Homem é detido por usar documento falso para pedir empréstimo de R$ 40 mil em Juiz de Fora

Sem Comentários

18/06/2019

Um homem de 52 anos foi detido ao usar documentos falsos para abrir uma conta em um banco em Juiz de Fora, onde pretendia solicitar um empréstimo de R$ 40 mil. O caso foi registrado nesta segunda-feira (17), no Centro. A Polícia Militar (PM) foi acionada por funcionários da instituição após suspeitarem de um casal que tentava aplicar golpe de estelionato. Segundo a ocorrência, o homem esteve no local antes, em data não informada, com documentos em nome de outro indivíduo, solicitando a abertura de uma conta para a portabilidade com outra instituição. De acordo com o relato dos funcionários, ele disse que pretendia solicitar o empréstimo. Os funcionários pegaram todos os documentos apresentados pelo homem, fizeram cópias e juntaram ao processo de abertura da conta. Em seguida solicitaram que ele retornasse para a conclusão do processo e a liberação do dinheiro. Todo este atendimento foi filmado.

Quando o homem voltou nesta segunda-feira, foi abordado pelos policiais. A mulher que estava com ele relatou que era apenas uma acompanhante e a PM checou que não tinha nada irregular com ela. Durante busca pessoal e no carro do suspeito foram encontrados documentos de identidade, extrato de pagamentos de aposentadoria especial de outro banco e até uma conta de telefone no nome falso que ele apresentou aos bancários. O homem também tinha um cartão bancário com outro titular e os documentos relativos ao nome verdadeiro dele. A polícia também fez buscas na casa do homem, mas nada de irregular foi encontrado. Durante pesquisa no sistema, foi descoberto que o detido deveria estar cumprindo prisão domiciliar desde 7 de fevereiro deste ano. Ele recebeu voz de prisão em flagrante e, junto com os documentos apreendidos, foi encaminhado para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Deic prende trio acusado de fraudar documentos e faturar R$ 300 mil em um mês

Sem Comentários

17/06/2019

Três suspeitos foram presos acusados de faturar, no período de apenas um mês, mais de R$ 300 mil. Os homens foram presos por agentes da Deic e do 17º Distrito Policial de Marechal Deodoro. Conforme a investigação, os estelionatários falsificavam documentos de pessoas idôneas para obter empréstimos junto a instituições financeiras e comprar produtos de alto valor. Apenas na cidade de Jequiá da Praia, o trio teria comercializado dez piscinas de fibra, no valor de R$ 140 mil, com dinheiro adquirido de forma fraudulenta. Com os suspeitos foram encontrados vários documentos falsificados, contratos financeiros, contas de energia em branco, um notebook onde eram realizadas as falsificações, impressora, documentos de identidade em branco e uma quantia em dinheiro, além de uma bicicleta avaliada em R$ 50 mil. Todos foram autuados por associação criminosa, uso de documento falso, falsificação de documentos e estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Alagoas 24 Horas

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Golpista tenta sacar R$ 13 mil usando documento falso de empresária em Limeira

Sem Comentários

13/06/2019

Na quarta-feira passada (12), uma empresária, de 35 anos, procurou a polícia para registrar uma tentativa de estelionato que sofreu. Uma golpista, com um documento falso, se passou por ela e tentou sacar uma quantia de R$ 13.700 na boca do caixa de uma agência bancária. Conforme informações da vítima, ela recebeu uma ligação de uma atendente do banco perguntado se ela teria tentado sacar a quantia, quando a mulher respondeu que não, foi chamada no banco para esclarecimentos. A funcionária da agência contou que uma mulher apresentou uma CNH falsa com o nome da empresária e uma assinatura de sua sócia, mas a foto não era a mesma pessoa que tentava sacar o dinheiro e nem da vítima. Quando o saque foi negado, a golpista se evadiu do local e não foi mais encontrada. A ocorrência foi registrada no 1º Distrito Policial de Limeira.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Rapidonoar

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Casal compra cartão de crédito por R$ 800 na internet e é preso por estelionato em BH

Sem Comentários

12/06/2019

Um casal foi preso suspeito de estelionato na noite dessa terça-feira (11), na rua da Bahia, no bairro de Lourdes, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Um cliente de um banco achou estranha a atitude de A.S.S., de 24 anos, e D.G.C.X., de 31. A Polícia Militar (PM) foi acionada e abordou o casal do lado de fora da agência. Inicialmente foram encontrados com eles cartões de crédito clonados. Logo depois, os militares foram até o hotel em que estavam e apreenderam mais cartões falsos para transações bancárias, um notebook, celular e um HD externo. O homem disse aos militares que comprou os cartões falsificados por R$ 800 na internet. A compra teria fornecido uma senha e locais ideais para golpe.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Itatiaia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Trio suspeito de estelionato é preso com 51 cartões bancários em Fortaleza

Sem Comentários

11/06/2019

Três homens foram presos pela Polícia Militar do Ceará sob suspeita de estelionato. A prisão aconteceu nesta terça-feira (11), no Bairro Montese, em flagrante realizado no 25º Distrito Policial. Uma vítima denunciou um dos suspeitos logo depois de perceber que ele havia trocado o seu cartão em uma agência bancária. A polícia foi acionada e achou os três homens em um veículo, a dois quarteirões do banco. Diversos cartões bancários com nomes de terceiros foram encontrados com o trio. Os homens são C.S.C. (40), M.V.S. (24), ambos sem antecedentes, e J.F.S. (54), com passagem por posse de drogas. Eles também estavam com recibos bancários e uma quantia de R$ 80. Na casa de C. os policiais encontraram mais cartões bancários, totalizando 51, além de celulares, relógios, um talão de cheques e uma máquina de leitura de cartão. Os homens foram conduzidos com todo o material apreendido ao 25º Distrito Policial. Eles foram autuados por associação criminosa e estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha que aplicava golpes em bancos é presa na BR-101, em Biguaçu

Sem Comentários

11/06/2019

Na tarde desta terça-feira (11), um trio de estelionatários que aplicava golpes em bancos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-101, em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Conforme a polícia, os três homens se passavam por funcionários de bancos e faziam compras e retiravam dinheiro utilizando os cartões dos clientes. Os estelionatários estavam em um veículo Onix locado e foram reconhecidos pelos agentes da PRF durante uma fiscalização. Em um compartimento atrás do rádio do carro, os policiais encontraram 30 cartões e seis crachás de identificação de bancos falsos. O golpe funcionava da seguinte maneira: utilizando os crachás falsos, os homens ofereciam ajuda a clientes nos caixas eletrônicos de agências bancárias. Durante a ação, eles memorizavam as senhas e trocavam o cartão da vítima por outro cartão do mesmo banco. Depois, retiravam dinheiro e faziam compras. A Polícia Rodoviária Federal também informou que o trio aplicava o golpe há pelo menos três meses e que fez vítimas na última segunda-feira (10). Os três homens, de 48, 32 e 31 anos, são moradores de São Paulo e já tinham antecedentes pelo mesmo crime. Eles foram encaminhados à Central de Polícia de São José para os procedimentos legais.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: NSC Total

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher tenta empréstimo e descobre que foi vítima de fraude e dívida de R$ 5,4 mil

Sem Comentários

12/06/2019

A vítima, de 28 anos, relatou na delegacia, que na terça-feira (11), foi até uma agência bancária, tentar um empréstimo e foi avisada que possui uma dívida de R$ 5,4 mil, de empréstimo feito em outro banco. O caso aconteceu em Em Sinop (MT). A mulher disse ainda que está com restrição no Sistema de Proteção ao Consumidor (SPC) e Serasa. Ela afirma que não fez empréstimo e teve seus dados pessoais usados de forma ilegal. Ontem, uma outra mulher, de 33 anos, também registrou boletim de ocorrência após ser vítima de golpe, ao tentar pegar um empréstimo. Ela relatou que pegou o contato de uma suposta empresa financeira e pelo WhatsApp iniciou a negociação para um empréstimo de R$ 5 mil. Após acertarem a forma de pagamento, a denunciante foi informada que precisaria fazer dois depósitos, sendo um de R$ 220, e o outro de R$ 270, para liberar o valor solicitado. Ela fez as transferências e, desde então, perdeu contato com a atendente.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Só Notícias

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior