Idosos perdem R$ 14 mil no golpe do bilhete premiado, em Dracena e Adamantina

Sem Comentários

05/10/2018

Nesta quinta-feira (05), um casal foi preso por estelionato em Adamantina, por aplicar o golpe do bilhete premiado em idosos da região. Duas vítimas perderam R$ 14 mil. O delegado titular da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), informou que o primeiro caso aconteceu em Adamantina no início de setembro, vitimando uma idosa. Ela perdeu R$ 6 mil. O outro caso aconteceu em Dracena. Um idoso, de 72 anos, perdeu R$ 8 mil – R$ 2 mil foram recuperados. A polícia apreendeu ainda, com os golpistas, celulares, joias e cartões de banco. A princípio, neste último caso, o golpista diz ter ganhado R$ 15 milhões na Mega-Sena. E pediu R$ 100 mil para a vítima – em troca de ajuda. O idoso sacou R$ 10 mil em dinheiro e entregou aos suspeitos na terça-feira (02). A vítima sacaria mais R$ 40 mil na quinta-feira (04) e outros R$ 50 mil nesta sexta (05). Ele descobriu o golpe e avisou à polícia, após ter sido alertado por um parente. Em troca dos R$ 100 mil e de toda a ajuda oferecida para receber o suposto dinheiro ganhado na loteria, o idoso levaria uma espécie de “prêmio”, com a promessa de ficar com boa parte do dinheiro. O delegado orienta as pessoas a sempre desconfiarem de qualquer vantagem financeira fácil. “Chequem as informações. Trocar R$ 100 mil por alguns milhões? Não tem cabimento”, disse o delegado. O homem, de 42 anos, e a mulher, de 25, vão passar por audiência de custódia nesta sexta. À polícia, ambos confessaram os crimes.

Ler a notícia na íntegra

Fonte: G1

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*