Polícia investiga golpe contra idosos aplicado três vezes em dois dias; vítimas perderam R$ 20 mil

Sem Comentários

12/12/2018

Investigadores do 4º Distrito Policial (DP) de Piracicaba (SP) apuram três casos de estelionato contra idosos cometidos de forma semelhante e em um intervalo de dois dias. Conforme a Polícia Civil, o golpe ocorre por telefone e, no total, as vítimas perderam R$ 20,8 mil. Um dos casos ocorreu na quinta-feira (06) e os outros dois na sexta (07). Nos três, as vítimas, que têm entre 69 e 75 anos, recebem uma ligação que os informa que um sobrinho sofreu acidente de trânsito e precisa de dinheiro para pagar atendimento médico ou conserto de carro. Nos três casos, os idosos vão até o banco e fazem depósitos para contas de desconhecidos. Depois, entram em contato com as supostas vítimas do acidente e descobrem que o fato nunca ocorreu. Os três golpes foram registrados no plantão da Polícia Civil. Por meio da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP), a Polícia Civil apontou nesta segunda-feira (10) que não descarta que os três casos tenham sido cometidos pela mesma pessoa. “Os casos estão em investigação pelo 4° DP de Piracicaba. A Polícia Civil está providenciando a representação das quebras dos sigilos dos números de telefone utilizados e também das contas bancárias beneficiadas. A polícia não descarta a possibilidade dos três crimes serem cometidos pelos mesmos autores”, informou em nota.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*