Integrantes de quadrilha especializada no golpe da Cartela Premiada são presos

Sem Comentários

26/06/2017

Na quinta-feira (22), em Paranaíta (MT), duas pessoas acusadas de integrar uma quadrilha especializada no golpe da “Cartela Premiada”, em bingos no Estado, foram presas em flagrante pela Polícia Judiciária Civil. Os dois suspeitos foram presos quando tentavam receber um veículo, sorteado durante as festividades da Paróquia São Pedro, na cidade. Os suspeitos já eram investigados pela Polícia Civil de Paranaíta por fazerem parte de uma associação criminosa que atua em todo Estado. Uma mulher, integrante do grupo, responsável por participar dos bingos, continua sendo procurada pela Polícia. O golpe consiste em adulterar a cartela com os números sorteados, para quando atingir os 50 chamados, a ficha fraudada ser premiada. A adulteração é feita por meio da raspagem dos números originais e prévia confecção de carimbos com a mesma forma dos números reais. O bingo da igreja aconteceu no dia 11 de junho, quando a suspeita se apresentou como vencedora, entregando a cartela fraudada, todavia o prêmio não foi retirado na data. Posteriormente, a suspeita informou que não poderia retirar o veículo, porque seu pai havia morrido e ela estava responsável pelo velório, em Lucas do Rio Verde, passando uma procuração na cidade Redenção (PA), para que os outros dois suspeitos retirassem o prêmio. Como a Polícia Civil já estava monitorando o grupo, quando os dois suspeitos foram retirar a premiação, acabaram presos em flagrante pelos crimes de estelionato e associação criminosa. Em interrogatório um deles negou a imputação e disse que apenas foi contratado para buscar o veículo. Já o outro suspeito confessou que estava no dia do sorteio e que auxiliou na fraude. Após terem o flagrante lavrado, os suspeitos permanecem presos a disposição da Justiça. As diligências continuam para localizar a mulher.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: Cenário MT

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*