Golpista que se passava por personalidades políticas e jurídicas é preso no Rio Grande do Sul

Sem Comentários

29/10/2019

A Polícia Civil prendeu em flagrante na manhã desta quarta-feira, na cidade de Guaíba, um estelionatário que se passava por personalidades políticas e jurídicas para possibilitar a contratação de televisão a cabo e solicitação de cartões de crédito visando efetuar compras no comércio. Nem o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), foi poupado de ter o nome usado pelo golpista de 53 anos. A ação com ordem judicial foi realizada pela Delegacia de Repressão aos Crimes contra o Patrimônio e Serviços Delegados (DRCP) na rua João Batista Luzardo, na residência do criminoso. Houve a apreensão de mercadorias e cartões, além de documentos falsificados. “Ele solicitava muitos contratos de televisão por assinatura. Uma das empresas estranhou e nos comunicou há três meses. Começamos a fazer um levantamento de todas as instalações desse serviço naquele endereço”, observou o delegado. “Ele tinha diversos cadernos com anotações de todos os dados dessas pessoas, como RG, CPF, filiação, data de nascimento… Queremos saber onde ele conseguiu essas informações”, adiantou o titular da DRCP. Todo o material apreendido será agora analisado e periciado. Quem beneficiou-se do esquema poderá ser também responsabilizado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Correio do Povo

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PRF prende homem suspeito de liderar esquema de fraudes no INSS no MA e PI

Sem Comentários

18/10/2019

A Polícia Rodoviária Federal do Maranhão (PRF-MA) prendeu nesta quinta-feira (17), o homem apontado como líder de um esquema de fraude milionária contra o INSS no Maranhão e Piauí. Ele havia sido preso na operação ‘Grande Família’ deflagrada pela Polícia Federal em maio deste ano e estava foragido da Justiça do Piauí. Contra ele, existem dois mandados de prisão pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, corrupção ativa e assalto qualificado. De acordo com a PRF, ele foi solto após a operação da PF e teve a prisão preventiva decretada em setembro. Após a prisão, ele foi encaminhado ao 12º Delegacia de Polícia Civil. Segundo a PF, 639 benefícios do INSS foram fraudados durante o esquema.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1 MA

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PF desarticula quadrilha de grande fraudador da história do INSS

Sem Comentários

09/10/2019

A Polícia Federal e a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia deflagraram nesta quarta, 9, a Operação Caduceu, para desarticular um grupo que fraudou pelo menos 140 benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) causando prejuízo estimado superior a R$ 7 milhões.  Segundo a PF, o grupo era liderado por “um dos maiores fraudadores da história do INSS”, na área de benefícios. Ele já responde a diversos processos penais e dezenas de inquéritos policiais por fraudes à autarquia, destacou a PF. A corporação tem registros da ‘conduta criminosa’ do estelionatário desde a década de 1980. O grupo agia nos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco. A Polícia Federal indicou que os investigados podem responder pelos crimes de participação em organização criminosa, estelionato previdenciário, uso de documento falso, falsidade ideológica e falsificação de documento público. Somadas, as penas ultrapassam 30 anos de prisão, informou a PF.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Jornaldebrasilia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Estelionatário se casa e registra filha com documentos falsos

Sem Comentários

08/10/2019

Um alagoano de 36 anos, foi preso na cidade de Salvador/BA suspeito de usar documentos falsos em nome de outra pessoa durante 11 anos. O caso chamou atenção da Polícia Civil da Bahia, que estava investigando há alguns meses. O suspeito usou os documentos para fazer transferências do prontuário da CNH do Detran Alagoas para o Detran baiano. Além da identidade e da CNH, o suspeito estava usando CPF e chegou a casar-se e a registrar sua filha com a identidade de da vítima. A Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) informou ainda que o suspeito conseguiu sacar valores de FGTS, o que gerou grande prejuízo ao verdadeiro dono do CPF, que não sabia que seus documentos estavam sendo utilizados por outra pessoas. A PC está investigando a vida pregressa de do suspeito antes dele ter começado a usar a identidade da vítima. Ele foi autuado por Uso de Documento Falso e Estelionato, cando agora à disposição da justiça Baiana.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Alagoas24Horas

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça:

PCDF deflagra Operação Alicantina e prende sete Estelionatários

Sem Comentários

25/09/2019

A Polícia Civil do DF, deflagrou, na manhã dessa terça-feira (24), a Operação Alicantina. A ação teve o objetivo de desmantelar uma organização criminosa especializada em praticar crimes de invasão de dispositivo informático, falsidade ideológica, falsificação de documentos, uso de documento falso, receptação e estelionato. Sete pessoas foram presas em cumprimento a mandados de prisões temporárias. Os alvos principais do grupo são servidores públicos que não têm restrições no CPF e recebem um bom salário. Foram cerca de 50 vítimas que trabalham em vários órgãos. “O bando fabricava documentos em nomes das vítimas (RG, contraqueches, comprovantes de residência), obtinha CNHs materialmente verdadeiras, mas com conteúdo falso (fotografia do fraudador) e com os papéis adulterados”, explica o coordenador. O grupo invadia contas de e-mail e de outros sistemas informáticos, celebrava contrato de locação de imóvel, contratava planos de telefonia móvel, abria conta corrente em bancos e solicitava cartões de crédito, contraía empréstimos pessoais, além de realizar outras transações financeiras. As investigações sobre a atuação do bando foram iniciadas em janeiro de 2019. O prejuízo estimado ultrapassa R$ 1 milhão.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: PCDF

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça:

Idosa é presa pela segunda vez suspeita de estelionato, na Paraíba

Sem Comentários

06/09/2019

Uma idosa de 62 anos foi presa pela segunda vez em menos de dois meses por suspeita de estelionato, nesta quarta-feira (4), em Guarabira, no Brejo da Paraíba. A suspeita é de Campina Grande e tentava fazer compras em uma loja de eletrodomésticos. Essa seria a segunda tentativa de estelionato da mulher, a primeira teria acontecido dia 19 de julho, no mesmo estabelecimento. Na abordagem, a polícia verificou que a mulher possuía mais dois documentos de identidade em nome de terceiros. A mulher estava acompanhada por um casal – sendo que o homem se identificou como filho dela – e também por um motorista de transporte alternativo que teria sido contratado por ela. Todos foram conduzidos à Delegacia de Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça:

MPSC denuncia advogadas por falsidade ideológica e uso de documento falso em Santa Catarina

Sem Comentários

03/09/2019

O MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) denunciou três advogadas por falsidade ideológica e uso de documento falso em Araquari, no Norte de Santa Catarina. Segundo a denúncia, duas das advogadas falsificaram quatro “termos de quitação” e um “recibo” relativos a uma dívida de pensão alimentícia, a fim de livrar o devedor da prisão. A Justiça decidiu proibir as acusadas de manter contato por qualquer meio com as vítimas e testemunhas. O promotor destacou que “o advogado desempenha função essencial à Justiça, por isso a conduta das advogadas não pode ser tolerada”. 
A ação tramita na 2ª vara da comarca de Araquari e ainda cabe recurso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: MPSC

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior