Condutor é preso por apresentar habilitação falsa em fiscalização da PRF

Sem Comentários

01/10/2018

A Polícia Rodoviária Federal prendeu em flagrante um homem após apresentação de um documento falso. A prisão ocorreu no posto da PRF no Carié, na cidade de Canapi, no sertão alagoano, neste domingo (30). Era fim de tarde, quando os agentes federais paravam veículos em frente a UOP do Carié e abordaram o Honda/Civic, de cor prata. Seu condutor afirmou que havia saído de Guarulhos/SP com destino a João Pessoa/PB, a trabalho. Durante as consultas os policiais observaram que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do motorista abordado estava cassada desde setembro de 2017 e que ele só poderia voltar a dirigir em novembro de 2019. Ao realizar minuciosa fiscalização à habilitação apresentada pelo motorista, os policiais constataram que tratava-se de um documento falso. O homem, de 54 anos, acabou confessando que havia pago três mil reais pelo documento na cidade de Guarulhos/SP. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da região.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Alagoas 24 Horas

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Vendedor é preso em flagrante com CNH falsa durante abordagem em Marabá Paulista

Sem Comentários

26/09/2018

Em Marabá Paulista, no km 48 da Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563), um vendedor, de 42 anos, foi preso por uso de documento falso. O homem estava com uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. O caso ocorreu nesta quarta-feira (26). Durante fiscalização, uma equipe da Polícia Militar Rodoviária abordou um Fiat Toro Freedom, com placas de Dourados (MS), que era conduzido pelo suspeito. Após vistoria veicular, foi realizada a conferência da documentação, onde suspeitou-se da autenticidade da CNH apresentada. Os policiais realizaram a consulta junto ao sistema da Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp), onde foi verificado que o registro do documento não constava no sistema. Após uma nova pesquisa pelo CPF constou-se outra CNH, com outros dados. Questionado, o suspeito afirmou que foi renovar a habilitação em uma autoescola em Maringá (PR), onde pagou a quantia de R$ 1,2 mil pelo novo documento. O homem foi preso em flagrante e a ocorrência registrada na Delegacia de Polícia Civil de Marabá Paulista. Em seguida, ele foi encaminhado para a cadeia de Presidente Venceslau. O veículo foi liberado para um condutor devidamente autorizado e habilitado, ainda conforme a polícia.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Estelionatário é preso tentando sacar R$ 57 mil com identidade falsa em banco de RO

Sem Comentários

26/09/2018

Um estelionatário de 36 anos foi preso em flagrante na última terça-feira (25) enquanto tentava sacar R$ 57 mil na única agência bancária em Guajará-Mirim (RO). Duas carteiras de identidade falsificadas com nomes diferentes foram apreendidas com ele. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), o gerente do banco percebeu a tentativa de golpe quando o suspeito apresentou a identidade falsa e denunciou o crime. O homem recebeu voz de prisão ainda dentro da agência e foi conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil. A vítima da tentativa de estelionato é um homem que mora no Maranhão. A quantia em dinheiro que o criminoso tentou sacar é referente a um benefício de assistência social que a vítima tem direito, mas que ainda não retirou da conta. De acordo com a Polícia Civil, o estelionatário contou que recebeu os documentos falsos e informações com os dados bancários das vítimas de um homem em Porto Velho. Ele acreditava que seria mais fácil aplicar o golpe e sacar o dinheiro em uma agência de uma cidade do interior. Após prestar depoimento o bandido foi encaminhado ao presídio masculino e está à disposição da Justiça. Ele vai responder por estelionato tentado e apresentação de documento falso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Idosa de 66 anos tenta abrir conta com documento falso e é presa, em Campos

Sem Comentários

18/09/2018

Uma idosa, de 66 anos, foi presa em flagrante tentando abrir uma conta em uma agência bancária na tarde de segunda-feira (17), no Distrito de Goytacazes, na Baixada Campista. Conforme informações da polícia, funcionários do banco desconfiaram da cliente porque as informações da conta de energia elétrica e da escrita não correspondiam. A carteira de identidade apresentada tinha a foto da suspeita, mas com o nome de outra pessoa. A falsa cliente foi presa em flagrante. Dentro da bolsa da idosa foi encontrada uma foto da pessoa que constava no documento falso. Indagada, a idosa contou aos policiais que um homem teria oferecido a quantia de R$ 2 mil para ela abrir a conta. Ele também teria a deixado perto da agência bancária. Ele estava em um carro preto, mas a mulher não soube informar o modelo do veículo. A suspeita saiu de Italva para abrir a conta em Campos. Ela foi encaminhada para 134ª DP/Centro, onde a ocorrência foi registrada.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Portal OZK

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é preso com CNH falsa em Jundiaí

Sem Comentários

16/09/2018

Na madrugada deste domingo, por volta das 3h30,a Polícia Militar prendeu um homem que usava CNH falsa. O caso ocorreu na rua Atibaia, no bairro da Colônia, em Jundiaí (SP). A equipe da PM, durante patrulhamento pela localidade abordou um indivíduo, que estava em um veículo e com ele foi encontrada certa quantidade de entorpecentes. Na sequência, o condutor tentou ludibriar os policias, apresentando uma CNH. Após verificação foi constatado que não existia registro. O condutor confessou que o documento era falso e ofereceu R$ 600 aos policiais para ser liberado e recebeu voz de prisão, sendo conduzido ao plantão, onde permanece preso.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Jornal de Jundiaí

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Falso policial é preso ao tentar visto na embaixada dos EUA em Brasília

Sem Comentários

12/09/2018

Foi preso na tarde desta quarta-feira (12), um homem, de 35 anos, ao se passar por policial civil e apresentar um documento falso na embaixada dos Estados Unidos, em Brasília. Conforme a Polícia Civil do Distrito Federal, D.C.M.C. tentava o visto de entrada no país norte-americano, como turista. Acompanhado da mulher e de dois filhos, o homem foi descoberto durante a entrevista presencial. A segurança da embaixada desconfiou do documento apresentado e chamou a polícia. O delegado responsável disse que ao conferir os dados do documento com a Segurança Pública do estado de Goiás, a pasta negou que D.C. fosse policial. O suspeito foi detido na saída da embaixada. O homem está preso na carceragem da 1ª Delegacia de Polícia, na Asa Sul, em Brasília. A mulher e os filhos foram liberados. Ao ser preso, o sujeito teria confessado a falsificação do documento, segundo a Polícia Civil do DF. “Ele disse que estava sendo ameaçado de morte e, por isso, precisava sair do país”. Na delegacia, o suspeito permaneceu calado. Conforme as investigações, o falso agente trabalhava como motorista de transporte privado por aplicativo, em Trindade (GO). Ainda não se sabe se o falso policial usou o documento para obter vantagens.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Homem é detido após apresentar documento falso durante concurso da PM

Sem Comentários

28/08/2018

Em Petrolina (PE), um homem foi detido após apresentar um documento falso durante o concurso da Polícia Militar. Ele foi levado para a Delegacia de Plantão e autuado em flagrante. Outras três pessoas também foram eliminadas na cidade, por portar celular em sala. Segundo o gerente geral de Articulação Social, também houve eliminações em Arcoverde e Caruaru por porte de celular em sala. No Recife, foram 16 pessoas eliminadas por portar celular e 18 por portar relógio. Outras duas pessoas estavam com pontos eletrônicos na capital pernambucana. O concurso contou com cerca de 81 mil inscritos e foi considerado um sucesso pela organização.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: NE 10

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Anterior