Polícia Civil investiga suspeitos de estelionato em agências bancárias no litoral de SP

Sem Comentários

05/07/2019

Nesta quarta-feira (3), segundo a Polícia Civil de São Sebastião (SP), um grupo suspeito é investigado por falsificar documentos e transferir contas bancárias para agências do litoral para sacar altos valores. De acordo com a investigação, o grupo foi detido a partir de uma vítima de Monte Alto, no interior de São Paulo (SP). O grupo obtinha informações de um funcionário do banco dos clientes com alta movimentação ou títulos de valores altos. A partir dos nomes, eles falsificavam os documentos e se passavam pelo cliente solicitando a transferência da conta bancária.

A primeira vítima tinha em sua conta um título de R$ 1,8 milhão que eles tentavam movimentar. Após a abertura da conta na agência de escolha da quadrilha, na região central de São Sebastião (SP), eles faziam um primeiro saque de valor alto e depois compravam títulos em criptomoeda para evitar o rastreio. Quatro foram detidos em ação da polícia, sendo que um deles foi abordado quando sacava R$ 70 mil de uma das contas e a segunda enquanto abria a conta de uma outra vítima de Fortaleza. A partir dos dois, a polícia encontrou os outros dois comparsas, cabeças do esquema de falsificação e que detinham as informações da conta em Caraguatatuba.

Dos presos, dois que chefiavam o esquema na região permaneceram presos em regime preventivo. A mulher que abria a conta e o homem que fazia o saque foram liberados. De acordo com a Polícia Civil, os dois eram apenas usados como laranjas. Outras quatro pessoas são investigadas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*