Homem falsificava documentos para fazer compras e ostentava nas redes sociais

Sem Comentários

06/08/2019

O suspeito foi preso nesta segunda-feira (5) por policiais do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estelionato, falsificação de documento público e uso de documento falso. Uma das vítimas é um servidor do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM). De acordo com a polícia, o suspeito utilizou documentos falsos em nome do servidor público para fazer compras em diferentes centros comerciais da capital. O é valor estimado em R$ 30 mil.

As investigações inciaram após a vítima comparecer na delegacia no dia 17 de julho deste ano e comunicar que havia uma pessoa usando o nome dele para fazer compras. Ainda segundo a polícia, o indivíduo realizou abertura de crédito em bancos da capital amazonense utilizando o nome da vítima. Em depoimento à polícia, o homem informou que pagava uma quantia de R$ 1 mil para obter documentos falsos de terceiros, e relatou ainda que comprava os produtos para dar de presente, o que caracteriza crime de receptação. Com ele foram apreendidos uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH), contra cheques e comprovantes de residência falsos. R.B.M. foi indiciado por estelionato, falsificação de documento público e uso de documento falso. Ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

Ler a notícia na íntegra

Fonte: D24AM

Saiba mais sobre os crimes de fraude no site do BrSafe.

Comentários

*