Motorista de ônibus interestadual é preso por uso de documento falso em estrada do Acre

Sem Comentários

02/02/2019

Um motorista de ônibus foi preso em flagrante por uso de documento falso no quilômetro 115 da BR-364, em Rio Branco. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o documento apresentado pelo homem fazia parte de um lote furtado/extraviado do Departamento de Trânsito do Piauí. O flagrante ocorreu na noite da quinta-feira (31) durante uma fiscalização de rotina, mas a informação foi divulgada somente na sexta (1º). Segundo a polícia, o ônibus abordado fazia o transporte interestadual de passageiros de Rio Branco para Porto Velho (RO). Durante a fiscalização tanto de passageiros como de bagagens, os policiais solicitaram a carteira de habilitação do motorista e o Certificado de Registro de Licenciamento do Veículo (CRLV). Foi quando a equipe constatou que o veículo não tinha autorização para fazer o transporte interestadual de passageiros. A polícia informou que o proprietário do veículo estava no ônibus e confirmou que não tinha a autorização. Ao fazerem consulta no sistema, os policiais verificaram que o documento apresentado fazia parte de um lote furtado/extraviado do Detran do Piauí em outubro de 2018. Conforme a polícia, tanto o motorista quanto o proprietário afirmaram que não tinham conhecimento de que o documento fosse falso. O motorista foi levado para a Delegacia da Polícia Federal e o dono do ônibus também foi encaminhado para prestar esclarecimentos. O veículo foi apreendido.

PRF de Uberlândia apreende veículo clonado e documentos falsos

Sem Comentários

21/01/2019

Na madrugada da sexta-feira (19), no km 634 da BR 365, a equipe da PRF em frente à UOP PRF Uberlândia (MG), deu ordem de parada ao veículo Toyota Hilux SW conduzido por um homem de 45 anos. Ao ser solicitada a documentação do veículo e do condutor, este apresentou CRLV com indícios de falsidade. Diante do fato foi realizada uma fiscalização minuciosa no veículo sendo constatados indícios de adulteração nos sinais identificadores (Chassi, vidros, etiquetas). Após análise foi identificado que o veículo original trata-se da Toyota Hilux SW4, furtada a pouco mais de um mês na cidade de Tupaciguara (MG). Foi dada voz de prisão ao condutor por suspeita de uso documento falso e receptação. O detido declarou que teria pago 232 mil reais pelo veículo, mas não soube indicar os dados do suposto vendedor. O utilitário foi apreendido e encaminhado com o detido para o plantão da Polícia Federal de Uberlândia, para a lavratura do flagrante.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Tudo em Dia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso após apresentar documento falso para liberação de veículo apreendido em RO

Sem Comentários

13/12/2018

Em Ariquemes (RO) no Vale do Jamari, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), prendeu um homem, de 63 anos, após o mesmo apresentar um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) falso para retirar um caminhão apreendido em julho de 2018 com impostos atrasados. Os policiais apuraram que o documento impresso fazia parte de um lote roubado na Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) na cidade de Porto Nacional (TO). Conforme a PRF, o caminhão foi apreendido em julho durante a Operação Expoari 2018, com o licenciamento atrasado. O homem procurou a Unidade Operacional em Ariquemes, apresentou os comprovantes de pagamento das despesas de diárias do veículo no pátio e o documento CRLV emitido pelo Departamento de Trânsito (Detran) de Goiás com o licenciamento de 2018 atualizado. Durante checagem dos documentos junto ao sistema, foi constatado que o CRLV fazia parte de um lote de roubado na Ciretran da cidade de Porto Nacional (TO), o sujeito recebeu voz de prisão por uso de documento falso e foi apresentado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) em Ariquemes.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Condutor é preso após apresentar documento falso

Sem Comentários

10/12/2018

Um homem de 62 anos foi preso por apresentar documento falso de um veículo GM Celta, com placas de Criciúma. O fato aconteceu na noite desse domingo (09), em Araranguá (SC). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), policiais abordaram o condutor em frente ao posto da polícia e o motorista apresentou o documento do veículo falso. Em vistoria no automóvel, foi encontrado mais um documento de 2016 também falso. O licenciamento do carro não estava pago desde 2011. Diante dos fatos, o homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal em Criciúma.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Engeplus

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é detido pela PRF por uso de documento falso em Guaraí

Sem Comentários

06/12/2018

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou na manhã desta quinta-feira (06), no km 332 da BR-153, em Guaraí (TO), um homem por uso de documento falso. Durante fiscalização de rotina, os agentes da PRF abordaram o veículo conduzido por S.C.F, de 56 anos, que apresentou o certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV) com fortes indícios de adulteração. Após consulta aos sistemas da PRF, foi constatado a ocorrência de furto. Questionado sobre a origem do veículo, o condutor relatou que teria comprado na cidade de Curitiba/PR no mês de julho do corrente ano e negociado uma camionete F-1000 ano 1998, no valor de R$ 45.000,00. O motorista relatou ainda que adquiriu o veículo de uma pessoa física e teria lavrado um contrato de locação em vez de um contrato de compra e venda devido o veículo estar com restrição judicial. Diante das informações obtidas foram constatados, a princípio, os seguintes delitos: Receptação Culposa e Uso de documento falso. O documento CRLV apresentado na fiscalização foi enviado via correio por um despachante e o condutor encaminhado para a polícia civil de Guaraí.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Surgiu

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Condutor é preso por uso de documento falso em Dom Eliseu

Sem Comentários

12/11/2018

Na sexta-feira (09), na BR 010, km 19 em Dom Eliseu, policiais rodoviários federais prenderam um homem por conduzir um caminhão com documento falso. Os agentes abordaram o veículo e durante os procedimentos de fiscalização, verificou-se que o CRLV do caminhão apresentado pelo condutor tratava-se de um documento público furtado dos lotes do Departamento Estadual de Trânsito do Mato Grosso, constando no documento informações falsas relativas à situação do veículo. Diante do flagrante, o condutor foi encaminhado para Polícia Civil de Dom Eliseu para os procedimentos legais cabíveis.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Cenário MT

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Documento digital de veículos é lançado e começa a valer primeiro no DF

Sem Comentários

27/08/2018

Documento digital de veículos começa a valer em Brasília

Nesta segunda-feira (27), em Brasília, o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) na versão digital, que é o documento dos veículos, começou a ser disponibilizado para os motoristas. A tecnologia será adotada pelo Departamento de Trânsito (Detran) de cada estado gradualmente, começando pelo Distrito Federal. A determinação é de que todo o país ofereça o recurso até o fim de 2018. O site do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) manterá uma lista com os estados que já aderiram. Cada Detran é encarregado de determinar a cobrança ou não de taxa adicional pelo CRLV digital. De acordo com Ministério das Cidades, o documento não terá custos no Distrito Federal. Mas só poderá obtê-lo quem já tiver pago o licenciamento de 2018. O documento eletrônico de veículos tem o mesmo valor legal do CRLV impresso, que continua sendo de emissão obrigatória.

Aplicativo

“Fazemos um apelos aos Detrans de todas as outras 26 unidades da federação, para que tenham esse meio eletrônico nos seus sistemas informatizados de trânsito”, disse o ministro das Cidades, no evento de lançamento do projeto. O documento ficará disponível no aplicativo “Carteira Digital de Trânsito”, que não tem custo para download. Por enquanto, o app só pode ser baixado em aparelhos Android. A expectativa é de que seja disponibilizada no sistema iOS até o fim desta segunda. Quem já tem o aplicativo da CNH Digital não precisa baixar o novo. Basta atualizá-lo, e a migração será feita automaticamente.

Integração com a CNH digital

Na plataforma, também será possível acessar a carteira de habilitação digital (CNH-e) e o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestres (DPVAT). “Com isso, diminuímos o tempo nas filas e ganhamos tempo com coisas que são efetivamente importantes”, disse a diretora-presidente do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro).

Quem pode ter

Conforme o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), o CRLVe só será expedido após a quitação dos débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito e ambientais vinculados ao veículo, bem como o pagamento do DPVAT. Assim como a CNH digital, o CRLVe contém todas as informações do documento impresso e um “QR code” para leitura rápida e informatizada. A nova versão também permite exportação em arquivo PDF, com assinatura digital — que tem validade de documento autenticado. De acordo com o Código de Trânsito, o motorista que for parado sem o documento – impresso ou digital- comete infração gravíssima e pode receber multa de R$ 293,47, 7 pontos na carteira, além de ter o veículo removido.

CNH digital

A CNH-e está disponível para os motoristas do Brasil desde abril último. Quem ainda não tem o documento com o código pode solicitar a emissão da segunda via pelo site do Detran ou presencialmente. Ao receber o documento, basta acessar o aplicativo de celular e escanear o QR code. Depois disso, não é mais necessário apresentar a versão impressa. Antes de usar o app, é preciso atualizar os dados na página do órgão ou pelo telefone 154. A decisão de cobrança pela CNH digital cabe a cada estado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Fique ligado.

Anterior