OAB/MS abre procedimento contra advogada suspeita de envolvimento em golpe milionário contra idoso

Sem Comentários

19/07/2018

A Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul (OAB/MS) abriu um procedimento administrativo pela suspeita de envolvimento de uma advogada com um golpe milionário contra um aposentado. Um grupo de Campo Grande teria conseguido roubar dinheiro da vítima com a venda fictícia de uma fazenda. O procedimento da OAB/MS é para apurar a conduta de E.A.F.S. e a possível participação dela no golpe. A mulher aparece no processo como advogada do falso dono da fazenda. Ela pegou quase R$ 4 milhões, sob a justificativa de recebimento de honorário. J.G., que usava um RG falso, se passando por vendedor da propriedade e outros dois homens foram presos em flagrante tentando fazer a transferência de mais um R$ 1,8 milhão, com uma procuração falsa.

O grupo conseguiu ter acesso ao dinheiro do aposentado S.J.M.B., do Rio de Janeiro, pela Justiça. Usando vários documentos falsificados, como notas promissórias e um termo de confissão de dívida, eles entraram com uma ação de execução, alegando não ter recebido quase R$ 7 milhões, pela venda da fazenda e ganharam a causa. A conta da vítima foi bloqueada pela Justiça e o dinheiro foi repassado ao grupo. Foi aí que a vítima descobriu o golpe. A advogada do aposentado, questiona o trabalho realizado pela Justiça e alega que alertou sobre os documentos falsos. Como a defesa da vítima alega que a Justiça simplesmente ignorou a solicitação de análise de assinaturas, ela entrou com um pedido de providências no Conselho Nacional de Justiça, contra a segunda Vara Cível de Campo Grande e registrou também boletim de ocorrência.

E aí sim a polícia pediu um exame grafotécnico. O laudo fica pronto em um mês, mas segundo a polícia, a diferença entre as assinaturas é bem visível. O que a polícia quer descobrir agora é como o grupo teve acesso as informações da conta bancária do idoso. A polícia pediu a prisão de E.A.F.S., que não foi aceita pela Justiça. O advogado dela nega as acusações. A advogada acusada já devolveu R$ 4 milhões e pediu prazo para devolver mais R$ 1,9 milhão. O aposentado ainda não teve acesso ao dinheiro. Depende de uma nova decisão judicial.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Gaeco faz operação e mira quadrilha que vendia carros roubados pela internet

Sem Comentários

19/07/2018

Na manhã desta quinta-feira (19), 14 mandados de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão estão sendo cumpridos em uma operação para combater a venda de carros roubados pela internet. As ordens judiciais estão sendo cumpridas em Curitiba, Londrina e Guarapuava. Os mandados de busca miram dez residências e seis locais comerciais. Já os mandados de prisão, são contra oito homens e seis mulheres. Segundo as investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Civil, a organização criminosa comprava veículos roubados, principalmente em Curitiba e Região Metropolitana, e ocultava-os em Guarapuava. Depois disso, eles adulteravam os documentos dos automóveis com as mesmas especificações. Em seguida, os carros eram anunciados em sites de venda na internet. Um policial militar suspeito de acessar o banco de dados do estado para passar informações aos criminosos foi afastado da função. Entre os crimes investigados na operação estão organização criminosa, receptação, adulteração de sinais de veículos, falsificação de documentos e estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia investiga RG “quente” com dados falsos achada com um dos mais procurados do Ceará

Sem Comentários

17/07/2018

A Polícia Civil investiga como foi confeccionada uma carteira de identidade falsa apreendida com um homem. Embora tivesse dados falsos, se procurado nos registros policiais, o documento existia como o de um cidadão comum. Aparentemente, foi feito por meios legais. O documento será encaminhado à Perícia Forense do Estado do Ceará e deve passar por exames. Na última segunda-feira (16), o sujeito foi preso pelo Batalhão de Choque (BPChoque), no bairro Montese, nas proximidades de uma agência bancária. Durante 10 anos, a Polícia tentou prendê-lo por envolvimento em ataques a carros-fortes e a agências bancárias, grande parte com atuação na região de Inhamuns. Em Independência, a 309 quilômetros de Fortaleza, cidade de origem dele, o homem possuía mandado de prisão em aberto por roubo. Ele chegou a ser abordado pela Polícia em uma pedreira, mas foi liberado depois de apresentar o documento falso. Embora fosse “quente”, o RG usado escondia a verdadeira identidade do sujeito. Durante depoimento à Polícia, ele disse que comprou a identidade. No entanto, não forneceu dados sobre o fornecedor.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O POVO

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem apresenta documentos falsos no Detran

Sem Comentários

12/07/2018

Na manhã desta quarta-feira (11), em Ponta Grossa a PM prendeu um homem de 26 anos por uso de documento falso, falsificação de documento e estelionato. O suspeito foi detido no interior da sede do Detran, depois de apresentar uma procuração supostamente autenticada em cartório e um documento de veículo falso. O objetivo dele era retirar do pátio do 1º BPM um veículo F-250 que havia sido recolhido devido a pendências administrativas. Diante dos fatos, a PM acabou sendo acionada e ele foi encaminhado à 13ª SDP, preso em flagrante. As informações são do portal Jornal Diário dos Campos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: CGN

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia prende suspeitos de aplicar golpes em lojas e clínicas de estética em Fortaleza

Sem Comentários

11/07/2018

A polícia prendeu dois homens e uma mulher suspeitos de integrar uma quadrilha investigada há quatro meses por aplicar golpes em comércios e clínicas de estética em Fortaleza. Segundo o delegado titular do 2º Distrito Policial, os suspeitos realizaram diversos procedimentos estéticos e pagaram com cheques falsificados. Uma empresária vítima do esquema informou que teve um prejuízo de R$ 15 mil em procedimentos de estética. Empresas do ramo de móveis e eletrodomésticos também foram alvos dos suspeitos. A Polícia Civil apreendeu impressoras, computadores, cartões de crédito e documentos falsificados. Os policiais ainda encontraram identidades e outros documentos prontos para serem impressos pelo grupo. Durante a ação policial, um dos suspeitos tentou fugir e acabou atropelando um motociclista, que acabou morrendo. Após a prisão, os suspeitos foram conduzidos ao 2º Distrito Policial, no Bairro Meireles, onde foram autuados pelos crimes de organização criminosa, uso de documento falso, falsificação e estelionato. Outros dois suspeitos de participação no esquema ilícito seguem foragidos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PF faz operação para desarticular organização especializada em fraudes de precatórios judiciais no RS e DF

Sem Comentários

04/07/2018

Na manhã desta quarta-feira (04), a Polícia Federal cumpriu 10 ordens judiciais no Rio Grande do Sul e no Distrito Federal, que resultaram na prisão de dois advogados e uma empresária em Porto Alegre. A quadrilha é especializada em fraudes de precatórios judiciais. Além das prisões também foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos dois estados. A investigação teve início em abril deste ano, depois da prisão em flagrante desta empresária, presa hoje novamente. Na ocasião, ela tentou sacar R$ 1,3 milhão em uma agência bancária referente a precatório judicial, com a apresentação de documento de procuração falso. Ela havia sido solta e foi presa novamente, em virtude de mandado de prisão temporária. O grupo também usou documentação falsa para negociar precatórios a terceiros interessados. Segundo a PF, uma análise preliminar da atuação da associação criminosa demonstrou que, no período de aproximadamente um mês, o prejuízo superou os R$ 3 milhões. A Operação Rotten Money investiga os crimes de fraude processual, associação criminosa e estelionato qualificado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é detido com documento falso de Guarda Municipal em Surubim

Sem Comentários

02/07/2018

No domingo (1º), em Surubim, no Agreste de Pernambuco, um homem de 31 anos foi detido após apresentar documento de Guarda Municipal falsificado. De acordo com a Polícia Militar, na hora da abordagem, o homem estava com uma pistola e munições. O suspeito apresentou um documento onde indicava que ele seria Guarda Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, também no Agreste. Ao fazer a checagem com o comando do município, foi constatado a falsificação do documento. O homem foi levado para a delegacia da cidade e autuado por porte ilegal de arma e falsificação de documentos, conforme a polícia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior