PRF prende homem portando CNH falsa na BR-101 na Serra

Sem Comentários

08/04/2019

Na tarde deste domingo (07), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na BR 101, um homem que portava Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. Policiais realizavam fiscalização de combate à criminalidade no Km 251 da BR 101, quando abordaram o veículo com um ocupante. Em solicitação às documentações pertinentes, o condutor apresentou sua CNH. Ao realizar consulta aos sistemas policiais, os agentes verificaram que o mesmo não era habilitado, além disso, as numerações que constavam no documento apresentado não existiam. Questionado, o condutor afirmou não ser habilitado e que teria comprado a carteira falsa de um sujeito, em Cariacica, por R$ 3 mil, à vista. Por estar, em tese, caracterizado como crime de uso de documento falso, o condutor foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal para os procedimentos legais cabíveis.

Homem bate em viatura da PM e é preso com documento falso em São Miguel dos Campos, AL

Sem Comentários

05/04/2019

Um homem foi preso na noite de quinta-feira (04) após bater em uma viatura da Polícia Militar de Alagoas e apresentar carteira de habilitação falsificada. O flagrante foi feito na BR-101, em São Miguel dos Campos. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os militares faziam rondas quando viram a colisão entre a viatura da PM e um Ford/Ka de cor verde. Eles constaram que a Carteira Nacional de Habilitação apresentada pelo condutor não batia com os dados do Renach. O condutor admitiu que pagou a quantia de R$ 1 mil pelo documento falsificado. Entretanto, não passou informações sobre o vendedor. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de São Miguel dos Campos. O veículo e a documentação falsificada também foram apreendidos pelos agentes.

Em abordagem, polícia desconfia da textura de CHN, constata falsificação e prende homem em flagrante

Sem Comentários

28/03/2019

Um tratorista, de 41 anos, foi preso ao ser flagrado com uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. O fato ocorreu nesta quinta-feira (27), em Mirante do Paranapanema, durante uma abordagem policial. A Polícia Rodoviária realizava uma fiscalização no Km 11, da SPA 001–563 e determinou a parada de uma camionete, com placas de Paranavaí (PR), conduzida pelo indivíduo. Durante a abordagem, foi solicitado ao condutor as documentações pessoal e a do veículo, que foram entregues à polícia. Ao manusear a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apresentada, a polícia suspeitou da textura do documento e, em pesquisa dos dados, foi constatado “registro inexistente”. Em razão da constatação, os policiais questionaram o tratorista sobre a procedência da CNH e ele, informalmente, disse que a adquiriu com um contato na cidade de Várzea Grande (MT) após passar por alguns testes psicológicos e fornecer a sua digital para aquela documentação.

O homem ainda declarou ter recebido, recentemente, uma correspondência do suposto contato solicitando a regularização do documento e que, após assistir a uma reportagem na TV sobre as fraudes em CNH ocorridas em Várzea Grande, passou a desconfiar que a sua carteira fosse falsa. Formalmente interrogado, o tratorista confirmou que adquiriu Carteira Nacional de Habilitação sem que fosse submetido a prova prática ou teórica, pagando R$ 860 a uma pessoa desconhecida, “sendo certo, pois, que conhecia da origem ilícita do documento adquirido”. A voz de prisão em flagrante por uso de documento falso contra o tratorista, que é morador em Santo Antônio do Caiuá (PR), foi ratificada na Delegacia da Polícia Civil, onde ele permaneceu detido à disposição da Justiça.

Homem é preso com carteira de habilitação falsificada

Sem Comentários

27/02/2019

Nesta terça-feira (26), um homem foi preso em flagrante portando Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsificada. O crime aconteceu na cidade de Araxá, situada a 119km de Uberaba. Segundo a Polícia Civil, o indivíduo esteve na Delegacia de Trânsito solicitando a renovação da carteira, quando os policiais descobriram que, na verdade, o documento era falso. Ainda conforme a PC, não existem registros que constam a aprovação dele nas fases exigidas para a emissão da CNH e a compra do documento teria ocorrido em Uberaba. O homem foi preso em flagrante pelo próprio delegado. Conforme foto encaminhada pela PC (acima), é possível notar a diferença de um documento para o outro. A carteira da esquerda, verdadeira, possui símbolos com marcas vermelhas. Enquanto isso, a da direta aparece com marcas azuladas e é o documento falsificado.

PRF prende condutor por uso de documento falso em Cariri (TO)

Sem Comentários

25/02/2019

Durante um atendimento a acidente em Cariri do Tocantins, na altura do km 689 da BR 153, a equipe da PRF observou um veículo executando manobra de conversão irregular. Diante do fato, o veículo foi abordado e fora solicitada a documentação do caminhão e do seu condutor. De imediato, a equipe da PRF suspeitou da autenticidade da CNH apresentada, sendo que ao realizar consultas confirmou que o documento era falso. O condutor informou que teve sua CNH apreendida em razão de estar conduzindo embriagado há aproximadamente dois anos no estado de São Paulo e que por tal ato lhe fora imposta punição de suspensão do direito de dirigir. Alegou que trabalha como motorista profissional e não poderia ficar sem CNH, assim acionou o contador da empresa que trabalha para que este lhe “ajeitasse” uma outra habilitação, e assim foi feito. Diante do flagrante, o condutor foi preso como autor do crime de uso de documento falso, sendo então conduzido para Central de Flagrantes de Gurupi para continuidade dos procedimentos legais. O caso ocorreu nesta segunda-feira (25).

Acusado de falsificar CNHs é preso em Várzea Grande

Sem Comentários

12/02/2019

Na segunda-feira (11), no bairro Santa Isabel, em Várzea Grande, um homem, de 32 anos, foi preso acusado de falsificar diversas Carteiras Nacional de Habitação (CNH). Conforme informações do 4° BPM, o sujeito, que usa tornozeleira eletrônica, foi detido pela Força Tática em atitude suspeita no bairro. Ele tem quatro passagens criminais por furto, porte ilegal de arma de fogo, homicídio e falsificação de documento público. Durante fiscalização em sua residência, os policias apreenderam uma impressora responsável pela impressão dos documentos falsos, dois notebooks e dezenas de fotos e dados de clientes que contratavam o homem para a produção de CNH e Certificado de Registro de Veículo (CRV) falsificados. Uma máquina de cartão para receber os valores e um caderno de anotações contendo dados de contas bancárias e negociações da atividade criminosa também foram apreendidos.

Presa dupla que falsificava documentos e aplicava golpes em bancos

Sem Comentários

30/01/2019

Dois homens suspeitos de aplicar golpes em bancos e no comércio foram presos em flagrante por agentes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). Com eles, os policiais apreenderam 11 carteiras de habilitação falsificadas, cartões bancários, além de um computador, e uma impressora que eram usados para as falsificações. Procurado pela Justiça de Goianira, onde tinha contra si dois mandados de prisão já expedidos, R.L.R., de 37 anos, era o líder do esquema. Ele foi preso junto com E.Y.F.S.C., de 27 anos, no Setor Planalto, no momento em que se preparava para aplicar mais um golpe. “O R. já é um velho conhecido da polícia e tem passagens por estelionato em Santa Catarina, no Distrito Federal, e em Goiás. Era ele mesmo quem falsificava, em sua casa, carteiras de habilitação e comprovantes de rendimento e endereço, depois abria contas em bancos, e estourava os limites dos cheques e cartões. De tempos em tempos ele contratava algumas pessoas para ajuda-lo nos golpes, e o E.Y. foi um deles, que veio de Brasília só para isso”, relatou o delegado adjunto da Deic. Somente em uma instituição bancária, segundo o delegado, o homem deu um prejuízo superior a R$ 10 mil. As investigações, que começaram em junho do ano passado, mostram que recentemente ele também tentou dar o golpe em uma concessionária de veículos, mas desistiu quando os funcionários desconfiaram dos documentos apresentados. A polícia trabalha agora no sentido de identificar novas vítimas e outras pessoas que também estariam atuando junto com a dupla. Os homens foram autuados em flagrante por estelionato, uso de documentos falsos, e associação criminosa.

Anterior