Dupla suspeita de estelionato é presa após comprar veículos com depósitos de cheques sem fundos na BA

Sem Comentários

30/08/2018

Em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, dois homens foram presos em flagrante suspeitos de cometer crime de estelionato. Segundo a Polícia Civil, a dupla fez depósitos de cheques sem fundos para comprar veículos. W.R.L.F. e D.V.O. foram encontrados na noite de quarta-feira (29), com três carros adquiridos de maneira ilícita, entre eles uma caminhonete. Investigadores da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) descobriram que os veículos foram adquiridos nos municípios de Santo Estevão, Conceição do Coité e Alagoinhas, que ficam entre 110 e 200 km de distância de Salvador. Os dois foram levados para a DRFR de Feira de Santana, onde prestaram depoimento e foram autuados por estelionato. Depois de detidos, os dois foram encaminhados para o Complexo Policial de Sobradinho. Os carros apreendidos seguiram para perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Quadrilha que comprava carros com cheques sem fundos é presa pela Polícia de Lebon Régis

Sem Comentários

14/08/2018

Foram presos pela Polícia Civil de Lebon Régis (SC), cinco integrantes de uma associação criminosa especializada na prática de estelionatos envolvendo a compra de veículos mediante cheques sem fundos. As investigações tiveram início no começo do ano, quando duas vítimas registraram Boletins de Ocorrência na Delegacia do município. Durante as investigações, os policiais constataram que os estelionatários atuavam há bastante tempo, causado prejuízos econômicos para inúmeras vítimas em várias cidades catarinenses, como Curitibanos, Fraiburgo, Joaçaba, Correia Pinto, Videira, Caçador entre outras. Os investigados somam entre si 46 inquéritos policiais, cuja esmagadora maioria se refere apuração de crimes de estelionato.

Como funcionava o esquema

Cada integrante tinha uma atribuição específica no seio da associação. As funções eram divididas e os lucros eram repartidos entre todos. A investigação demonstrou que a sistemática consistia na abertura de contas em diversas agências bancárias, a fim de obter o maior número possível de talonários de cheques para empregá-los nas fraudes. Os criminosos procuravam em sites especializados pessoas anunciando veículos para venda. Após demonstrar interesse, eles combinavam o local e realizavam o negócio, cujo pagamento era feito por meio dos cheques sem fundos. Os indivíduos, inclusive, davam nomes e telefones falsos, visando preservar suas identidades, dificultar a localização pela vítima e embaraçar a atividade da polícia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Michel Teixeira

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Criminosos usam cheques sem fundo para aplicar golpes na compra de carros

Sem Comentários

13/07/2018

Criminosos estão usando cheques sem fundos para aplicar um tipo de golpe já conhecido no mercado. A modalidade é chamada de ‘envelope vazio’ pela polícia e normalmente é feita com comprovantes de depósitos fraudulentos. O uso dos cheques dificulta que a vítima perceba a armação, já que o dinheiro chega a aparecer na conta antes do banco avisar que não havia fundos para a transação. Um pedreiro foi uma das vítimas. Ele colocou o carro a venda na internet, logo recebeu uma ligação de um suposto comprador. Ele fechou o negócio por R$ 32 mil e fez a transferência, só depois percebeu que tinha sido enganado. O homem que roubou o carro do pedreiro foi identificado pela Polícia Civil. Ele também é suspeito de outros golpes em Rondônia e no Maranhão. Outro tipo de crime que já fez sete vítimas em Palmas é o golpe do ‘bem bolado’. Presidiários estariam se passando por intermediadores de compras de carros que são anunciados na internet. “O bandido, ele liga para o comprador e para o vendedor e fala para um falar que não conhece o outro ou inventa uma história que é cunhado”, explica o delegado responsável. “Se alguma pessoa ligar e pedir para você mentir para o outro que está comprando ou vendendo, desconfie que é golpe”.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeito de estelionato é preso após comprar trator de R$ 48 mil e pagar com cheques fraudados

Sem Comentários

14/05/2018

Na manhã desta segunda-feira (14) em Gurupi (TO), a Polícia Civil prendeu um homem suspeito de estelionato. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, M.P.S. tem outras passagens pelo mesmo crime e vinha sendo investigado. Ele foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva por fazer uma compra de R$ 48 mil usando dois cheques fraudados. O suspeito teria comprado um trator em novembro de 2017 e pago com dois cheques de terceiros, no valor de R$ 23 mil e 25 mil. As ordens de pagamento voltaram porque não tinham fundos. O suspeito chegou a ser cobrado, mas não pagou o débito e o caso acabou sendo denunciado à polícia. Durante as investigações, a 4ª DP de Gurupi verificou que os cheques eram fraudados. O trator, que tinha sido revendido, foi apreendido no final da semana passada em uma propriedade rural em Formoso do Araguaia. O homem foi preso no centro de Gurupi, autuado por estelionato e enviado para a Casa de Prisão Provisória.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeito de estelionato é preso após perseguição policial em Três Pontas, MG

Sem Comentários

28/03/2018

Na tarde desta terça-feira (27), um suspeito de estelionato foi preso na zona rural de Três Pontas (MG) após uma perseguição por estradas da região. Segundo a Polícia Militar, o homem tem 46 anos e já tinha um mandado de prisão aberto pelo crime. O suspeito estava distribuindo em Três Pontas cheques sem fundo e que haviam sido roubados. O golpe seria aplicado especialmente em postos de combustíveis. A polícia contou ainda que armou um cerco para deter o suspeito nas estradas de Três Pontas, Alfenas (MG) e Campos Gerais (MG), por volta das 16h. Ele acabou detido em uma estrada vicinal da região, após conseguir escapar duas vezes. Por fim, segundo a PM, ele confessou e ainda apontou dois outros suspeitos de participação nos crimes. O carro em que ele estava foi apreendido e levado para um pátio credenciado do Detran-MG.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Dupla é presa acusada de aplicar golpes na compra de veículos pela internet

Sem Comentários

01/03/2018

Nesta quarta-feira (28), a delegada titular da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), informou a prisão em flagrante de duas pessoas acusadas de aplicar golpes na compra e venda de carros pela internet. Na ação, um veículo foi recuperado. E.P.L. e M.R. foram interceptados no momento em que estavam conduzindo um veículo Gol de cor prata, adquirido através do golpe. Eles estavam a caminho de uma loja de carros para realizar a revenda do veículo. Segundo a delegada, os criminosos estavam sendo investigados há cerca de dois meses e o golpe acontecia pela internet. “Eles compravam carros anunciados em sites de vendas online, e pagavam sempre com cheques sem fundo ou fazendo depósitos com envelopes vazios. A vítima visualizava o valor bloqueado na conta e entregava o carro com o documento de compra e venda assinado”, explicou a autoridade policial. Quando as vítimas se davam conta que o dinheiro não tinha caído, o carro já havia sido revendido para uma terceira pessoa. Conforme informações policiais, no momento da prisão, E.P.L. apresentou um documento de identidade falso com outro nome, que era utilizado para fazer a revenda e não ser encontrado depois. A dupla é natural do Mato Grosso e faz parte de uma quadrilha que atua em todo o país. Segundo a delegada, já foram identificadas 10 vítimas, mas a suspeita é que mais pessoas tenham caído nesse golpe em Alagoas. Os presos foram levados para a sede da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas, e o veículo devolvido a vítima.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Aqui Acontece

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem indiciado 34 vezes por estelionato e furto é preso após aplicar novos golpes em Piracicaba

Sem Comentários

09/01/2018

Na tarde desta terça-feira (09), um homem, de 40 anos, foi preso após admitir à Polícia Civil que entregou cheques sem fundo para pagar duas farmácias de Piracicaba (SP). Conforme a corporação, ele já foi indiciado outras 34 vezes por estelionato ou furto. Um outro suspeito, que estava com o preso, conseguiu fugir. O homem foi seguido por um policial civil que viu ele saindo de uma farmácia com sacolas na mão. Como ele é conhecido pelos crimes de estelionato, o policial suspeitou que estivesse aplicando outro golpe. O policial o seguiu até uma galeria no bairro Cidade Alta. Lá, a Polícia Civil o abordou e questionou sobre as sacolas. O suspeito, então, admitiu que deu cheques sem fundo em duas farmácias da mesma rede durante o dia. Os policiais encontraram dois talões com o homem e apreenderam as mercadorias.

Tentativa de suborno

O suspeito ainda sugeriu à equipe um “acerto” para liberá-lo. O caso foi registrado na Unidade de Polícia Judiciária (UPJ) e o homem responderá por estelionato, uso de documento falso e falsidade ideológica, além de corrupção ativa, já que tentou subornar os policiais. Ele ficou encarcerado e será encaminhado para uma unidade prisional até a audiência de custódia.

Anterior