárias;
  • Eles utilizam indevidamente nome de empresas idôneas, ou ainda abrem empresas apenas de “fachada”;
  • No caso relatado, a pesquisa do CNPJ indica que a empresa existe e está ativa e registrada na Receita Federal como atividades de teleatendimento e holdings de instituições não-financeiras. O perfil do contato do WhatsApp também é falso;
  • Nesse caso, as fotos são “roubadas” de pessoas comuns, nas redes sociais;
  • As contas utilizadas para os depósitos feitos pelas vítimas também são fraudadas, muitas vezes até de pessoas mortas, ou que tiveram dados roubados e nem sabem;
  • No caso da vítima de Sebastianópolis, os depósitos foram feitos em contas de três mulheres;
  • O alerta dos especialistas é que as pessoas procurem instituições bancárias ou financeiras com sedes físicas, o que reduz o grau de risco nas contrações.

Jovem cai no golpe do empréstimo em Corupá

Sem Comentários

31/01/2019

Um jovem, de 25 anos, alerta para o golpe do empréstimo via WhatsApp. Vítima de um estelionatário, ele teve um prejuízo de R$175 reais essa semana em Corupá (SC).

O golpe

Na tarde da segunda-feira (28), a vítima celebrou um contrato de empréstimo, no valor de R$ 2 mil, com uma suposta empresa de assessoria em negócios financeiros. O pedido de empréstimo foi realizado via WhatsApp com o “representante Bruno”. O suposto representante solicitou ao jovem que depositasse inicialmente R$100 em uma conta bancária. O valor, segundo o negociador, seria usado para pagar um seguro. O primeiro depósito ocorreu na segunda-feira, às 15h32, na casa lotérica em Corupá. O dinheiro foi depositado na conta de uma mulher. No dia seguinte (29), o golpista pediu para o jovem depositar mais R$ 75 reais, pois “precisava pagar o IOF”. A vítima foi até a lotérica e fez novo depósito na conta que lhe foi passada. Depois de realizar o depósito, a vítima enviou o comprovante ao “representante Bruno”.

Bloqueado no WhatsApp

A vítima tentou entrar em contato com Bruno, mas o golpista bloqueou o seu número. Desde então, ela não conseguiu mais falar com o suposto representante. Na manhã desta quinta-feira (31), o jovem registrou um boletim de ocorrência na Delegacia de Corupá.

Microempresária cai no golpe do falso empréstimo

Sem Comentários

21/01/2019

Ao tentar contratar um empréstimo, uma microempresária, de 44 anos, perdeu mais de R$1.700. Ela foi atraída por um anúncio na internet, que a levou a um aplicativo. O caso foi denunciado à Polícia Militar no final de semana. A vítima disse que no dia 15 deste mês entrou no site de uma empresa de empréstimos, a qual contatou através de um aplicativo de celular um empréstimo de R$10 mil. Para concessão do mesmo a empresa exigiu um pagamento de R$ 800, para a cobertura do seguro. A vítima realizou depósito no valor solicitado e ao informar o pagamento a suposta empresa exigiu um novo depósito de R$460, o que foi feito. Mesmo recebendo os dois depósitos, o valor contratado não foi liberado e o golpista exigiu mais R$477 que a vítima novamente o fez. Depois de ter depositado R$1.737 a mulher começou a desconfiar da negociação e tentou cancelar a transação, o que foi aceito pela empresa, desde que ela pagasse uma multa de R$930 e aguardasse entre cinco e quinze dias.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Poços Já

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia indicia 50 pessoas por esquema de fraudes em empréstimos na cidade de Iguatu, no Ceará

Sem Comentários

12/12/2018

Nesta terça-feira (11), a Polícia Civil do Ceará indiciou 50 pessoas por um esquema fraudulento de empréstimos, por meio da internet, que utilizava contas bancárias do município de Iguatu, na Região Centro-Sul do Estado. Segundo a polícia, o inquérito sobre o caso foi concluído na terça pelo delegado, responsável pelas investigações e titular da delegacia do município. O prejuízo das vítimas pode chegar a R$ 500 mil. As investigações tiveram início há um ano, quando a delegacia recebeu dezenas de ofícios de vários estados brasileiros, informando que contas de agências bancárias da cidade cearense estavam recebendo depósitos fraudulentos de vítimas de estelionato. O inquérito policial foi encaminhado para o Ministério Público para oferecimento de denúncia.

Indiciados por recepção

Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), 48 suspeitos foram indiciados por receptação, pelo empréstimo das contas para o recebimento do dinheiro, e dois foram indiciados como chefes do esquema criminoso. A dupla líder da quadrilha mantinha na internet 12 sites falsos que ofereciam empréstimos a pessoas de todo o país. “Quando as vítimas acessavam a página, eram direcionadas para realizar o preenchimento de formulários que geravam falsos empréstimos. Com isso, as vítimas eram induzidas a depositar taxas administrativas que seriam a comprovação para a liberação dos empréstimos”, explica o delegado. Em depoimentos, os suspeitos do estelionato contaram ao delegado que recebiam o pagamento de 10% dos valores que caiam em suas contas. A polícia apurou ainda que os valores arrecadados estavam relacionados a quantias recolhidas para pagamentos em sites de apostas esportivas online.

Polícia faz alerta sobre golpe do falso empréstimo consignado

Sem Comentários

21/10/2018

A Polícia Civil emitiu um alerta sobre o golpe do falso empréstimo consignado. A prática é reincidente no estado e tem por finalidade lesar, principalmente, servidores públicos. Segundo um delegado, a estratégia dos golpistas consiste na veiculação de anúncios de concessão de empréstimos utilizando empresas reais como “fachada”. Em casos recentes investigados pela polícia, os criminosos tomaram emprestado o nome de uma empresa de empréstimos, que é sediada em Belo Horizonte, para trazer a impressão de fidedignidade ao negócio. No entanto, os terminais telefônicos informados nos anúncios não são dessa empresa, e serão atendidos pelos estelionatários, que passarão a impressão de serem empregados da instituição financeira. A vítima, no intuito de obter um empréstimo consignado de forma rápida, paga as taxas de mercado sem hesitar, e é este o lucro indevido que os golpistas visam.

O delegado disse ainda que se outras pessoas tiverem sido vítimas do golpe que compareçam até à sede da 1ª Delegacia de Palmas, para que a ocorrência seja devidamente registrada e as investigações sejam realizadas a fim de que os responsáveis pelo crime sejam devidamente responsabilizados conforme determina a lei. “Já estamos com procedimentos abertos no sentido de apurar a prática desse tipo de golpe e, nesse sentido, pedimos a colaboração da população para que nos ajude com denúncias que possam levar a identificação dos indivíduos responsáveis por tais atos”, ressaltou.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Sou Mais Notícias

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem cai em golpe do falso empréstimo em Sorriso

Sem Comentários

18/10/2018

Na quarta-feira (17), o denunciante, de 39 anos, registrou um boletim de ocorrência, informando que foi vítima do golpe do falso empréstimo e teve um prejuízo de R$1.050 mil ao tentar emprestar R$ 15 mil. O homem disse que estava em casa quando recebeu a ligação de uma pessoa se passando por funcionário da suposta financeira oferendo empréstimo. Então, solicitou R$ 15 mil emprestados. Porém, para receber o valor ele precisaria depositar R$1,5 mil para liberação. A vítima afirma que fez um depósito de R$ 650 e outro de R$ 400, entretanto, o funcionário disse que para receber o valor precisar completar os R$ 1,5 mil. Ele desconfiou que se tratava de um golpe e procurou a polícia para registrar a denúncia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Só Notícias

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior