Acusado de falsificar CNHs é preso em Várzea Grande

Sem Comentários

12/02/2019

Na segunda-feira (11), no bairro Santa Isabel, em Várzea Grande, um homem, de 32 anos, foi preso acusado de falsificar diversas Carteiras Nacional de Habitação (CNH). Conforme informações do 4° BPM, o sujeito, que usa tornozeleira eletrônica, foi detido pela Força Tática em atitude suspeita no bairro. Ele tem quatro passagens criminais por furto, porte ilegal de arma de fogo, homicídio e falsificação de documento público. Durante fiscalização em sua residência, os policias apreenderam uma impressora responsável pela impressão dos documentos falsos, dois notebooks e dezenas de fotos e dados de clientes que contratavam o homem para a produção de CNH e Certificado de Registro de Veículo (CRV) falsificados. Uma máquina de cartão para receber os valores e um caderno de anotações contendo dados de contas bancárias e negociações da atividade criminosa também foram apreendidos.

Presa dupla que falsificava documentos e aplicava golpes em bancos

Sem Comentários

30/01/2019

Dois homens suspeitos de aplicar golpes em bancos e no comércio foram presos em flagrante por agentes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). Com eles, os policiais apreenderam 11 carteiras de habilitação falsificadas, cartões bancários, além de um computador, e uma impressora que eram usados para as falsificações. Procurado pela Justiça de Goianira, onde tinha contra si dois mandados de prisão já expedidos, R.L.R., de 37 anos, era o líder do esquema. Ele foi preso junto com E.Y.F.S.C., de 27 anos, no Setor Planalto, no momento em que se preparava para aplicar mais um golpe. “O R. já é um velho conhecido da polícia e tem passagens por estelionato em Santa Catarina, no Distrito Federal, e em Goiás. Era ele mesmo quem falsificava, em sua casa, carteiras de habilitação e comprovantes de rendimento e endereço, depois abria contas em bancos, e estourava os limites dos cheques e cartões. De tempos em tempos ele contratava algumas pessoas para ajuda-lo nos golpes, e o E.Y. foi um deles, que veio de Brasília só para isso”, relatou o delegado adjunto da Deic. Somente em uma instituição bancária, segundo o delegado, o homem deu um prejuízo superior a R$ 10 mil. As investigações, que começaram em junho do ano passado, mostram que recentemente ele também tentou dar o golpe em uma concessionária de veículos, mas desistiu quando os funcionários desconfiaram dos documentos apresentados. A polícia trabalha agora no sentido de identificar novas vítimas e outras pessoas que também estariam atuando junto com a dupla. Os homens foram autuados em flagrante por estelionato, uso de documentos falsos, e associação criminosa.

PRF prende suspeito de receptação e uso de documento falso em Canapi, AL

Sem Comentários

27/01/2019

Na madrugada deste domingo (27), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um homem suspeito de receptação e uso de documento falso, na BR-423, em Canapi, no Sertão de Alagoas. Segundo a PRF, o homem foi abordado dirigindo uma picape Chevrolet/S10 prata durante uma fiscalização no Km 26 da BR-423 por volta das 1h30. A polícia solicitou a documentação, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV), e percebeu divergências nos dados do proprietário. O CRLV tinha outro nome e apresentava ranhuras na Unidade de Federação (UF), com sinais de adulteração, o que caracteriza crime de uso de documento falso. Os agentes da PRF também perceberam que a numeração do chassi da picape estava adulterada, com sinais de ter sido raspada. Eles também localizaram uma gravação original do chassi, de um Chevrolet S/10 LS DD2, de cor prata, com queixa de Roubo/Furto de 7 de junho de 2017 em Recife, Pernambuco. O motorista disse aos policiais que comprou o veículo em Caruaru, Pernambuco por R$ 73 mil reais. Ele contou que deu R$ 7 mil de entrada e o restante em mercadorias (jeans). O motorista e a picape foram encaminhados para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Delmiro Gouveia.

Golpe sem sucesso: cliente tenta comprar carro com documento falso na Capital

Sem Comentários

24/01/2019

Foi preso em flagrante, na tarde de ontem (23), R.L.S., de 45 anos, após tentar comprar um veículo em uma garagem de automóveis na Rua Salgado Filho, no bairro Amambai, em Campo Grande. Conforme o registro da ocorrência, o suspeito tentava comprar um veículo Strada, no valor de R$ 30 mil. Ele disse ao despachante que daria R$ 10 mil em dinheiro e financiaria o restante em 48 parcelas. Na hora de conferir a documentação do cliente, o vendedor suspeitou que a Carteira Nacional de Habilitação era falsa e acionou a Polícia. Ao ser abordado pelos policiais, o homem confessou que portava documento falso e teria comprado a CNH de um homem identificado apenas como Fernando, que seria morador de Camapuã. Ele foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. 

Homem é preso em flagrante ao tentar reconhecer firma com documento falso

Sem Comentários

22/01/2019

Na manhã desta terça-feira (22), um homem de 37 anos foi preso com uma CNH falsa ao tentar fazer o reconhecimento de firma em um cartório localizado na Rua Antônio Maria Coelho, no Centro de Campo Grande. Ao apresentar a CNH falsa, foi verificado indícios de falsificação no documento. A Polícia Municipal então foi acionada e fez a prisão em flagrante do autor. Consta no boletim de ocorrência que o estelionatário disse que teria pago R$ 1 mil para o documento falsificado. Ele então foi preso e levado à Primeira Delegacia da Capital onde feito um boletim de ocorrência por uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Midiamax

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso com CNH falsa em Nova Casa Verde

Sem Comentários

12/01/2018

Na tarde desta sexta-feira (11) um homem de 44 anos foi preso em flagrante portando documento falso. A prisão foi efetuada na MS-134, em Nova Casa Verde, distrito de Nova Andradina (MS). A Polícia Militar Rodoviária realizava fiscalização de rotina, quando abordou um indivíduo em uma motocicleta na altura do Km 104. Ao apresentar os documentos, os policiais constataram que o papel da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não era compatível com o papel moeda padrão. Em checagem no sistema policial, foi constatado que o homem não era habilitado. Quando questionado sobre os motivos que o levaram a usar o documento falso, ele alegou que é analfabeto e teria dificuldade para adquirir a CNH por meios legais, razão pela qual pagou R$1.800 reais a um homem no município de Deodápolis para adquirir a Carteira Nacional de Habilitação irregular. Diante dos fatos, o autor foi conduzido para a 1° Delegacia de Polícia Civil de Nova Andradina, onde o caso foi registrado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Nova News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem com carteira de motorista falsa é detido em rodovia de SC

Sem Comentários

08/01/2019

Policiais rodoviários federais flagraram um homem de 50 anos dirigindo com carteira nacional de habilitação falsificada, em abordagem ocorrida na BR 101, em Tubarão. O motorista conduzia um Ford Focus, de Morro da Fumaça, e foi abordado em fiscalização de rotina. Durante conferência da documentação, os agentes perceberam imprecisões na CNH entregue pelo motorista. Em consultas aos sistemas da PRF e do Detran, foi constatado que ele não era habilitado. O condutor admitiu a falsificação e que comprou a imitação do documento, pois tinha dificuldades na obtenção da carteira de motorista. O homem foi detido e encaminhado, junto com a falsificação, para a Delegacia de Tubarão, onde responderá por uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: OCP

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior