Polícia investiga quem tirou visto com documentos falsos

Sem Comentários

21/03/2012

Uma mulher de 36 anos foi presa no consulado americano de São Paulo, no dia 13, sob suspeita de estelionato. De acordo com a polícia, nos últimos três anos, pelo menos 300 pessoas tentaram tirar vistos para os Estados Unidos por intermédio da mesma agência, localizada em Curitiba. A agência é suspeita de falsificar documentos para a emissão de passaportes. Das 300 pessoas que tentaram obter o visto, a maioria teve o pedido negado. Aquelas que conseguiram estão sob investigação do Departamento de Segurança Diplomática dos Estados Unidos e poderão ser deportadas. Janete Gonçalves da Silva Souza, apresentou documentos falsos – declaração de Imposto de Renda e extrato bancário – para tentar tirar o visto para os Estados Unidos. Autuada em flagrante por falsificação de documento, Janete disse que pagou R$ 2.050 ao comerciante Zenazzal Vieira dos Santos, de Curitiba. O esquema vendia 10 kits de documentos falsos por mês. A prisão faz parte de uma investigação sobre a agência, especializada em fraude de documentos, que atua em todo o País e é realizada em conjunto pela Polícia Civil de São Paulo, pelo Ministério Público Estadual do Paraná, pela Polícia Civil do Paraná e pelo Departamento de Segurança Diplomática do Consulado dos EUA iniciada em 2010 e que já prendeu outras sete pessoas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Comunidade News

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Notícias relacionadas:

EUA investigam turistas que usaram agência do PR para obter visto

Comentários

*