PF apreende cerca de 1,4 mil notas de real falsas no primeiro semestre do ano em Porto Alegre

Sem Comentários

08/07/2019

A Polícia Federal (PF) apreendeu no primeiro semestre deste ano cerca de 1,4 mil notas de real falsificadas em Porto Alegre (RS). A média é superior à de 2018, quando, nos 12 meses, um total de 2 mil cédulas irregulares foram recolhidas. “A marca d’água não pode ser vista a olho nu, só olhando para a cédula. Tem que ser olhada por transparência, você coloca a cédula contra a luz e a marca d’água se vê”, explica uma perita criminal federal .

Um comerciante foi vítima do golpe, mas só percebeu ter sido enganado com uma nota falsa de R$ 100 quando teve o depósito recusado pelo banco. A vítima disse que comparou a nota falsa com uma verdadeira e afirmou que a falsa apresenta detalhes que não conseguiram aperfeiçoar, mas que estão perto disso. O criminoso que passou o dinheiro falso ao comerciante usou um truque comum: pagar um produto barato com uma nota de alto valor. No caso, a compra custou R$ 8 e ele levou R$ 92 verdadeiros de troco.

Depois do golpe, a vítima comprou duas canetas identificadoras de falsificações. Porém, a perita avisa diz que nem sempre elas funcionam. “Se está com dúvida, pegue uma [nota] do bolso, tente achar uma do bolso que é mais provável que seja verdadeira, ponha junto e compare. Porque sempre vai ter uma diferençazinha de tamanho” ou ainda “[...] sempre vai ter uma diferença na tonalidade, na qualidade da impressão [...]“, afirma a perita ao aconselhar não aceitar as notas em caso de dúvida de autenticidade fiduciária.

Um suspeito de passar as notas no comércio foi preso. A investigação tenta apurar se há mais envolvidos, e de onde partiram as cédulas.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*