Mulher tem aplicativo de banco clonado e perde R$ 1 mil

Sem Comentários

17/01/2020

Uma mulher de 27 anos teve o aplicativo de seu banco clonado e perdeu cerca de R$ 1 mil nesta quinta-feira, 16, em Rio Preto. Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima tentou acessar sua conta no banco por meio do aplicativo, quando recebeu um aviso que dizia que sua senha de acesso havia sido expirada. Nele dizia que a vítima deveria entrar em contato pelo atendimento online ou pelo próprio telefone do banco para solucionar o problema. A mulher acabou seguindo o procedimento de atendimento online e acabou informando os seus dados pessoais, que foram pedidos pelo suposto atendente. Ao perceber uma ação estranha, acabou entrando em contato com o atendimento via telefone, tentou solicitar o bloqueio de seu cartão para que não houvesse transações ilícitas, mas não conseguiu a tempo. O criminoso usou a conta da vítima para pagar um boleto particular no valor de R$ 1 mil. 

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário da Região

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Esquema de estelionato e lavagem de dinheiro é alvo de ação do Rio Grande do Sul

Sem Comentários

15/01/2020

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira uma operação para combater crimes de estelionato e lavagem de dinheiro em quatro cidades do Rio Grande do Sul. O alvo é uma organização criminosa suspeita de oferecer a empresários serviços de prospecção de linhas de crédito no Brasil e no Exterior. A ação, chamada de Greed, deve cumprir 22 ordens judiciais em casas e escritórios dos investigados, além de empresas de fachada ou suspeitas de envolvimento com o esquema. A Polícia Civil ainda cumprirá não disponibilização de imóveis e os bloqueios de contas bancárias. De acordo com a investigação da Polícia Civil, o grupo cobrava das vítimas honorários e custos para a obtenção de empréstimos que não se realizavam, se apropriando de valores. A lavagem de dinheiro era feita através de contas bancárias de familiares e empresas de fachada. 

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário RS

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

DF: construtora que prometia “casa do futuro” dá golpe milionário

Sem Comentários

15/01/2020


Uma construtora que prometia casas com projeto arquitetônico sustentável, “do futuro” e “dos sonhos” deixou aos menos 30 clientes no prejuízo após fechar as portas no fim do ano passado. O rombo é milionário e ultrapassa os R$ 2,8 milhões. A polícia ainda apura o total do calote. As vítimas denunciaram o caso à Polícia Civil do Distrito Federal ( PCDF) e ao Ministério Público do DF e Territórios ( MPDFT). Há informações de que alguns sócios embarcaram para o exterior logo após anunciar a falência e demitir funcionários. A Construtora se comprometeu a erguer grandes residências em regiões nobres do Distrito Federal. O prazo para a conclusão das obras prometido na maior parte dos contratos era de 12 meses. Os acordos com clientes eram fechados mediante o pagamento de 20% do valor total do serviço. O ex-colaborador acredita que houve desvio de recursos para proveito dos empresários, uma vez que, durante uma reunião, descobriu-se o desfalque de R$ 2,8 milhões para finalizar as obras. O dado foi indicado via planilha. Além do rombo, há informações de que a empresa coleciona dívidas com os fornecedores.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Metrópoles DF

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Clientes acusam financeira de estelionato após não receberem dinheiro combinado mesmo com depósito de garantia

Sem Comentários

08/01/2020

Uma financeira está sendo acusada por dezenas de pessoas de aplicarem golpes em Campinas. A empresa, que costuma fazer contratos com cartas de crédito para tratamentos médicos, investimentos e capital de giro para comerciantes, não teria repassado aos clientes os valores contratados. Cerca de 40 pessoas estiveram na frente da sede da empresa e protestaram. Todos também já registraram boletim de ocorrência na Polícia Civil por estelionato. Os comerciantes disseram também que houve fechamento de contratos via cartão de crédito da financeira em seus comércios, porém a Empresa não repassava o valor para os comerciantes, ficando com todo o dinheiro. Os valores dos contratos são os mais variados. Para receber o dinheiro contratado, seja via cartão ou carta de crédito, os clientes tinham que dar garantias, como pagamentos antecipados de parcelas ou entradas, mas mesmo com os pagamentos, o dinheiro prometido não foi depositado. Uma pessoa que trabalha na empresa disse anonimamente que a financeira faz parte de um grupo privado internacional, porém houve uma briga entre os acionistas e o capital das filiadas foi bloqueado, causando o efeito dominó.

Ler notícia na íntegra

Fonte: NC

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Jovem cai em golpe ao fazer compra em site falso

Sem Comentários

04/12/2019

Um homem de 26 anos perdeu R$ 630 nesta sexta-feira em Dourados depois e entrar num site falso de uma loja de varejo e comprar um suposto ar-condicionado. Conforme ocorrência, ele viu na internet, pela promoção black friday, o aparelho de ar na promoção, quente e frio. Ao gostar do preço confirmou a compra e efetuou o pagamento por depósito. Na sequência, tentou entrar em contato com a empresa fake, para comunicar que o pagamento foi em nome de um homem que tem conta num banco na cidade de Faxinal do Guedes/SC. Como não teve resposta, a vítima procurou a delegacia, sendo constatado que o dono da conta tem residência fixa em Imperatriz/MA. O caso foi registrado como estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Progresso

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Idosa cai em golpe do bilhete premiado e tem prejuízo de R$ 10 mil em Minas Gerais

Sem Comentários

04/12/2019

Uma idosa de 65 anos foi vítima do golpe do bilhete premiado em Araxá(MG) nesta terça-feira (3). Segundo a Polícia Militar (PM), o prejuízo foi de R$ 10 mil. A vítima disse à PM que uma mulher se aproximou dela e disse que não era da cidade. A criminosa pediu ajuda para ir a uma agência bancária e, no caminho, outra mulher apareceu e apresentou o falso bilhete premiado. Ela pediu para a vítima tirar o prêmio e, ao chegar agência, uma das mulheres ligou para uma terceira pessoas que, no viva voz, confirmou os números falsos sorteados. A golpista afirmou que não poderia sacar o dinheiro por causa da religião e vendeu o bilhete para a idosa por R$ 10 mil que sacou o dinheiro e pagou à mulher que fugiu. A idosa percebeu que tinha caído em um golpe quando chegou em casa e chamou a polícia. Ninguém foi preso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Jovem é preso em flagrante ao tentar comprar carro com documentos falsos no Espírito Santo

Sem Comentários

4/12/2019

Um jovem de 21 anos foi preso em flagrante ao tentar realizar o financiamento e a compra de um veículo com documentos falsos. A prisão dele foi efetuada por uma equipe da Delegacia Especializada de Crimes de Defraudações e Falsificações (Defa), na tarde de terça-feira (03), no município da Serra(ES). Segundo a a delegada responsável no caso, o suspeito tentava realizar a aquisição do bem, utilizando dados pessoais de terceiros. “A compra chegou a ser aprovada na concessionária, mas o banco responsável entrou em contato com o verdadeiro dono dos documentos. A vítima, então, procurou a nossa unidade policial para realizar a denúncia”, explicou a delegada. A partir das informações, policiais civis foram até o local e encontraram o suspeito no ato da assinatura do contrato de compra e venda do veículo. Com isso, foi dada a voz de prisão. o jovem foi autuado pelo crime de estelionato, uso de documento falso e falsidade ideológica.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Folha Vitória

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior