Suspeito é preso por tentativa de estelionato em Valinhos

Sem Comentários

31/03/2017

Na tarde da sexta-feira (31), em Valinhos (SP), a polícia prendeu um homem de 52 anos por tentativa de estelionato. Segundo o delegado titular do 1º distrito policial do município, o suspeito já tinha contra ele mais de 30 boletins de ocorrência por crimes como furto e roubo. “Ele é de Mogi Mirim e já cumpriu pena por roubo também e estava solto. Só que dessa vez, ele não efetuou o golpe, a vítima comunicou antes, foi só tentativa”, afirma.

Cheques e documentos frios

Segundo o delegado, a vítima é dona de uma rede de restaurantes em Campinas (SP) e estava tentando vender uma de suas lojas. “Ele buscava gente que tava vendendo e usava cheques frios, documentos frios, até de gente morta para comprar, depois não pagava. Apreendemos uma máquina de clonar cartão [...] Não paga e acaba com a empresa e deixa a pessoa com a dívida”, explica. O suspeito vai ser levado para a cadeia anexa ao 2º DP de Campinas e depois encaminhado para uma unidade prisional.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Preso o homem que fraudou e tentava descontar cheque milionário

Sem Comentários

16/03/2017

Um homem, de 45 anos, foi preso em flagrante acusado de estelionato, ao tentar descontar um cheque milionário em uma agência bancária na cidade de Glória de Dourados (MS). Conforme o Boletim de Ocorrência, a Polícia foi acionada para averiguar o caso, onde o sujeito tentava descontar o cheque no valor de R$ 4.281.400,00 (quatro milhões, duzentos e oitenta e um mil e quatrocentos reais). Na agência bancária, o homem foi encontrado na mesa do gerente, onde declarou que o cheque seria proveniente da venda de uma propriedade rural. Desconfiado, o gerente da agência declarou ter mantido contato com o gerente geral do banco de Santo André, que informou que já houve outra tentativa de descontar o referido cheque em outra unidade. Ainda segundo o gerente, o cheque seria produto de fraude e que teria passado por um processo de raspagem química. O caso foi encaminhado a Delegacia de Polícia de Glória de Dourados.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Fátima News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeito é preso após comprar motos com cheques furtados em Buritis

Sem Comentários

02/03/2017

Em Buritis (RO), região do Vale do Jamari, um homem de 21 anos foi preso na tarde de quarta-feira (1º) por estelionato. De acordo com o boletim de ocorrência, o suspeito furtou 17 folhas de cheque de um homem. A vítima recebeu a informação de que o suspeito fazia negócios na cidade com os cheques. Os policias então encontraram o suspeito quando ele tentava comprar uma moto usando um dos cheques, que já estava com o vendedor, mas foi recuperado. O jovem disse aos PMs que tinha recebido três cheques de um amigo, mas não informou quem seria o amigo. Durante a abordagem, o suspeito estava em uma motocicleta, que também teria sido comprada usando os cheques. O homem que vendeu a moto relatou à polícia que o cheque foi recusado quando foi descontá-lo e que havia tentado avisar o suspeito, mas ele não retornava o contato. Ainda segundo a Polícia Militar (PM), o homem comprou carne em um açougue também com os cheques furtados. A PM foi até o açougue e conseguiu recuperar o cheque usado no estabelecimento. Uma motocicleta que estava na casa do suspeito foi encontrada sem placa, chassi e documentos e foi levada à delegacia de Policia Civil de Buritis, junto com o suspeito, para registro da ocorrência.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso suspeito de aplicar golpes em empresas de Uberlândia

Sem Comentários

31/05/2016

Em Uberlândia, nesta terça-feira (31), um homem foi presos suspeito de estelionato. A delegada da Polícia Civil, diz que ele aplicava golpes em empresas de vários segmentos na cidade, se passando por cliente e pagando as compras com cheques fraudados ou roubados. No momento da prisão, o homem estava com documento falsificado. “Ele aplicava golpes da seguinte maneira: ligava nas empresas e se passava por um cliente a procura de um produto. Pedia para o funcionário da empresa para entregar o produto a um mototáxi e pagava com cheques fraudados. Há suspeitas de que ele aplicou vários golpes desta maneira”, explicou. O homem foi preso em flagrante na casa dele no Bairro Planalto, após uma empresa de materiais de construção desconfiar da ligação e acionar a Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Suspeito de fraudes de R$ 400 mil é preso por estelionato na Paraíba

Sem Comentários

19/05/2016

Em João Pessoa, na manhã desta quinta-feira (19), um jovem de 28 anos foi detido suspeito de estelionato que causou um prejuízo superior a R$ 400 mil. Conforme informações do delegado titular da Delegacia de Defraudações da capital paraibana, o suspeito cometia fraudes em negociações de veículos, emissão de cheques bancários e realizava transações bancárias fraudulentas. Ele já tinha sido preso outras três vezes em ações da Delegacia de Defraudações e responde a 12 processos criminais por estelionato. O suspeito age de maneira reincidente e violenta, ameaçando as vítimas de morte, quando elas pediam a devolução do dinheiro tomado pelo suspeito. A fraude consistia na emissão de cheques bancários de terceiros, de contas encerradas e falsificação de assinaturas de outros cheques bancários, além de simular transferências e depósitos bancários com envelopes vazios. O jovem foi encaminhado para a carceragem da Central de Polícia de João Pessoa, no bairro do Geisel, e deve ser encaminhado à audiência de custódia, para que o Justiça decida o encaminhamento a algum presídio da capital paraibana.

Polícia prende mulher que aplicava golpes no comércio com cheques furtados

Sem Comentários

14/10/2015

Uma mulher foi detida nesta quarta-feira (14) acusada de estelionato. Conforme a polícia, ela efetuava compras e repassava cheques furtados ou de contas e agências inexistentes. A prisão em flagrante aconteceu quando ela estava em um comércio de Lucas do Rio Verde. Segundo informações, há alguns dias comerciantes haviam recebido cheques sem fundo ou de contas e agências já inexistentes. Com a investigação em curso, a polícia acabou fazendo o flagrante nesta manhã. “Ela estava tentando passar um cheque no valor de R$ 1.215,00, quando os policiais civis foram ao local e constataram que o cheque era falsificado e que ela estava tentando obter um benefício com esse cheque”, explicou. Quando os investigadores solicitaram a documentação da mulher, foram surpreendidos com a apresentação de três documentos de identidade. “Com a fotografia dela, porém em nomes de pessoas distintas”, ressaltou o delegado responsável, informando que a suspeita foi detida por estelionato e uso de documento falso. Os golpes não foram aplicados apenas em comércios de Lucas do Rio Verde. A suspeita é que ela tenha feito vítimas em outras cidades da região. “Um dos cheques que ela usou em um golpe, o estelionato que foi praticado aqui em Lucas, já foi constatado que se trata de uma folha produto de crime na cidade de Rosário Oeste, cuja vítima é a paróquia daquele município”, informou. Para a polícia, a mulher agia sozinha. Foram apreendidas com a suspeita, várias folhas de cheque de diversos correntistas. “Apesar dos correntistas serem distintos, as assinaturas dos cheques eram semelhantes”, detalhou o delegado.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Expresso MT

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Associação alerta empresários sobre golpe de estelionato em Ariquemes

Sem Comentários

06/07/2015

A Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (Acia), no Vale do Jamari, está alertando empresários da cidade sobre um golpe de estelionato que está sendo aplicado na cidade. Conforme o órgão, um casal tem feito compras nos estabelecimentos utilizando cheques já preenchidos, com um valor acima das aquisições. Diante disso, os comerciantes precisam devolver o troco em dinheiro e depois, ao fazer o depósito, o cheque é devolvido pelo banco. Uma empresária que foi vítima da dupla contou como ocorreu o golpe. “O casal compareceu ao meu estabelecimento e realizou uma compra, efetuando o pagamento com um cheque de terceiros. Foi feito contato com o proprietário do cheque, que alegou ser gerente de um hotel do município e este teria passado o cheque para a pessoa no local”, relembra a mulher que preferiu não se identificar. Conforme a lojista, após receber o cheque como pagamento, a empresa fez o depósito, mas este foi devolvido duas vezes. “Entrei em contato com o banco e informaram que só dentro de quinze dias o nome do proprietário do cheque seria negativado”, relatou. Com o problema bancário, a empresa ficou sem receber o dinheiro. A suspeita também, é que o casal vem agindo em grupo para poder passar confiança na hora de realizar os pagamentos nas empresas. A associação orienta aos estabelecimentos do município para ficarem atentos quanto a este golpe. A recomendação é para que todos os lojistas façam consultas nos órgãos de proteção ao consumidor, antes de fazer a venda através de cheques.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior Próximo