Polícia Civil prende em Goiás mulher que usou documento falso para tentar sacar benefício do INSS

Sem Comentários

11/09/2019

Em investigação a estelionatos ocorridos em Jaraguá, os policiais civis da Delegacia de Polícia da cidade, após troca de informações, passaram a monitorar ontem (10) uma mulher em atitude suspeita. Ela estava dentro de uma agência bancária e, munida de Carteira de Identidade e Carteira de Trabalho falsas, chegou a conseguir a ordem de pagamento de R$ 4 mil emitida pelo banco. Porém, quando foi pegar o dinheiro, foi dada voz de prisão a ela. A mulher tentava, com o documento falso, sacar pagamento referente ao auxílio doença. A suspeita se passava por outra pessoa. Mas após diligências, os policiais civis descobriram seu verdadeiro nome. Na delegacia ela confessou o crime e foi autuada em flagrante pelos delitos de uso de documento falso e tentativa de estelionato. A acusada veio da cidade de Pirenópolis(GO) somente para aplicar o golpe em Jaraguá (GO). Agora, está no presídio à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: FOLHAGO

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher é presa por estelionato ao sacar R$ 6 mil em banco com identidade falsa

Sem Comentários

06/08/2019

Nesta segunda-feira (5), uma cabeleireira de 50 anos foi presa tentando realizar um saque de R$ 6 mil no caixa de uma agência bancária em Recife (PE). A mulher utilizava documentos falsos e foi detida em flagrante por estelionato. O comprovante de saque chegou a ser emitido, mas os funcionários da agência desconfiaram que se tratava de um golpe e acionaram a polícia na mesma hora.

Ela já havia sido presa por estelionato no último mês de junho. “Ela entrou no banco tentando utilizar o RG falso. Os atendentes do caixa desconfiaram da autenticidade do documento e acionaram a polícia”, detalhou a delegada. A suspeita é de que a mulher tenha comprado um Registro Geral (RG) falso e feito diversas tentativas até conseguir apurar os valores.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário de Pernambuco

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Advogada investigada por estelionato, comunicação falsa de crime e uso de documento falso é presa em Divinópolis

Sem Comentários

26/07/2019

Foi presa nesta sexta-feira (26) em Divinópolis (MG), uma advogada de 27 anos pelos crimes de estelionato, patrocínio infiel, comunicação falsa de crime e uso de documento falso perante a Justiça do Trabalho e Polícia Federal (PF).A advogada teria fraudado um documento para o pagamento de uma consignação a um funcionário de uma empresa que havia falecido. O documento afirmava que um cliente dela e responsável pela empresa informava que a advogada tinha feito um depósito no valor de R$ 3.677,69 dentro da ação e que, por isso, precisava de um reembolso por parte do cliente. Ela também teria enviado um comprovante de pagamento. Porém, segundo a ata, a advogada depositou R$ 677,69 e teria alterado dados na guia que consta no processo. Após o cliente questioná-la, a advogada teria afirmado que o juiz da 2ª Vara do Trabalho de Divinópolis teria imposto uma multa à ação. A ata afirmava ainda que o cliente desconfiou da atitude dele, chamou outro advogado e fez registros em cartórios de conversas por aplicativo com a suspeita. Durante a audiência, ela foi destituída do caso e conduzida para a Delegacia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher é presa preventivamente após reincidência de estelionato na construção civil

Sem Comentários

24/07/2019

Nesta quarta-feira (24), uma mulher de 40 anos foi presa pela Polícia Civil. A prisão preventiva ocorreu devido a mais de 90 ocorrências na ficha criminal, a maioria por estelionato.  Conforme verificado pelo setor de investigação, o golpe era aplicado por meio do sonho da casa própria das vítimas que pagavam o adiantamento para a obra, mas não tinham a construção entregue. O encaminhamento da empresária ocorreu à Penitenciária Sul, onde ficará a partir de agora à disposição do Judiciário.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Canal Içara

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeita de estelionato é presa em operação das polícias Civil e Militar em Renascença

Sem Comentários

18/07/2019

Nesta quinta-feira (18), uma mulher suspeita de estelionato foi presa em uma operação conjunta das polícias Civil e Militar em Renascença (PR). Ela é investigada também por lavagem de dinheiro. Segundo as investigações da Operação Luxus,  os supostos golpes aplicados por ela durante três anos causaram prejuízos de cerca de R$ 3 milhões às vítimas. Segundo o delegado responsável, no caso dos golpes envolvendo viagens, a suspeita oferecia a própria conta bancária para o pagamento dos pacotes – geralmente pagos por meio de boletos bancários ou cartões – em troca de descontos, o que acabava atraindo as vítimas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Vítima de falsa policial civil relata golpe: ‘Ninguém tinha razão para desconfiar dela’

Sem Comentários

17/07/2019

Nesta segunda-feira (15), uma mulher foi presa por se passar por uma policial civil. A suspeita disse a uma de suas vítimas que havia recuperado a moto roubada dele e prendido o criminoso. Era tudo mentira. A mulher ainda forjou um boletim de ocorrência e levou para que a vítima pudesse assinar. O documento, segundo a suspeita, permitiria que ela retirasse a moto do depósito. A mulher foi descoberta depois que a vítima e seus colegas desconfiaram de que ela seria uma estelionatária. Ela contraiu uma dívida com pelo menos cinco pessoas, superior a R$ 1.400.

Os policiais viram, na segunda-feira (15), que o registro de ocorrência que ela apresentou era falso e que a jovem também estava com um documento falso da Polícia Civil. Ela foi indiciada por uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O Dia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Estelionatária é presa em flagrante tentando dar golpe em banco

Sem Comentários

15/07/2019

A Justiça decretou, neste domingo (14), prisão preventiva à estelionatária identificada como V.S.S.. Ela foi presa em flagrante, tentando aplicar um golpe em uma agência bancária no Centro do Rio (RJ) na última sexta-feira (13). De acordo com a polícia, no momento em que foi presa, a mulher debochou dos policiais alegando que seria liberada pela Justiça, o que não aconteceu.

O delegado, titular da 17ª DP de São Cristóvão, relatou que o crime foi descoberto por meio de denúncia de que uma quadrilha de estelionatários estaria prestes a roubar a agência e o objetivo da ação criminosa era desabilitar os cartões extraviados e sacar o dinheiro.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Super Rádio Tupi

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior