Polícia prende trio suspeito de usar cartão clonado em Taguatinga

Sem Comentários

13/12/2017

Na noite de terça-feira (12), três homens foram presos pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), após realizarem compras em um shopping de Taguatinga usando cartões clonados. Os prejuízos são de aproximadamente R$ 21 mil. Os suspeitos fazem parte de uma quadrilha e foram encaminhados para a 21º delegacia de polícia (Taguatinga Sul). Segundo a polícia, por volta de 22h, os seguranças do shopping desconfiaram da movimentação, após dois homens efetuarem uma compra no valor de R$ 20 mil em uma loja e acionaram a PM. Ao chegar no estabelecimento, os militares encontraram os dois suspeitos detidos pelos seguranças com os objetos adquiridos e os  os cartões clonados. Um deles informou que um terceiro envolvido estaria aguardando em um carro do lado de fora do shopping. Após revista ao interior do veículo, os policiais o localizaram celulares e óculos, avaliados em R$1 mil reais.  O trio foi conduzido para a 21ª DP (Taguatinga Sul), onde ficou constatado após consulta, que os detidos faziam parte de uma quadrilha especializada em clonagem de cartões e ostentavam diversas passagens. O trio foi autuado em flagrante por estelionato.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Correio Braziliense

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Casal é preso suspeito de aplicar golpe do cartão de crédito clonado em idosas no interior de SP

Sem Comentários

29/11/2017

Nesta quarta-feira (29), em Avaré (SP), um casal de Guarulhos (SP) foi preso suspeito de aplicar o golpe do cartão de crédito clonado em duas idosas. Segundo a Polícia Civil, as vítimas informaram que receberam a ligação de um homem que se apresentou como o gerente de banco e informou que o cartão de crédito havia sido clonado. Na ligação, foi solicitada a senha do banco e foi informado que uma funcionária iria recolher o cartão. A polícia constatou que os criminosos gastaram quase R$ 10 mil na compra de oito aparelhos celulares e ainda sacaram R$ 1.200 com os cartões das duas vítimas. Após investigações, o casal foi preso enquanto comprava mais aparelhos em uma loja na área central. Os dois foram levados para a delegacia, onde foram autuados por estelionato e estão à disposição da Justiça. Ainda segundo a polícia, a suspeita é de que os dois façam parte de uma quadrilha especializada em aplicar esse tipo de golpe.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso por aplicar golpes na compra de carros na internet

Sem Comentários

28/11/2017

Na madrugada desta terça-feira (28), por volta das 3h30, no bairro Novo Horizonte, em São José dos Campos, um homem de 25 anos, suspeito de comprar veículos pela internet e não realizar o pagamento, foi preso por estelionato. Segundo a Polícia Militar, o suspeito teria recebido ordem de parada em uma blitz, mas desrespeitou e tentou fugir, sendo alcançado e abordado pelos policiais. Durante a revista, foram encontrados diversos cartões de crédito clonados e os policiais descobriram que o homem era suspeito de aplicar golpes em sites compras na internet, pois ele confessou que não havia pago o carro que estaria dirigindo. O suspeito foi encaminhado a delegacia de plantão, onde prestou depoimento e permaneceu à disposição da Justiça.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Meon

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeito de estelionato é preso com 60 cartões de crédito clonados em Ribeirão, SP

Sem Comentários

27/10/2017

Nesta sexta-feira (27), um homem de 30 anos foi preso em flagrante, no bairro Jardim Antártica, zona oeste de Ribeirão Preto (SP), por suspeita de clonar 60 cartões de crédito. De acordo com a Polícia Civil, ele era investigado há um mês e apresentou um documento falso ao ser abordado pelos agentes. Conforme o titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), o suspeito produzia os cartões com chips de operadoras de celular, a partir de dados de cartões originais, para sacar o dinheiro das vítimas. Na casa onde ele foi preso, os agentes encontraram vários cartões com nomes diferentes. “Ele compra os dados e tem um maquinário para magnetizar, estampar o cartão, imprimir. Ele recebe os dados, faz o cartão e consegue passar nos caixas.” Segundo a polícia, com os cartões, ele ainda trocava moeda digital por dinheiro físico. Ele admitiu que conseguia fazer até mesmo saques das contas das vítimas em caixas eletrônicos. Ainda na casa do suspeito, que é de Minas Gerais, foram encontrados R$ 6,2 mil e um notebook, equipamentos para falsificar os cartões, chips telefônicos, além de videogames, relógios, celulares e outros aparelhos eletrônicos, que teriam sido comprados com o dinheiro dos golpes. De acordo com o delegado, o homem já responde a um processo na Justiça em Minas Gerais por tráfico de drogas. Ele foi indiciado por estelionato e falsidade ideológica, e será levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Autor de golpe do cartão clonado é preso em Botucatu

Sem Comentários

26/10/2017

A Polícia Militar (PM) de Botucatu prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (26), um suspeito de aplicar o chamado “golpe do cartão clonado”. Pelo menos duas vítimas já foram identificadas e uma delas reconheceu o preso como autor do crime. A PM recebeu a informação de que um homem hospedado em motel de Botucatu estaria praticando golpes no município. Com S.S., os policiais encontraram diversos produtos e ele acabou confessando que havia comprado tudo aquilo com cartões de duas vítimas de estelionato. Segundo a polícia, ele entrava em contato com correntistas e falava que o seu cartão de crédito estava clonado e que iria mandar um funcionário para recolher o cartão e enviar um novo posteriormente. Com o cartão e a senha das vítimas, efetuava saques e fazia compras. Uma das pessoas lesadas por S.S. foi localizada e o reconheceu no plantão policial como o autor do golpe. Além dos produtos que ele havia comprado, a PM apreendeu uma motocicleta e R$ 245 em dinheiro. A ocorrência está sendo registrada pela Polícia Civil.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: JCNET

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Grupo aplicava “golpe do cartão clonado” em moradores do Lago Norte

Sem Comentários

20/09/2017

Dois homens acusados de aplicar o golpe do “Golpe do Cartão Clonado” em idosos foram presos, por Policiais da 9ª Delegacia de Polícia (Lago Norte), nesta quarta-feira (20). De acordo com as investigações, um deles se passava por operador de telemarketing e ligava para a vítima perguntando se ela reconhecia uma compra no seu cartão. Com a negativa, explicava que o cliente deveria escrever uma carta de próprio punho, não reconhecendo a compra e solicitando o cancelamento do cartão à operadora. Na mesma ligação, eram solicitados os dados das vítimas, bem como orientação para fornecerem o cartão quebrado ou não, junto com a carta, a um motoboy que passaria na residência. Depois de pegar o plástico e o documento, os estelionatários da associação criminosa passavam o cartão em máquinas de alguns comerciantes de boa-fé, outros não, de forma rápida, antes que o golpe fosse descoberto pelas vítimas. Após o registro de várias ocorrências de vítimas idosas do Lago Norte, iniciou-se uma investigação minuciosa que culminou com a identificação da associação de criminosos. Foi descoberto que os estelionatários agiam em outras regiões do DF também. Na operação, batizada de Target, foram presos o estelionatário que bolava o golpe e repassava os cartões das vítimas e o motoboy.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Metrópoles

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Suspeitos de estelionatos são presos em Belo Horizonte

Sem Comentários

02/06/2017

Nesta quinta-feira (1º), em Belo Horizonte, seis pessoas foram presas suspeitas de fazer parte de uma quadrilha de estelionatários. Conforme a Polícia Militar (PM), elas aplicavam golpes com documentos falsos e cartões clonados no comércio da capital. Policiais da Rotam receberam a denúncia de que o grupo de estelionatários estava em um shopping, no bairro Caiçara, na Região Noroeste. Um vídeo gravado no celular de um dos policiais mostra que as câmeras de segurança desse centro de compras flagraram cinco suspeitos – quatro homens e uma mulher – trocando documentos e conversando na praça de alimentação. A polícia disse que pouco depois eles foram até uma loja para fazer um plano de telefonia celular e foram presos. “Averiguando a documentação pessoal que eles portavam, a gente constatou que se tratavam de estelionatários especializados na prática. A gente arrecadou documentos de pessoas com nomes diferentes, com a própria foto da pessoa, com a mulher, inclusive com um dos autores diversas documentações, com o nome de aproximadamente umas dez pessoas com documentos falsos”, explicou um sargento. Depois de prender cinco suspeitos no shopping, a polícia foi até duas casas, uma no bairro Serrano, e outra, no Castelo, ambas na Região na Pampulha, onde outro homem foi preso. Os policiais descobriram ainda que a quadrilha fazia compras em lojas físicas e também pela internet. Panelas, eletrodomésticos, cápsulas de café e calçados comprados em lojas virtuais foram apreendidos. A PM também encontrou mais documentos falsos, vários cartões de crédito, cheques, quase R$ 2 mil, além de declarações de Imposto de Renda, um notebook e celulares. Os seis suspeitos foram levados para a Central de Flagrantes do bairro Alípio de Melo. “Inicialmente a ocorrência principal é de estelionato, 171 do Código Penal Brasileiro. Porém, tem três condutas secundárias aí no caso, uma de usar documento falso, a segunda de falsificar documento particular e a última de quadrilha ou bando”, completou o sargento.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior