Dupla é presa suspeita de tentar comprar carros com documentos falsos, em João Pessoa

Sem Comentários

19/05/2018

Na sexta-feira (18), dois homens foram presos  suspeitos de tentarem comprar carros com documentos falsos em João Pessoa, na Paraíba. Segundo a polícia, comprovantes de renda, créditos bancários e outros documentos, que estavam no nome de um dentista de São Paulo, estavam sendo usados por um funcionário público de 51 anos que mora em João Pessoa. A polícia informou que, durante a tentativa de compra dos carros, o suspeito estava junto com outro homem, de 71 anos, que também foi detido, e uma mulher que conseguiu fugir do local. Conforme o relato da financeira à polícia, por pouco a negociação não foi concluída, mas a empresa suspeitou da documentação e fez a denúncia. A titular da Delegacia de Defraudações de João Pessoa, afirma que entrou em contato com o titular do RG que estava sendo utilizado pelo suspeito e ele confirmou que sequer havia visitado a Paraíba. A delegada disse ainda que os dois suspeitos foram presos e conduzidos à delegacia, onde foram autuados pela tentativa de estelionato, falsidade ideológica e pela formação de quadrilha. As informações da polícia são de que a mulher que conseguiu fugir do local já foi identificada e, posteriormente, será localizada e interrogada.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Mulher é presa em Pirapora com 30 RGs falsos, que eram usados para comprar e revender produtos

Sem Comentários

18/05/2018

Polpicia Civil suspeita que documentos falsos apreendidos em Pirapora foram comprados em Belo Horizonte (Foto: Polícia Civil/ Divulgação)

Uma mulher, de 38 anos, suspeita de cometer estelionatos em Pirapora (MG), foi presa nesta sexta-feira (18). Segundo a Polícia Civil, na casa dela, localizada no Bairro Industrial, pelo menos 30 RGs, além de cheques de terceiros e papéis que seriam usados para fabricar identidades falsas, foram apreendidos. A PC acredita que pelo menos trinta pessoas tenham sido vítimas de um golpe. A ação da suspeita, que pode ter envolvimento de mais pessoas, era feita através de revendas de produtos que ela comprava usando nomes e documentos falsos. Através de identidades e dados de pessoas desconhecidas, ela adquiria produtos eletrônicos e assinaturas de televisão a cabo, e revendia. As carteiras teriam sido adquiridas pela suspeita em Belo Horizonte. A polícia acredita que a mulher se passava por uma espécie de consultora de TV a cabo. Várias vítimas da cidade, sem saberem do que se tratava, procuravam pela suspeita com o intuito de que fosse instalado um sinal de TV fechada na casa delas. A mulher seria uma intermediadora e contratava a instalação, mas utilizando nomes falsos. “Dessa forma, ela se sentia a vontade para não pagar a empresa que fornece o sinal de TV. As vítimas pagavam a ela a quantia de R$ 150, esperando assistir aos canais fechados. No início dava certo, mas como ela não efetuava o pagamento, só no terceiro mês, quando o sinal era cortado, a pessoa percebia que havia caído em um golpe”, explica o delegado da Polícia Civil. Não é possível precisar quantas pessoas podem ter caído nestes golpes. “Diante do que encontramos na residência da mulher, temos certeza de que pelo menos trinta pessoas caíram em algum golpe, no mínimo; uma vítima para cada RG. Caso alguma pessoa tenha sido vítima e ainda não tenha procurado a polícia, pedimos para que o acionamento seja feito, o que vai ajudar muito nas investigações”, afirma o delegado. Como as carteiras de identidade falsas têm fotos de homens e mulheres, a Polícia Civil afirma que outras pessoas estão envolvidas no golpe de estelionato. Segundo a PC, as investigações continuam para que outros suspeitos sejam presos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Criminoso confessa à polícia que passou por várias blitzes com documentos falsos

Sem Comentários

17/05/2018

Foi preso na noite dessa quinta-feira (17) em Florestal, na Região Central de Minas, um homem de 29 anos que tinha um mandado de prisão em aberto por clonagem de veículos . Segundo a Polícia Rodoviária Federal, ele estava foragido desde o último Natal, quando saiu temporariamente da prisão e não voltou. Durante a abordagem, ele apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação falsa. Depois de ter sido desmascarado, ele ainda desafiou os policiais dizendo que passou por várias blitzes sem nunca ter sido identificado. Ele foi encaminhado para o posto da Polícia Rodoviária Federal, em Betim, na Região Metropolitana. Além de retornar à prisão, o homem ainda será autuado por uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O Tempo

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia Civil prende falsificador de documentos em Ribeirão Preto

Sem Comentários

16/05/2018

Na manhã desta quarta-feira (16), a Polícia Civil de Ribeirão Preto prendeu um falsificador de documentos. O homem, com passagens pela polícia de Ribeirão Preto, foi preso em flagrante em uma casa do bairro Jardim José Sampaio Júnior, na Zona Oeste da cidade. Segundo o delegado da Polícia Civil, o criminoso era um velho conhecido do meio policial, pois já havia sido preso em outras oportunidades. Não há informação sobre o valor que o falsificador cobrava pelas cópias. “O suspeito já participou de uma facção que adulterava documentação de veículos. Nesta quarta, nós o encontramos em casa e já estava iniciando os trabalhos para falsificar a CNH. Acreditamos que o homem possua outro local e apenas falsifique utilizando um computador e uma impressora”, afirma o delegado. Por hora, o homem será preso por falsificação de documento público, mas assim que a polícia tiver acesso às informações do computador, o crime pode ser ampliado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Revide

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem se passa por policial em barreira na BR-060 e acaba preso

Sem Comentários

15/05/2018

Na noite desta segunda-feira (14) na BR 060, na Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF), saída para Guapó (GO), um homem de 37 anos de idade foi preso por apresentar documento falso à polícia. Conforme a PRF, agentes deram ordem de parada a uma caminhonete Toyota Hilux que seguia no sentido Guapó/Goiânia, ocupada por quatro homens, e ao checar a documentação do veículo e dos passageiros, um deles apresentou-se como policial civil em Goiás. Ao se identificar para os agentes, o cidadão apresentou-se com atitude e comportamento inadequados para um agente de polícia, situação que levou os policiais suspeitarem da profissão do homem abordado. Após consultar a identidade funcional nos sistemas da Polícia Rodoviária Federal, os agentes constataram que o documento era falso, ele pertencia a uma agente da Polícia Civil de Goiás e tinha ocorrência de furto em 2011. O homem foi detido e encaminhado para o 4º DP em Aparecida de Goiânia e foi enquadrado por uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário de Goiás

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Foragido tenta enganar policiais com documentos falsos, mas acaba preso

Sem Comentários

11/05/2018

Um homem foragido, de 32 anos, foi preso por policiais do Serviço de Investigação e Captura (Sevic) do 1º DP de Porto Velho na manhã desta sexta-feira (11). A prisão aconteceu em uma residência localizada no Bairro Airton Senna, na Zona Leste de Porto Velho. No momento da prisão ele apresentou vários documentos falsos. Os policiais informaram que receberam denúncia anônima de que na residência havia um foragido da Justiça, e durante as investigações os policiais constataram dois mandados de prisão contra ele pelos crimes de furto qualificado e roubo. No momento da prisão, o criminoso apresentou vários documentos falsos para os policiais com o nome de outra pessoa. Ainda segundo os policiais, o homem apresentou o mesmo documento para policiais militares durante uma abordagem. Após alguns minutos de conversa, ele entrou em contradição e acabou revelando seu verdadeiro nome. A polícia irá indiciar o criminoso pelo crime de uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Rondoniagora

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Golpista é preso ao aplicar golpes milionários em MS usando documentos falsos, diz polícia

Sem Comentários

26/04/2018

Nesta quinta-feira (26), um golpista foi preso e interrogado pela polícia, suspeito de aplicar ao menos seis golpes em Mato Grosso do Sul. A delegada responsável pelas investigações, disse que o homem usava documentos falsos e pegou R$ 45 mil recentemente, ao forjar a venda de uma caminhonete. “O golpe ocorreu em uma financeira, na qual ele apresentou documento falso e pegou o dinheiro forjando a venda do veículo. Ele já foi indiciado e agora estamos colhendo informações. A suspeita é que ele tenha participação em mais cinco golpes similares em outras cidades do estado. O homem foi ouvido durante a manhã”, explicou a delegada. Já o carro do suspeito foi encontrado no cruzamento da rua das Garças com a José Antônio e levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro. “A investigação já está em andamento e então encaminhamos ofício para as financeiras e o Detran [Departamento Estadual de Trânsito]“, comentou. Um lojista, de 27 anos, foi uma das vítimas. Ele conta que o suspeito fez o financiamento e estava acompanhado de mais uma pessoa, quando compareceu em seu comércio em outubro de 2017. “O prejuízo foi de R$ 45 mil e agora informações de outros lojistas estão sendo apuradas. Esta pessoa inclusive teve um prejuízo muito grande, em torno de R$ 500 mil. O cálculo que fizemos seria algo em torno de R$ 1 milhão, tendo vítimas inclusive em São Paulo e no Paraná”, alegou.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior