Documento digital de veículos é lançado e começa a valer primeiro no DF

Sem Comentários

27/08/2018

Documento digital de veículos começa a valer em Brasília

Nesta segunda-feira (27), em Brasília, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) na versão digital, que é o documento dos veículos, começou a ser disponibilizado para os motoristas. A tecnologia será adotada pelo Departamento de Trânsito (Detran) de cada estado gradualmente, começando pelo Distrito Federal. A determinação é de que todo o país ofereça o recurso até o fim de 2018. O site do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) manterá uma lista com os estados que já aderiram. Cada Detran é encarregado de determinar a cobrança ou não de taxa adicional pelo CRLV digital. De acordo com Ministério das Cidades, o documento não terá custos no Distrito Federal. Mas só poderá obtê-lo quem já tiver pago o licenciamento de 2018. O documento eletrônico de veículos tem o mesmo valor legal do CRLV impresso, que continua sendo de emissão obrigatória.

Aplicativo

“Fazemos um apelos aos Detrans de todas as outras 26 unidades da federação, para que tenham esse meio eletrônico nos seus sistemas informatizados de trânsito”, disse o ministro das Cidades, no evento de lançamento do projeto. O documento ficará disponível no aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”, que não tem custo para download. Por enquanto, o app só pode ser baixado em aparelhos Android. A expectativa é de que seja disponibilizada no sistema iOS até o fim desta segunda. Quem já tem o aplicativo da CNH Digital não precisa baixar o novo. Basta atualizá-lo, e a migração será feita automaticamente.

Integração com a CNH digital

Na plataforma, também será possível acessar a carteira de habilitação digital (CNH-e) e o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestres (DPVAT). “Com isso, diminuímos o tempo nas filas e ganhamos tempo com coisas que são efetivamente importantes”, disse a diretora-presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

Quem pode ter

Conforme o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o CRLVe só será expedido após a quitação dos débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais vinculados ao veículo, bem como o pagamento do DPVAT. Assim como a CNH digital, o CRLVe contém todas as informações do documento impresso e um “QR code” para leitura rápida e informatizada. A nova versão também permite exportação em arquivo PDF, com assinatura digital — que tem validade de documento autenticado. De acordo com o Código de Trânsito, o motorista que for parado sem o documento – impresso ou digital- comete infração gravíssima e pode receber multa de R$ 293,47, 7 pontos na carteira, além de ter o veículo removido.

CNH digital

A CNH-e está disponível para os motoristas do Brasil desde abril último. Quem ainda não tem o documento com o código pode solicitar a emissão da segunda via pelo site do Detran ou presencialmente. Ao receber o documento, basta acessar o aplicativo de celular e escanear o QR code. Depois disso, não é mais necessário apresentar a versão impressa. Antes de usar o app, é preciso atualizar os dados na página do órgão ou pelo telefone 154. A decisão de cobrança pela CNH digital cabe a cada estado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Fique ligado.

PRF prende homem por uso de documento falso na BR-226 no Tocantins

Sem Comentários

16/07/2018

Na última sexta-feira (13), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante, na BR-226, em Palmeiras do Tocantins, um homem por uso de documento falso. O preso já responde criminalmente pelo crime de estelionato. Na ocasião a equipe da PRF abordou o veículo Vw/Gol, conduzido por um homem de 32 anos. O motorista apresentou uma CNH e um CRLV. De acordo com os agentes,  documento de habilitação estava regular, no entanto, constatou-se que o CRLV apresentado possuía fortes indícios de falsificação.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Surgiu

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeito é preso ao dirigir em carro roubado e usar documento falso

Sem Comentários

12/07/2018

Na noite desta quarta-feira (11), um homem foi preso pela Polícia Rodoviária Federal durante uma fiscalização na BR 110, trecho de Paulo Afonso (a 477 quilômetros de Salvador). O sujeito estava com um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) falso e conduzia um veículo que pertence a uma locadora, alugado em abril deste ano. O registro da ocorrência foi feito por volta das 19h, quando os policiais abordaram o suspeito em um veículo GM Cruze, com placa de Belo Horizonte (MG). Após entrar em contato com a locadora, os policiais confirmaram que o automóvel foi alugado no final de abril e que ao tentar contato com o locatário, descobriu que o endereço cadastrado era falso. O irmão do suspeito também estava no veículo e após levantamento de dados, os policiais contataram que o mesmo possui passagens pela polícia por receptação de veículos roubados. A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil em Paulo Afonso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: A Tarde

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso com veículo roubado com documento falso em Viana

Sem Comentários

25/05/2018

Na tarde da última quinta-feira (24), equipe de policiais Rodoviários Federais realizava fiscalização com foco no combate à criminalidade no km 304 da BR 101, em Viana, quando abordou um veículo Hyundai/HB20S de cor prata, com placa de MG. Ao ser indagado pelos policiais acerca da procedência do veículo, o condutor apresentou sua CNH e o CRLV, reforçando que tudo estaria regularizado e que o comprou em Cariacica/ES por indicação de um amigo, há cerca de vinte dias. Dessa forma, foi realizada verificação minuciosa no veículo e aos sistemas policiais, sendo constatado que o veículo em questão se tratava na verdade, de um HYUNDAI/ HB20S com placa do ES, divergente da atual apresentada, constando registro de roubo ocorrido no município de Vitória/ES, na data de 11/01/2018. Em tese, o referido CRLV de exercício 2018, trata-se de documento público falsificado. Diante dos fatos, o condutor foi encaminhado junto ao veículo e ao CRLV apreendido, à Delegacia de Polícia Federal para as demais medidas cabíveis.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: ES Hoje

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Motorista com documento falso e quase 100 multas é apreendido pela PRF

Sem Comentários

21/04/2018

Na tarde da sexta-feira (20), em Morrinhos (GO), na BR 153, um homem foi preso por uso de documento falso. O detido conduzia uma caminhonete S10 e ia da cidade interiorana para Goiânia quando foi parado em abordagem de rotina da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os policiais descobriram que o documento de identificação do veículo além de falso, possuía um certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV) que fazia parte de um lote de documentos furtados no Estado do Tocantins. Após fazer uma consulta detalhada no veículo, os agentes descobriram que a documentação do carro estava vencida há três anos e que, desde 2016, constavam 89 multas no prontuário do veículo, chegando a cerca de 350 pontos em infrações, grande parte por excesso de velocidade e avanço de sinal. A ocorrência encaminhada à Central de Flagrantes local.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Jornal Opção

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Motorista é preso em flagrante por usar documento falso de veículo em Adamantina

Sem Comentários

23/03/2018

Nesta quinta-feira (22), um homem de 50 anos foi preso em flagrante por portar um Certificado de Registro e Licenciamento de Veiculo (CRLV) falso no km 590,1 da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), em Adamantina (SP). Segundo a Polícia Militar Rodoviária o veículo que ele conduzia possuiu mais de R$ 8 mil em multas. Uma equipe que estava na base da corporação abordou o Fiat Strada, com placas de União da Vitória (PR), que transitava no sentido Flórida Paulista – Lucélia e solicitou os documentos do condutor. De acordo com a polícia, o motorista apresentou sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida e certificado de licenciamento do veículo referente a 2017. Após consulta no sistema Prodesp e no site do Departamento de Trânsito (Detran) do Paraná, a corporação constatou que o CRLV era falso, que o veículo só estava licenciado no exercício de 2016, e que possuiu mais de R$ 8 mil de multas. O condutor assumiu que o documento do veículo era falso e que adquiriu o mesmo de um desconhecido na cidade de Londrina (PR) pelo valor de R$ 300. A ocorrência foi registrada na delegacia de Adamantina, onde o autor ficou preso à disposição da Justiça. O veículo foi autuado e apreendido.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PRF prende condutor por uso de documento falso

Sem Comentários

20/03/2018

O documento falso era utilizado para manter em circulação um veículo com mandado judicial de busca e apreensão. Na manhã de sábado (17), durante fiscalização na Unidade Operacional da PRF, no km 23 da BR-262, em Três Lagoas (MS), os policiais rodoviários federais abordaram o veículo Fiat/Grand Siena com placas aparentes de Ribeirão das Neves/MG conduzido por um homem de 27 anos. Durante a abordagem, verificou-se que o CRLV apresentado pelo motorista era falso. A equipe constatou que o automóvel tinha restrição judicial de circulação, pois estava com o licenciamento atrasado desde 2016. O veículo com restrição judicial de circulação não pode ter CRLV emitido regularmente pelo DETRAN. Por esse motivo, para circular em via pública e enganar a fiscalização, foi feita a compra do CRLV falso. O motorista foi preso em flagrante por uso de documento falso e foi encaminhado juntamente com o veículo para a Delegacia de Polícia Federal de Três Lagoas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Folha Nobre

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior