Alfândega apreende 1 bilhão de dinares iraquianos falsos no Aeroporto de Brasília

Sem Comentários

02/05/2018

Nesta quarta-feira (02), no Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek, foi interceptada pela Receita Federal uma carga de 1 bilhão de dinares iraquianos, em cédulas falsas. Conforme e alfândega, o dinheiro seguiria para os Estados Unidos em um voo particular, fretado especificamente para esse transporte. Se as notas fossem verdadeiras, o valor corresponderia a pouco menos de R$ 3 milhões. Pela cotação desta quarta, R$ 1 corresponde a cerca de 334 dinares iraquianos. Até a publicação desta reportagem, a origem de “fabricação” das notas falsas ainda era desconhecida. À Receita Federal, a exportadora responsável pelo frete disse ter recebido a caixa lacrada, como pagamento por um serviço prestado em 2016. Com o dinheiro, veio uma orientação de “não abrir a caixa”, para que as cédulas não perdessem o “valor de coleção”. A exportadora também mostrou à Receita um laudo pericial atestando a legitimidade das notas. O documento – assim como as cédulas – era falso, segundo os responsáveis pela alfândega.

Valor declarado

O carregamento chamou a atenção dos fiscais aduaneiros do Aeroporto JK porque, segundo eles, o valor declarado da carga era “irrisório”. Em procedimento de análise de riscos, a fiscalização decidiu inspecionar a caixa, verificar os dados e a história contada pelo grupo. No contêiner, havia cerca de 40 mil cédulas, cada uma no valor de 25 mil dinares. A carga foi apreendida, e os responsáveis pelo frete, detidos e encaminhados à Polícia Federal.

Mulher saca R$ 5,2 mil do FGTS inativo e perde tudo em golpe na saída

Sem Comentários

16/03/2017

No Centro de Vilhena (RO), uma mulher de 54 anos perdeu R$ 5,2 mil no golpe da recompensa. De acordo com o registro policial, a vítima tinha acabado de sacar o dinheiro referente ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) inativo, na manhã desta quinta-feira (16), quando um homem deixou cair a carteira próxima da vítima. A mulher, então, devolveu o objeto ao suspeito e ele alegou que era advogado e queria lhe recompensar. A vítima contou à Polícia Civil que o golpe ocorreu após ela sacar a quantia de R$ 5,2 mil e ir até a gerência do banco. Nesse momento, um homem deixou cair uma carteira porta cédulas próximo aos seus pés e seguiu até uma mesa de atendimento. Ele estava acompanhado de outro suspeito. A mulher pegou a carteira no chão e devolveu ao homem. Ele agradeceu e disse que iria gratificar a vítima com R$ 100 pela honestidade. A mulher argumentou não ser preciso, pois era seu dever devolver a carteira. Em seguida, o homem disse ser advogado e que era seu dever recompensá-la. Ele então a convidou para sair da agência bancária e ir até o escritório para lhe dar a gratificação. Chegando do outro lado da rua, o suspeito entregou um pacote à mulher, supostamente com dinheiro, e pediu para segurar a bolsa dela, enquanto fosse ao escritório. A vítima pegou o pacote e entregou sua bolsa ao suspeito, que afirmava ser honesto. A mulher relatou que ainda saiu para receber a gratificação e conhecer os donos do suposto escritório, e percebeu que havia algo errado. Quando retornou ao local, não encontrou mais o infrator. Além do dinheiro, na bolsa havia documentos pessoais, carteira e a chave de um carro. O maço de dinheiro que estava no pacote era de cédulas falsas preenchido com papel. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso após tentar matar esposa em Caraguatatuba, SP

Sem Comentários

22/11/2016

Na madrugada desta terça-feira (22), um homem de 25 anos foi preso depois de tentar matar a esposa com um tijolo em Caraguatatuba. Na residência do casal, a polícia encontrou também documentos e dinheiro falsificados. O crime aconteceu em uma casa na rua Cleusa Fátima dos Santos Pegorelli, no bairro do Travessão. Segundo a Polícia Militar, o homem atingiu a cabeça da companheira com um tijolo após uma discussão. Durante o atendimento da ocorrência, a vítima denunciou que o homem falsificava documentos. Após realizar buscas na casa, foram encontrados equipamentos de falsificação, RGs falsos, cheques em branco e cédulas falsas. A polícia informou que a mulher, de 24 anos, foi encaminhada para o pronto-socorro da cidade. O criminoso foi levado para a delegacia e vai responder por tentativa de homicídio e falsificação.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Estrangeiros foram presos tentando aplicar golpe do “dinheiro preto”

Sem Comentários

27/04/2016

Na tarde de terça-feira (26), dois africanos foram presos em flagrante tentando aplicar o chamado “golpe do dinheiro preto”. O golpe consiste em ‘transformar notas manchadas de preto em cédulas normais’. Para isso, basta usar uma quantia em dinheiro verdadeiro para que assim, eles façam a remoção da tinta. Segundo o delegado do Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros), os africanos entraram em contato com um médico veterinário de 37 anos, que anunciava a venda de uma fazenda. Eles tentaram convencer a vítima dizendo que tinham dinheiro, mas em notas manchadas de preto porque foram desviadas de um banco. Porém, diziam ter um produto que faria a remoção da tinta e, para isso, precisariam de uma quantia em cédulas normais. Para convencer as vítimas, os golpistas fizeram a demonstração com três notas de R$ 50, duas realmente tingidas de preto e uma normal. Ele colocaram as notas em um recipiente com o produto químico, depois de um tempo as cédulas apareceram limpas. “Eles faziam isso mesmo, só que quando a vítima aceitava eles colocavam no recipiente só notas falsas pintadas de preto e pegavam as verdadeiras”, explica. A vítima só descobria que as notas eram falsas no banco, enquanto isso os estelionatários já estavam longe com a quantia verdadeira. Os dois foram presos em flagrante por tentativa de estelionato e na manhã desta quarta-feira (27) o juiz decidiria o destino deles em audiência de custódia. No hotel onde foram presos em flagrante, foram aprendidos produtos químicos e uma resma em dinheiro preto. A polícia, os dois contaram que estão no Brasil há 4 anos morando em São Paulo. Eles chegaram na cidade na terça-feira (19) e pretendiam ficar até o começo de maio.

Fazendeiro é vítima de golpe e perde US$ 100 mil em Uberlândia

Sem Comentários

23/10/2015

Um fazendeiro de 47 anos, morador de Unaí, a cerca de 440 km de Uberlândia, foi vítima de um golpe e perdeu cerca de R$ 400 mil. Ainda não há identificação do suspeito de cometer o crime, que fugiu e ainda não foi encontrado. De acordo com a vítima, após receber a informação de um fornecedor, dizendo que o suposto autor estaria procurando fazendas para comprar na região de Unaí e que queria entrar em contato com ele. O primeiro encontro entre a vítima e o suspeito ocorreu em um hotel em Brasília. Lá, o suposto autor disse não estar mais interessado em fazendas, pois já teria comprado o que procurava, mas desejava comprar US$ 100 mil e que pagaria R$ 1,2 milhão nessa transação. O suspeito afirmou à vítima que o dinheiro era proveniente de uma igreja evangélica e precisava ser depositado em dólar em uma conta no exterior. A vítima aceitou fazer o negócio e, para conseguir os dólares, vendeu três caminhões Bitrem. O fazendeiro conseguiu comprar os dólares com valores entres R$ 3,90 e R$ 4,10. A transação entre o fazendeiro e o suspeito foi marcada para acontecer no aeroporto Tenente Coronel Aviador Cesar Bombonato, em Uberlândia, onde o suposto autor disse que estava o dinheiro arrecadado pela igreja. Na manhã desta sexta-feira (23), no aeroporto, a vítima e o suspeito, que estava acompanhado de uma mulher, se encontraram para a troca. A vítima entregou os dólares em um envelope e recebeu uma mala com diversas notas de R$ 50, que, no momento, pareceram verdadeiras ao fazendeiro. O suspeito e a mulher saíram do local em um táxi e a vítima verificou novamente o dinheiro e percebeu que somente as notas que estavam por cima, que somavam R$ 2.750, eram verdadeiras. A vítima foi até a polícia e registrou o crime. A maleta com todo o dinheiro foi apreendido e contado. Em notas falsas foram contabilizados R$ 541.700. As notas falsas tinham tarjas brancas impressas com as frases “material para publicidade” e “sem valor”. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Correio de Uberlândia

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

PF cumpre mandados para prender grupo que fabricava dinheiro falso

Sem Comentários

20/10/2015

Uma operação da Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (20) quatro mandados de prisão e oito mandados de busca e apreensão em Jaraguá do Sul e Guaramirim, no Norte de Santa Catarina, além de Curitiba (PR). A Operação Mascada pretende prender um grupo que produz e fornece cédulas falsas de R$ 100 em Joinville e região, além do Litoral catarinense. As investigações iniciaram em junho quando a Polícia Militar prendeu duas pessoas em flagrante no Balneário da Barra do Sul com R$ 4,5 mil em cédulas falsas de R$ 100. Em julho, os policiais identificaram outras quatro pessoas como envolvidas na produção e distribuição de R$ 20 mil em notas falsas. O valor foi apreendido numa diligência da Polícia Militar em Jaraguá do Sul e Balneário Camboriú, no Litoral Norte. Neste mês, duas pessoas também foram presas em flagrante em Itajaí, no Vale, enquanto fabricavam dinheiro. Elas estavam com 84 cédulas falsas em um apartamento. Na ocasião, foram apreendidos impressora e matriz usados na confecção do dinheiro. Conforme a Polícia Federal, o grupo pretendia colocar em circulação as cédulas durante as festas de outubro em Santa Catarina. Durante as investigações, a polícia concluiu que os envolvidos podem ter participado de crimes como receptação, adulteração de documento veicular e sinais identificadores, estelionato e furto, além de associação criminosa. Até as 12h desta terça-feira, os suspeitos devem ser levados para a Delegacia de Polícia Federal de Joinville para dar depoimentos e depois serão encaminhados para o presídio do município.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Pastor evangélico é preso com R$ 1 mil em dinheiro falso no Ceará

Sem Comentários

09/10/2015

Um pastor evangélico foi preso em flagrante na noite desta quinta-feira (08), no município de Guaraciaba do Norte, aplicando golpes no comércio. Conforme a Polícia Militar, ele estava fazendo compras e pagando com cédulas falsas. O homem foi detido quando saía de um estabelecimento com mais de R$ 1 mil em notas falsas. Segundo a polícia, um comerciante que foi prejudicado teria feito uma denúncia anônima contra o homem, que estaria espalhando as notas na cidade. O pastor foi encaminhado à delegacia da cidade.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior