Homem é detido em Barra suspeito de usar documento falso para aplicar golpes

Sem Comentários

24/11/2017

Nesta quinta-feira (23), em Barra do Garças (MT), um homem de 47 anos foi detido, suspeito de utilizar documentos falsos para a abertura de contas correntes em uma agência bancária e aplicar golpes por meio de créditos financeiros disponibilizados pelo banco. Conforme a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), o sujeito foi flagrado com três cédulas de identidade falsificadas em Goiânia (GO) com três nomes diferentes. De posse dos documentos, ele se dirigia ao banco e abria contas bancárias em nomes dessas supostas pessoas. Além da abertura de contas para ter acesso aos créditos disponíveis, o suspeito ainda conseguiu a emissão de outros documentos, como CPF e título de eleitor no nome das pessoas, estando, inclusive, apto a votar em Barra do Garças e Aragarças (GO). Segundo o delegado titular da Derf, o homem vinha sendo monitorado já há alguns dias e, nesta quinta, ao tentar abrir uma conta na agência do Centro, foi flagrado e preso. “Com a prisão foi possível apreender os documentos falsificados e impedir que ele continuasse a praticar os crimes”, disse o delegado, informando que o prejuízo financeiro causado ao banco está sendo levantado pela própria instituição. A Derf já comunicou o fato à Justiça Eleitoral e Receita Federal para o cancelamento dos documentos encontrados em posse do sujeito.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: RDNews

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Presa estelionatária no Ceará suspeita de fazer saques do PIS com 100 documentos falsos

Sem Comentários

23/10/2017

Foi presa na última sexta-feira (23) em Maranguape, na Grande Fortaleza, uma mulher de 27 anos suspeita de aplicar golpes em todo o Nordeste. Segundo o titular da delegacia de Defraudações e Falsificações do Ceará, a mulher faz parte de uma quadrilha que aplica golpes em vários estado do Nordeste. Com ela, foram encontradas 100 de carteiras de identidades falsas. Os documentos seriam usados para fraudes em saques do Programa de Integração Social (PIS) e FGTS. “Ela já aplicou golpes em vários estados. Além de Fortaleza, ela, junto com outras pessoas da quadrilha, aplicou golpes em Natal, Teresina e São Luís”. O delegado conta que o marido dela foi preso há 20 dias por praticar os mesmos golpes, não em Fortaleza, mas em Natal. “Geralmente o golpe consistia da seguinte forma. Ela pegava o nome das pessoas e retirava dinheiro do PIS, além de realizar várias compras no comércio. Ela nos contou em depoimento que há poucos dias, estava em São Luís e fez várias compras. Uma parte de todo dinheiro roubado dos comércios e do PIS era repassada para o chefe da quadrilha”, explica o titular. Segundo a polícia, outras cinco pessoas estão foragidas. Além das identidades, foram encontrados cartões de lojas e 24 comprovantes de saques do PIS no valor total de R$ 937,00. A mulher está detida na sede da Delegacia de Defraudações e Falsificações do Ceará.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Jovem com documento clonado é detido em Apucarana

Sem Comentários

18/09/2017

Nesta segunda-feira (18), um jovem foi detido tentando se passar por outra pessoa, em Apucarana. Segundo apurado junto a Guarda Municipal (GM), o suspeito praticou um furto em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, usando um RG falso em nome de outra pessoa. O registro na verdade é clonado e seria de um morador de Minas Gerais, e que não tem relação com o crime. Ainda conforme a GM, a trapaça só foi descoberta após o jovem se hospedar no Centro Pop Resgate Social. Ele teria se alojado na unidade em outra oportunidade com outro nome. Após constatarem no sistema que ele já havia passado pelo centro Pop e com outros documentos, os funcionários acionaram a GM. Também foi verificado que o rapaz está em regime semiaberto pelo crime de furto. Quando foi preso, ele apresentou a documentação clonada e agora o processo está com o nome que consta na mesma. Diante dos fatos, o rapaz foi encaminhado à 17ª Subdivisão Policial (SDP) para dar maiores esclarecimentos.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: TNOnline

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

 

Quadrilha falsificava documentos utilizando cédulas verdadeiras

Sem Comentários

07/06/2017

Na última terça-feira (06), três pessoas foram presas em Teresina acusadas de aplicarem golpes em financeiras. A quadrilha utilizava documentos falsos para realizarem empréstimos nestes estabelecimentos, o detalhe é que a falsificação era realizada em cédulas de identidades verdadeiras. Segundo a Polícia Civil, os acusados realizaram um empréstimo no valor de R$ 12 mil e dias depois tentaram realizar outro saque no valor de R$ 20 mil, quando passaram a ser monitorados pela polícia. Foram presas duas mulheres e um homem. A Polícia Civil suspeita que as cédulas originais tenham sido obtidas no Instituto de Identificação e investiga se elas foram furtadas ou algum servidor do órgão contribuiu com os crimes. Conforme o diretor do Instituto de Identificação, há um controle das cédulas que saem do órgão e se tiver havido um vazamento os responsáveis serão identificados. “Até agora não recebi essas cédulas para que eu possa comprovar que realmente saíram desse instituto. Todas as cédulas que saem do instituto vão para postos de identificação no interior e há um controle de números de série, então se houve um vazamento, com certeza nós saberemos para quem foram destinadas essas cédulas”, afirmou. Ainda de acordo com o diretor, nos próximos dias um novo sistema para a coleta de impressões digitais será implantado no Instituto de Identificação, fato que irá dificultar esse tipo de crime.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Meio Norte

O BrSafe é a ferramenta ideal para evitar esse tipo de fraude. Clique e conheça.

Estelionatário mastiga documento falso para tentar fugir da polícia

Sem Comentários

26/05/2017

Em Imbituva (PR),na tarde desta quinta-feira (25), uma dupla de estelionatários foi presa depois de uma tentativa de saque de um benefício em uma agência bancária com um documento de identidade falso. A polícia foi acionada após a identificação da fraude. Conforme informações repassadas pela Polícia Militar, um dos suspeitos entrou na agência e o outro dava cobertura em um veículo. O motorista negou que conhecia o outro homem. Chegando na delegacia, o condutor tentou fugir ao sair correndo em direção a um matagal. Ele foi localizado e encaminhado novamente para a unidade da Polícia Civil. Enquanto isto, o outro suspeito colocou o documento falso na boca e começou a mastigar, com o objetivo de destruir a identidade ilegal. O homem foi contido no ato e não conseguiu acabar com a documentação. No veículo do motorista foram localizados pen drives, materiais de pesca, roupas, carregadores de celular, sete aparelhos celulares, cinco óculos, um notebook e dinheiro, além de uma bengala. A PM ressaltou que nenhum deles apresentava algum tipo de deficiência. A polícia também encontrou cartões de banco, extratos de contas bancárias, fotos 3×4, uma impressora e modelos de documentos para falsificação, incluindo certidão de nascimento, certidão de óbito, carteira de identidade, carteira de habilitação, carteira da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e comprovantes de endereço. Foram apreendidas ainda carta de concessão para benefício do INSS, assinaturas digitalizadas, papeis com digitais, selos de cartórios e brasões de repartições públicas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Massa News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Acusados de aplicar golpes para locar equipamentos são presos

Sem Comentários

18/05/2017

Foram presos em flagrante na tarde desta quinta-feira (18), em Birigui, dois homens acusados de aplicar golpes em lojas de locação de equipamentos, quando tentavam fazer mais uma vítima. Segundo a polícia, um deles estava com documento falso. Conforme o delegado responsável pelo flagrante, a dupla, que seria de Uberaba (MG), tinha como hábito visitar empresas especializadas. Como o primeiro contrato normalmente é pago à vista, eles alugavam um equipamento de baixo valor, devolviam depois de alguns dias e locavam novos equipamentos, agora de valor maior. Como já era a segunda negociação, não pagavam na hora e sumiam com a mercadoria. A dupla foi presa em uma loja de Birigui, que pertence à rede que possui outra unidade em Barretos, que caiu no golpe. Como tinha conhecimento de que os estelionatários usavam uma picape Fiat Strada com placas de Ribeirão Preto, um funcionário tirou uma foto do veículo assim que a dupla chegou ao estabelecimento e encaminhou no grupo de WhatsApp da rede.

Investigação

A Polícia Civil de Barretos foi informada e entrou em contato com a delegacia de Birigui, que enviou equipe para apurar a denúncia. A dupla foi surpreendida preenchendo o contrato de locação de equipamentos. O homem que fornecia os dados se apresentou como José, mas ao consultar a carteira de identidade dele, os policiais constataram que ela era falsa. O acusado revelou o verdadeiro nome e em nova pesquisa, foram encontrados boletins de ocorrência de golpes semelhantes aplicados em lojas de Barretos (11/04), Lins (6/05), São José do Rio Preto (8/05), Penápolis (10/05) e Bebedouro (11/05). A polícia informou que outra loja em Barretos também teria sido vítima da dupla, mas os proprietários ainda não tinham registrado o boletim de ocorrência. Os dois foram presos em flagrante e levados para a delegacia, onde o delegado optou por não conceder o direito à fiança. A polícia apreendeu vários cheques e contratos de locação de equipamentos preenchidos, cartões de crédito, dinheiro e dois aparelhos de celular para perícia. A picape utilizada pela dupla também foi apreendida. Os dois serão indiciados por tentativa de estelionato e o que preenchia o contrato também responderá por uso de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Folha da Região

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é flagrado tentando sacar benefício de R$ 23 mil do INSS com RG falso

Sem Comentários

17/05/2017

Na tarde desta terça-feira (16), um homem de 48 anos foi preso por estelionato, em Cabrália Paulista (SP). O suspeito estava em uma agência bancária tentando sacar um benefício do INSS em nome de outra pessoa, com RG falso. Ainda dentro do banco, um funcionário da agência desconfiou e avisou um policial que estava no local por acaso. O golpista também tinha um cartão de concessão do INSS e estava tentando se passar pelo beneficiado pra receber a aposentadoria de R$ 23 mil. Em seguida, o suspeito foi levado pra delegacia e preso em flagrante.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior