Homem falsificava documentos para fazer compras e ostentava nas redes sociais

Sem Comentários

06/08/2019

O suspeito foi preso nesta segunda-feira (5) por policiais do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estelionato, falsificação de documento público e uso de documento falso. Uma das vítimas é um servidor do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM). De acordo com a polícia, o suspeito utilizou documentos falsos em nome do servidor público para fazer compras em diferentes centros comerciais da capital. O é valor estimado em R$ 30 mil.

As investigações inciaram após a vítima comparecer na delegacia no dia 17 de julho deste ano e comunicar que havia uma pessoa usando o nome dele para fazer compras. Ainda segundo a polícia, o indivíduo realizou abertura de crédito em bancos da capital amazonense utilizando o nome da vítima. Em depoimento à polícia, o homem informou que pagava uma quantia de R$ 1 mil para obter documentos falsos de terceiros, e relatou ainda que comprava os produtos para dar de presente, o que caracteriza crime de receptação. Com ele foram apreendidos uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH), contra cheques e comprovantes de residência falsos. R.B.M. foi indiciado por estelionato, falsificação de documento público e uso de documento falso. Ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: D24AM

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é detido com CNH falsa na Rodovia Anhanguera

Sem Comentários

05/08/2019

Neste domingo (4), a Polícia Militar Rodoviária (PMR) deteve na tarde um homem de 57 anos dirigindo com uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsa, próximo a praça de pedágio da Rodovia Anhanguera, em Nova Odessa (SP). Ele foi abordado por policiais no km 117 da via. O suspeito conduzia um Ford Escort e, segundo informações da polícia, foi apresentada uma permissão para dirigir cassada e com divergências na validade, número do espelho e na data de emissão.

Ao ser questionado, o indivíduo disse que renovou o documento através do Poupatempo em Diadema (SP) e que desconhecia quaisquer irregularidades. No trajeto até o plantão policial, no entanto, ele mudou a versão e confessou que, após ter o documento cassado, recorreu a um desconhecido que prometeu regularizar a CNH por R$ 2,8 mil.O suspeito não soube informar a identidade do rapaz que realizou o “serviço”. A ocorrência foi apresentada na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana (SP). O homem ficou preso na carceragem anexa à delegacia, permanecendo à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: O Liberal

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Preso por furtos em Dourados é autuado por uso de CNH falsa

Sem Comentários

31/07/2019

Na terça-feira (30), um homem de 31 anos foi detido após denúncia à 9ª Companhia da Polícia Militar. O indivíduo é suspeito de integrar quadrilha especializada em vários furtos registrados em Dourados (MS) ao longo do mês. O homem além de ter sido preso por furto, foi autuado por uso de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsa.  Ele é investigado por suposta participação em furto de um carro, seguido de dois assaltos a comércios em Dourados (MS): um supermercado e uma loja de celulares. Na casa onde foi encontrado a PM apreendeu várias ferramentas usadas para arrombar porta e cofres de comércios, como pé de cabra e disco de corte.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Rádio Grande FM 92,1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Polícia faz operação no RS contra grupo suspeito de vender carteiras de habilitação falsas pela internet

Sem Comentários

31/07/2019

Nesta quarta-feira (31), a Polícia Civil realizou uma operação contra um grupo suspeito de vender de carteiras de habilitação falsas pela internet. Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Gravataí e Passo Fundo, todas cidades no estado do Rio Grande do Sul. A investigação apontou que a emissão de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) é impossível sem que o motorista tenha realizado os testes teóricos e práticos necessários para a obtenção do documento, o que prova que os documentos são falsos.

A polícia conseguiu rastrear essas pessoas que estavam vendendo essas CNHs falsificadas pela internet e foi capaz de identificar algumas das residências através do número do IP, realizando assim, sete mandados de busca com objetivo de angariar esses documentos fraudulentos, assim como as máquinas.

Além dos responsáveis pela venda, eventuais compradores também podem responder por falsificação de documento público, estelionato e uso de documento falso. Porém, a polícia desconfia que muitos sequer recebiam o documento pelo qual pagaram.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Em acidente entre carro e moto, motorista é preso com CNH falsa

Sem Comentários

31/07/2019

Nesta terça-feira (30), um homem de 48 anos foi preso após um acidente envolvendo o carro que dirigia e uma motocicleta em Campo Grande (MS). A prisão ocorreu, porque o indivíduo apresentou aos policiais uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsificada. Conforme informações do Boletim de Ocorrência (B.O.), o motociclista de 18 anos seguia pela pela rua quando, em um cruzamento, invadiu a preferencial e colidiu contra o carro do suspeito de 48 anos. Com a batida, o motociclista sofreu ferimentos pelo corpo e foi socorrido pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Ele não possuía CNH.

Durante o registro da ocorrência, o motorista do carro apresentou uma CNH falsificada à polícia. Ele foi preso em flagrante por uso de documento falso e encaminhado para a DEPAC (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Campo Grande News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Policiais civis de Iguatu e da Paraíba prendem estelionatários que desviavam carros de locadora

Sem Comentários

23/07/2019

Nesta segunda-feira (22), foram presos dois suspeitos de estelionato na cidade de Campina Grande (PB). O primeiro a ser preso se encontrava nas proximidades de uma empresa de vistoria de veículos, vinculada ao Detran. O suspeito estava no momento da prisão com uma CNH falsa e declinou os nomes dos comparsas.

O outro homem estava também com uma CNH falsificada. Na casa do primeiro indivíduo, os policiais civis apreenderam uma máquinas falsificadora de cartão e de selo e de impressão de documentos falsos. A locadora de veículos ainda não deu conta de quantos carros desapareceram, mas segundo a delegacia a estimativa é em torno de 20 veículos, que eram locados pelos estelionatários usando documentos falsos.

O delegado responsável ressaltou que os estelionatários depois da locação dos automóveis usando documentos falsos também os utilizavam como comprovante de residência, identidades falsas e apresentavam ao Detran. O delegado ainda acredita que o prejuízo chegue a casa de R$ 800 mil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Diário do Nordeste

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.