Homem é preso com moeda falsa em Brasília

Sem Comentários

03/09/2019

Nesta segunda-feira (02), Policiais militares integrantes da ROTAM Alfa 4 faziam patrulhamento na cidade de Santa Maria quando por volta de 22 horas na Região Administrativa de Santa Maria, na quadra 103 – conjunto S, viram um veículo parado em atitude suspeita. O condutor do carro, ao ver a presença da Polícia Militar, tentou escapar, porém foi abordado momentos depois. Durante a revista pessoal nada de irregular foi encontrado, mas ao ser questionado sobre o motivo da fuga, ele respondeu que não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Os policiais militares fizeram a busca no perímetro e localizaram a carteira do indivíduo contendo a sua identidade e 900 reais em cédulas de 100 reais, segundo a PM, falsas. Diante dos fatos, o indivíduo recebeu voz de prisão e foi conduzido à Superintendência da Polícia Federal para tomada das medidas cabíveis. Dois Autos de Infração de trânsito foram confeccionados, tendo sido o veículo liberado para condutor habilitado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: PMDF

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe:

Suspeitos de estelionato são presos com dinheiro falso em Valença

Sem Comentários

02/08/2019

Nesta sexta-feira (2), dois homens suspeitos de estelionato foram presos com R$ 5.936 em cédulas falsas. A detenção ocorreu durante uma fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Valença (PI). Segundo informações da PRF, o dinheiro estava na posse de um homem de 34 anos que conduzia um veículo e do passageiro de 20 de anos. Durante as buscas, os policiais encontraram uma agenda com dados pessoais com contas bancárias, senhas e valores, registro de nascimento de pessoas idosas, além de cédulas de identidades em branco e cartões de créditos. Eles deverão responder pelo crime de falsificação de papel-moeda e estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: GP1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla é presa com R$ 10 mil em notas falsas

Sem Comentários

29/07/2019

Nesta segunda-feira (29), dois homens, suspeitos de falsificar moeda nacional, foram presos pela Polícia Federal (PF). As ações aconteceram em Fortaleza e em Cascavel, ambas no Ceará (CE). De acordo com a PF, um dos homens foi preso quando recebia, via Correios, R$ 4 mil em cédulas falsas em sua residência. Em Cascavel (CE), um jovem de 18 anos foi detido em casa com a quantia de R$ 6 mil também em notas falsas. Os dois foram conduzidos a sede da Superintendência da Polícia Federal, onde foram autuados pelo crime de aquisição e guarda de cédula falsa e podem pegar de 3 a 12 anos de prisão.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário do Nordeste

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PF apreende cerca de 1,4 mil notas de real falsas no primeiro semestre do ano em Porto Alegre

Sem Comentários

08/07/2019

A Polícia Federal (PF) apreendeu no primeiro semestre deste ano cerca de 1,4 mil notas de real falsificadas em Porto Alegre (RS). A média é superior à de 2018, quando, nos 12 meses, um total de 2 mil cédulas irregulares foram recolhidas. “A marca d’água não pode ser vista a olho nu, só olhando para a cédula. Tem que ser olhada por transparência, você coloca a cédula contra a luz e a marca d’água se vê”, explica uma perita criminal federal .

Um comerciante foi vítima do golpe, mas só percebeu ter sido enganado com uma nota falsa de R$ 100 quando teve o depósito recusado pelo banco. A vítima disse que comparou a nota falsa com uma verdadeira e afirmou que a falsa apresenta detalhes que não conseguiram aperfeiçoar, mas que estão perto disso. O criminoso que passou o dinheiro falso ao comerciante usou um truque comum: pagar um produto barato com uma nota de alto valor. No caso, a compra custou R$ 8 e ele levou R$ 92 verdadeiros de troco.

Depois do golpe, a vítima comprou duas canetas identificadoras de falsificações. Porém, a perita avisa diz que nem sempre elas funcionam. “Se está com dúvida, pegue uma [nota] do bolso, tente achar uma do bolso que é mais provável que seja verdadeira, ponha junto e compare. Porque sempre vai ter uma diferençazinha de tamanho” ou ainda “[...] sempre vai ter uma diferença na tonalidade, na qualidade da impressão [...]“, afirma a perita ao aconselhar não aceitar as notas em caso de dúvida de autenticidade fiduciária.

Um suspeito de passar as notas no comércio foi preso. A investigação tenta apurar se há mais envolvidos, e de onde partiram as cédulas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homens são presos por falsificação de documentos e uso de dinheiro falso em Tietê e Sorocaba

Sem Comentários

25/05/2019

Entre a tarde de sexta-feira (24) e a manhã deste sábado (25), três homens foram presos por falsificação de documentos públicos e uso de dinheiro falso em Tietê e Sorocaba (SP). Segundo a Polícia Militar, a equipe foi atender a uma ocorrência de um homem que havia entrado em um comércio muito nervoso dizendo que estava sendo seguido. No local, segundo a PM, o homem apresentou um xerox do RG. Ao fazerem a verificação, os policiais encontraram divergências nas informações apresentadas. Com isso, o sujeito confessou que o documento era falso, bem como uma nota de R$ 100 que estava com ele. A polícia informou ainda que o homem disse que já havia sido preso pelo crime de estelionato. Ele contou à polícia que estava em Tietê com mais dois homens para tentar sacar dinheiro de duas contas, uma jurídica e uma física, abertas com nomes falsos. O suspeito afirmou que estava movimentando a conta há dias e que já havia feito um saque de aproximadamente R$ 20 mil. Na sexta-feira, ele contou à polícia que tentou sacar mais dinheiro, mas, quando saiu da agência, encontrou com dois homens para quem ele devia dinheiro. Com medo, ele saiu correndo e foi até o comércio.

Quando questionado sobre os suspeitos que estavam com ele, informou que eles estavam em um carro com placas de Sorocaba. A equipe realizou um bloqueio e encontrou o carro onde os outros dois suspeitos estavam. Na busca pessoal foi encontrada uma nota falsa de R$ 100 com cada um. O primeiro homem informou que um deles produzia documentos falsos em sua casa e que aplicava golpes pelo Estado. Com as informações, a polícia foi até a casa do suspeito. No local foram encontradas diversas notas falsas de R$ 100, totalizando R$ 6.200. Além disso, foram encontrados centenas de documentos e carimbos falsos, um computador, impressora e plastificadora, equipamentos usados na prática do crime. Os três suspeitos foram presos e encaminhados para a Polícia Federal de Sorocaba. Os homens que teriam perseguido na saída do banco ainda não foram localizados.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Estrangeiro é preso por suspeita de estelionato e falsificação de notas em Monte Sião, MG

Sem Comentários

26/04/2019

Na quinta-feira (25), um estrangeiro foi preso suspeito de estelionato e falsificação de notas em Monte Sião (MG). Conforme a polícia, o homem angolano foi preso quando fugia em um táxi. Com o suspeito, a polícia encontrou notas de valores que chegavam a R$ 7,5 mil, roubadas da vítima que fez a denúncia. Também foram encontrados produtos químicos, que possivelmente eram usados para a falsificação. Ainda conforme a PM, o homem já havia sido preso no Paraguai e na Colômbia. O preso foi levado para o batalhão e será entregue para a Polícia Federal de Varginha (MG), que vai investigar o caso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso com mais R$ 231 mil em notas falsas dentro de ônibus na Bahia

Sem Comentários

21/02/2019

Na noite desta quarta-feira (20), um homem de 45 anos foi preso com mais de R$ 200 mil em notas falsas, no trecho da BR-116, na cidade de Jequié, no sudoeste da Bahia. A abordagem ocorreu dentro de um ônibus interestadual. Os agentes da Polícia Rodoviária Federal que participaram da abordagem no veículo perceberam a atitude suspeita de um dos passageiros. Ao verificarem a bagagem do homem, os policiais encontraram 2.316 cédulas de R$ 100 (R$ 231.600,00) com indícios de falsificação. O suspeito contou à polícia que comprou as cédulas por R$ 20 mil na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná. A PRF informou que ele pretendia repassar o dinheiro falso durante o Carnaval de Salvador. O homem, que não foi identificado, já tinha passagem pela polícia por uso de documento falso. O dinheiro falsificado, bem como o acusado, foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

Anterior